Falha grave em processadores Intel pode prejudicar seu PC

15112752717663 - Falha grave em processadores Intel pode prejudicar seu PC
Pesquisadores descobriram uma grave falha de segurança nos processadores Intel que pode comprometer o desempenho do PC.

Nesta terça-feira (2) pesquisadores de segurança encontraram uma falha grave em processadores Intel e que, além de colocar em risco todas as informações gravadas no computador, ainda pode deixá-lo significativamente mais lento. A falha afeta todos os processadores fabricados na última década e a solução envolve um redesign na arquitetura dos sistemas operacionais, tais como Windows, Linux e MacOS.

No que consiste a falha?

A grave falha de segurança permite que qualquer aplicativo tenha acesso à áreas protegidas da memória do kernel. Caso você não saiba, o kernel é o núcleo do sistema operacional, como se fosse o seu cérebro. E um acesso irrestrito a ele pode revelar dados importantes, tais como senhas diversas e dados de usuários.

Os detalhes acerca do modus operandi dessa brecha de segurança ainda não foram divulgados, mas, no geral, funciona da seguinte forma. Todo e qualquer programa rodando em seu computador possui um certo nível de permissão de acesso. Alguns softwares possuem mais permissões e outros possuem menos.

1280px Kernel Layout.svg  720x569 - Falha grave em processadores Intel pode prejudicar seu PC
O Kernel é a área mais importante e mais sensível do sistema operacional

Esse nível de permissão é controlado justamente pelo kernel, com a ajuda do processador, já que com a aceleração por hardware o processo fica mais rápido. Entretanto, os processadores Intel não conseguem gerenciar corretamente as permissões.

Para se ter uma ideia da gravidade da situação, um mero código JavaScript aplicado em uma página web rodando no seu navegador pode acessar o kernel do sistema operacional e ler qualquer informação importante, como senhas e nomes de usuários. Isso é um verdadeiro banquete para os hackers.

A correção e seus efeitos colaterais

Felizmente, já existe uma correção em vista. Ela se baseia no uso da técnica Kernel page-table isolation (KPTI) que, na prática, separa completamente o kernel dos processos de cada software em uso. Outro ponto positivo é que essa correção pode ser aplicada via software.

Porém, ela traz um efeito colateral bem incômodo: a redução do desempenho da máquina.  A velocidade deve diminuir entre 5% e 30%. Convenhamos, 30% de redução de velocidade já é algo bem significativo.

157360 A Merlin Falcon Embedded Solutions 2 720x405 - Falha grave em processadores Intel pode prejudicar seu PC
Os processadores da AMD não foram afetados pela falha

Caso você não queira passar por isso, a saída mais eficaz é trocar de processador. Os chips mais recentes da Intel não sofrem desse problema, já que contam com uma micro-arquitetura nova. Já os da AMD não foram afetados, pois eles não se valem da técnica de referência especulativa, que é quando o processador tenta “adivinhar” qual o próximo software que você vai abrir e, assim, tentar acelerar o processo. Um engenheiro de software da AMD falou sobre isso:

A microarquitetura da AMD não permite referências de memória, inclusive de execuções especulativas, que acessam dados altamente privilegiados enquanto estão em uma camada menos privilegiada.

Quem será afetado?

iStock 87467699 LARGE 720x404 - Falha grave em processadores Intel pode prejudicar seu PC

Todos que usam os processadores Intel mais antigos, obviamente. Mas, é claro, que o impacto negativo será mais sentido no setor corporativo. Diversas empresas, especialmente as que fornecem serviços na nuvem, como a Amazon Web Services e o Google Compute Engine, terão a velocidade de seus serviços afetadas, até que elas troquem de processadores.

Já na próxima terça-feira a Microsoft vai liberar um patch corretivo para o Windows 10 e, em breve, os sistemas Linux e MacOS também ganharão updates de segurança.

Fonte: The Register

15112752717663 - Falha grave em processadores Intel pode prejudicar seu PC

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe seu comentário:

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Receba Notícias por E-mail:

Share via