Festival de Veneza é criticado por falta de filmes dirigidos por mulheres

Festival de Veneza 990x495 - Festival de Veneza é criticado por falta de filmes dirigidos por mulheres
Carta assinada por organizações em prol das mulheres foi enviado aos organizadores do evento, criticando a falta de diversidade entre os filmes selecionados

O Festival Internacional de Cinema de Veneza, mais conhecido como Festival de Veneza, começa hoje (29), mas já está sendo alvo de críticas desde o mês passado.

As organizações European Woman’s Audiovisual NetworkWomen in Film & TV International, WIFT Nordic, WITF Sweden e a Swiss Women’s Audiovisual Network assinaram uma carta criticando a falta de mulheres na programação do festival de cinema, que foi enviado ao diretor da mostra, Alberto Barbera.

Em toda a programação, apenas UM filme dirigido por uma mulher foi selecionado para a 75ª edição do Festival Internacional de Cinema de Veneza.

festival de veneza1 - Festival de Veneza é criticado por falta de filmes dirigidos por mulheres
Auditório durante exibição de um filme da 74ª edição do Festival Internacional de Cinema de Veneza

Na carta feita no dia 10 de agosto, as organizações das mulheres do cinema também comentaram as declarações de Barbera que disse, em julho deste ano após receber as primeiras críticas após a divulgação dos filmes selecionados, que sua escolha se baseava “na qualidade dos filmes e não no sexo do diretor”.

É lógico que é muito fácil falar isso quando você é um homem, criado na posição que o favorece por conta de seu gênero e induzido a pensar que qualquer produção do outro gênero é inferior à sua e, portanto, não escolhe-lá é natural.

O curador do Festival de Veneza também disse que “se começarem a impor cotas, eu peço as contas”, ao que as associações em prol das mulheres no audiovisual responderam que “as cotas não impedem a meritocracia. Elas ajudam a ampliar o espectro dos candidatos”.

Mesmo com 21% dos filmes submetidos ao processo de seleção terem sido dirigidos por mulheres, apenas The Nightingale, de Jennifer Kent, foi para a lista oficial.

jennifer kent - Festival de Veneza é criticado por falta de filmes dirigidos por mulheres
Jennifer Kent, a única diretora mulher selecionada para o festival

Dos 21 filmes da edição anterior do Festival de Veneza, apenas uma diretora, Vivian Qu, fez parte da seleção.

Desde 2010, nenhuma edição do festival de cinema teve mais de quatro filmes dirigidos por mulheres entre os longas selecionados para a competição.

Além de denunciar as declarações de Barbera, a carta também critica o funcionamento do sistema audiovisual, que tende a dar pouco espaço para as mulheres e a privilegiar os homens, como os diversos campos de uma sociedade machista como a em que vivemos.

Os organizadores do Festival de Veneza não responderam à carta das associações que pedem por mais diversidade e representatividade no festival.

Festival de Veneza - Festival de Veneza é criticado por falta de filmes dirigidos por mulheres

1 Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Receba Notícias por E-mail:

Share via