Galaxy Fold Special Edition deverá ser o smartphone dobrável mais barato do mundo

galaxy fold
O novo Samsung Galaxy Fold Special Edition deve chegar em julho com tela do Galaxy Fold original e processador do Galaxy S20

Na última terça-feira (12) Max Weinbach, um famoso leaker conhecido por revelar diversas novidades do mercado de smartphones antes do lançamento oficial, divulgou os primeiros rumores sobre o que poderemos esperar de um aparelho que ele chamou de Galaxy Fold Lite – uma versão mais barata do primeiro smartphone dobrável da Samsung.

Weinbach deixa claro que essas informações que ele divulgou não são vazamentos (ou seja, informações já confirmadas mas que ainda não foram divulgadas publicamente pelas empresas), mas rumores que ele conseguiu apurar com suas fontes dentro da Samsung, e por isso é possível que muitas coisas mudem até a revelação oficial.

Galaxy Fold Special Edition é o nome mais provável

Mas, antes de falarmos sobre os rumores revelados por Max, nesta quarta-feira (13) um tweet de Ross Young, fundador e CEO da DSCC (Display Supply Chain Consultants), afirmou que o nome oficial deste aparelho cuja existência foi revelada por Weinbach será Galaxy Fold Special Edition.

De acordo com Young, o aparelho terá o mesmo design do Galaxy Fold, e será uma tentativa da Samsung de acabar com os estoques de seu primeiro smartphone dobrável antes do lançamento do Galaxy Fold 2.

Como CEO da DSCC (empresa de consultoria especializada em conectar empresas que fabricam telas eletrônicas com as companhias que necessitam dessas telas em seus produtos), Young possui conhecimento privilegiado de muitos dos smartphones que estão sendo desenvolvidos pelas mais diversas marcas, e por isso as informações que são reveladas por ele costumam ser sempre reais.

O smartphone dobrável mais barato do mundo

Segundo os rumores de Weinbach, o Galaxy Fold Special Edition utilizará um misto de peças do Galaxy Fold original (lançado em 2019) e de aparelhos mais recentes da Samsung.

A carcaça exterior do aparelho deverá ser feita de um misto de alumínio e vidro, enquanto o interior utilizará uma tela de OLED flexível (igual ao Galaxy Fold), e não a nova tecnologia de telas UTG que a Samsung utilizou no Galaxy Z Flip.

Outro ponto que o Galaxy Fold Special Edition tem como desvantagem é a capacidade de armazenamento de apenas 256 GB (metade dos 512 GB presentes no Galaxy Fold) e a falta de suporte a redes 5G, algo que já é o padrão de aparelhos que estarão na mesma faixa de preço dele. 

Apesar disso, o Galaxy Fold Special Edition utilizará o processador Snapdragon 865 da Qualcomm, que é atualmente o mais poderoso da empresa e que pode ser encontrado também nos aparelhos da linha Galaxy S20. Isto faz com que, em poder de processamento, o novo aparelho da Samsung seja melhor do que o Galaxy Fold original.

Quanto ao preço, Weinbach afirmou que o aparelho deverá chegar ao mercado por um valor de US$ 1099 (equivalente a R$ 6.510 na cotação atual), o que o tornaria o smartphone com tela dobrável mais barato do mundo. Este preço foi também confirmado por Ross Young, o que significa que muito provavelmente este será mesmo o preço final praticado pela Samsung — quase metade dos US$ 1980 cobrados pelo Galaxy Fold na época do lançamento, que chegou no Brasil a R$ 12.999.

Galaxy Fold
Galaxy Fold Special Edition usará o mesmo design e a mesma tela do Galaxy Fold, mas terá um processador mais atual (Imagem: Samsung)

Quanto à disponibilidade, Weinbach afirmou que o Galaxy Fold Special Edition será disponibilizado para o mundo todo nas cores Mirror Black (preto) e Mirror Purple (roxo). Young confirmou que o aparelho será lançado no mundo todo, mas revelou também que, por se tratar de uma edição especial, a Samsung disponibilizará apenas cerca de 55 mil unidades para venda, o que pode fazer com que o estoque acabe rapidamente após o anúncio oficial.

Quanto à previsão de lançamento, Young crava que ele deve ocorrer em julho deste ano – um mês antes do lançamento marcado para o Galaxy Fold 2. Por enquanto, todas essas informações ainda são rumores, mas se estiverem corretas é possível que elas sejam confirmadas pela Samsung já nas próximas semanas.

Fonte: Perfis no Twitter de Max Weinbach e Ross Young

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter