Game of Thrones: penúltimo episódio da 8ª temporada é puro “Dracarys!”

Jon Snow, Verme Cinzento e Sor Davos na batalha em Porto Real.
Quinto e penúltimo episódio da oitava temporada de Game of Thrones foi ao ar no último domingo (12)

Ontem (12), foi ao ar o quinto episódio da oitava temporada da série Game of Thrones. A sétima temporada foi lançada em 2017 e agora, dois anos depois, estamos nos aproximando do final da série épica que começou em 2011. O quinto episódio não apenas foi o penúltimo episódio da oitava temporada, mas também o penúltimo episódio da série.

ATENÇÃO: Este texto contém spoilers do quinto episódio da oitava temporada de Game of Thrones

Com o nome Os Sinos, o penúltimo episódio mostrou a guerra entre Daenerys Targaryen e Cersei Lannister, com muitas mortes (agora, de personagens principais), e com muito fogo e sangue.

Jon e Tyion de frente para a Fortaleza Vermelha, onde está Cersei Lannister.

Não pôde assistir ou assistiu e sente que perdeu alguma coisa? Ou ainda não superou e precisa relembrar o que aconteceu para conseguir assimilar as informações? Leia o texto para se atualizar sobre a última temporada de uma das maiores séries já feitas. Mas lembre-se: daqui para baixo, o texto contém vários spoilers.

Relembrando o que aconteceu no quarto episódio

No domingo (05) da semana passada, foi ao ar o quarto episódio da oitava temporada de Game of Thrones. Com o nome The Last of the Starks (“O Último dos Starks”), o episódio mostrou o primeiro dia após a Batalha de Winterfell e o fim definitivo do Rei da Noite e dos caminhantes brancos.

Agora, o foco é e a chegada de Daenerys Targaryen, Jon Snow, Tyrion Lannister e o resto da comitiva à Porto Real, para lutar contra Cersei Lannister, a atual rainha dos Sete Reinos.

O quarto episódio começou com uma pira funerária para os mortos da Batalha de Winterfell. Vemos Daenerys se despedindo de Jorah e sussurrando algo no ouvido do cavaleiro morto.

Cena do quarto episódio da oitava temporada de Game of Thrones.
Dany planeja os próximos passos para conquistar o Trono de Ferro.

Depois, no banquete de celebração da vitória, Daenerys nomeou Gendry, o bastardo de Robert Baratheon, como Lord de Ponta Tempestade – um jeito de acabar com a concorrência com o outro que tinha direito ao Trono? De qualquer maneira, ela própria conduziu um brinde em homenagem à Arya Stark, a grande heroína da batalha.

Daenerys fica claramente incomodada com o jeito que todos parabenizam Jon, principalmente pelo fato dele ter montado no dragão, e se retira. Na cena do banquete, também acontece o momento que os fãs estavam realmente esperando (o verdadeiro fanservice que a série precisava): Brienne sai ofendida por um comentário de Tyrion e Jaime vai atrás dela, deixando Tormund desolado ao ver que perdeu a amada para outro.

Enquanto Jaime e Brienne finalmente resolvem temporadas e temporadas de tensão sexual, Jon e Daenerys tentam resolver o principal problema do relacionamento deles: Dany é tia de Jon e Jon é a ameaça para o maior objetivo de Dany, que é conquistar o Trono de Ferro.

Cena do quarto episódio da oitava temporada de Game of Thrones.
Brienne, Podrick, Jaime e Tyrion brincam com o “drinking game” criado pelo anão.

Depois da noite de comemorações, chegou a hora de planejar os próximos passos para tirar Cersei Lannister do poder. A nova fase da Game of Thrones começa. Enquanto Sansa quer que os homens descansem, Dany pretende ir o mais rápido possível para Porto Real para conquistar o Trono cobiçado de Game of Thrones.

Na árvore dos Deuses Antigos, Sansa e Arya pressionam Jon para deixar Daenerys e ficar no Norte. Ele então conta que é o verdadeiro herdeiro Targaryen, filho de Rhaegar – irmão de Dany e o que seria o rei legítimo. Sansa promete que não irá contar para ninguém, mas conta para Tyrion para tentar articular Jon como Rei dos Sete Reinos.

O mercenário Bronn reaparece: ele foi para o Norte para matar Tyrion a mando de Cersei. O Lannister então “recompra” Bronn oferecendo Jardim de Cima, mostrando mais uma vez que a relação entre os dois é puramente movida por dinheiro. Mas, se Bronn realmente não gostasse de Tyrion, talvez ele já o tivesse matado no Norte.

Cena do quarto episódio da oitava temporada de Game of Thrones.
Sansa e Arya pressionam Jon para deixar Daenerys.

Dany e sua corte então partem para Porto Real, assim como Cão de Caça. que diz ter assuntos inacabados na capital – seria para matar o irmão que esfregou sua cara no fogo e foi o responsável por algumas das mortes mais sangrentas da história de Game of Thrones? Arya se junta ao Cão, com seus outros assuntos inacabados: sua lista e os últimos nomes que ainda estão nela.

Neste momento do episódio, ficou confuso: não sabemos identificar se eles vão primeiro para Porto Real ou Pedra do Dragão, mas o ponto mais importante é que Varys começa a articular Jon como rei – mesmo o jovem Snow não querendo o trono. A Aranha mostra seu medo de ver a Rainha enlouquecer e queimar a todos com seu dragão – o que seria pior que seu pai, Aerys, o Louco, pois ele não tinha uma criatura gigante que cospe fogo e ainda assim aterrorizou os Sete Reinos.

Mas então um dos momentos mais doloridos da série (de novo) acontece: Rhaegal é atingido por várias lanças enquanto sobrevoava e morre, afundado no mar enquanto Dany está montada em Drogon. A frota de Euron Greyjoy os recebe, agora tentando atingir Drogon.

Dany e sua frota chegam ao Sul de Westeros.

Euron consegue destruir os navios de Daenerys e capturar Missandei – mas não vimos como. A divisão se torna inevitável: Varys aponta que todos precisam escolher entre Jon ou Daenerys, pois ele teme que Dany se torne louca igual o pai.

De volta à Winterfell, as notícias chegam e fazem com que Jaime queira ir para o Sul. Brienne tenta impedi-lo, pedindo para que ele fique com ela, dizendo que ele é um bom homem. Jaime então confessa que ele jogou Bran da torre e tudo o que ele fez por Cersei.

Em Porto Real, Cersei diz para Euron que o filho que ela carrega de Jamie é, na verdade, dele. Se vocês se perguntaram o motivo pelo qual fez ela se deitar com Euron após reclamar sobre ele na corte: era para garantir um futuro para seu filho.

Cena do quarto episódio da oitava temporada de Game of Thrones.
Cersei e Euron Greyjoy capturam Cersei como prisioneira.

Dany, Tyrion, Varys e Verme Cinzento junto com os Imaculados chegam à Fortaleza Vermelha para tentar negociar com Cersei, que tenta trocar a vida de Missandei pela rendição de Daenerys.

Cersei então diz para Missandei que, se ela tiver alguma palavra final, a hora é agora. Ela grita “Dracarys!” e Cersei manda Gregor Clegane matá-la, o cavaleiro então corta a cabeça dela.

No mesmo dia, Daenerys perde Rhaegal, um de seus dragões, e Missandei, sua grande amiga e confidente desde que foi para a Baía dos Escravos – agora chamada de Baiá dos Dragões. Ela dá as costas para Cersei… e o episódio acaba. Agora, começa a verdadeira guerra pelo Trono de Ferro em Game of Thrones.

Cena do quarto episódio da oitava temporada de Game of Thrones.
Daenerys montada em Drogon no quarto episódio de Game of Thrones.

O penúltimo episódio de Game of Thrones

O penúltimo episódio de Game of Thrones começa focado em Varys. Ele recebe um de seus passarinhos e, quando desembarca com Jon Snow nas praias de Pedra do Dragão, ele tenta convencê-lo a querer se sentar no Trono de Ferro.

Ele admite ainda não ter certeza de qual lado a moeda de Daenerys irá ficar: cara, o lado da loucura, ou coroa, o lado da grandeza. Afinal, um ditado popular de Westeros, assim como o de que os Lannister sempre pagam suas dívidas, é que toda vez que um Targaryen nascia, os deuses jogavam uma moeda para cima para ver em qual lado ela iria cair e, então definir sua trajetória.

Jon e Varys na prévia do quinto episódio.

Tyrion vai conversar com Daenerys para confessar a traição de Varys, mas ela assume que o traidor é Jon. Dany então descobre o esquema de como a informação se espalhou, que começou com Jon contando a verdade sobre ser o filho de Rhaegar Targaryen e Lyanna Stark para Sansa, que contou para Tyrion, que contou para Varys. “Como eu falei, Jon me traiu”, disse Dany em referência a quando ela pediu para Jon não contar.

Dany está claramente abatida e parece ter tomado a decisão de que irá, de fato, lidar com Jon com base na ideia de que ele é um traidor. Em seus aposentos, Varys queima a mensagem que lhe foi entregue por um de seus passarinhos. Ele retira os anéis que estavam em seus dedos bem a tempo de Verme Cinzento e os Imaculados entrarem no quarto para buscá-lo.

Varys é levado para a encosta de Pedra do Dragão, onde está Dany, Jon e Tyrion. Varys se despede do Lannister e Dany toma a frente, declarando que sentenciou o eunuco a morte. Ela diz “dracarys” e Drogon queima Varys vivo.

Tyrion se despede de Varys.

Dany então coloca Jon contra a parede e culpa Sansa pela morte de Varys. Jon continua a argumentar que não quer o Trono, que não tem interesse nenhum em ser o rei. Nesse momento, no entanto, há uma mudança repentina em Dany: ela deixa de querer lutar pelo povo para dizer que não se importa em ser temida por eles em vez de ser amada. Logo ela, a Quebradora de Correntes.

De volta ao salão do trono em Pedra do Dragão, Dany ameaça Tyrion – mais uma vez mostrando que ela deixou de ser a rainha dura, porém justa, para apenas se tornar uma governante dura.

Jon, Sor Davos e Tyrion chegam ao acampamento dos guerreiros. Quando Jon se afasta, Tyrion então pede a ajuda de Davos, mas a cena corta antes que o telespectador possa descobrir o que ele estaria pedindo ao maior contrabandista do filme. Ao mesmo tempo, Arya e Cão de Caça chegam à Porto Real. É uma pena que a série não tenha mostrado mais sobre a viagem deles antes disso – a última viagem dos dois juntos rendeu vários episódios e a batalha épica entre Cão e Brienne.

Jon e Tyion de frente para a Fortaleza Vermelha, onde está Cersei Lannister.

Tyrion então se encontra com Jaime que é, novamente, feito prisioneiro. E ele foi reconhecido exatamente por causa da mão de ouro. “Você não pensou em tirá-la?”, indagou Tyrion, ao que Jaime responde: “Cersei uma vez disse que eu era o mais burro dos Lannister.”

Jaime não se incomoda com a morte iminente, mas Tyrion tenta salvar o irmão e sugere para que ele fuja com Cersei. Jaime teme por Tyrion, que poderia ser morto por Daenerys caso ela descubra que ele libertou o irmão. No entanto, ele acredita que, sem Cersei por perto, milhares de vidas serão poupadas – e isso vale a dele. O episódio então tem um momento emocionante entre os dois Lannister, em que Tyrion confessa que Jaime era tudo que ele tinha na vida.

Agora a última guerra realmente começa. Euron Greyjoy e a Frota de Ferro se preparam para atacar. Em Porto Real, os cidadãos ficam protegidos por trás da Fortaleza Vermelha, com Cão de Caça e Arya se esgueirando entre eles, assim como Jaime Lannister. Já o exército de Cersei está a postos para lutar contra o de Daenerys.

Euron Greyoy na prévia do quinto episódio da oitava temporada de Game of Thrones.

Após a calma antes da tempestade, a batalha começa. Frota de Ferro tenta acertar Drogon, que voa pelos céus montado por Daenerys. No episódio anterior, Missandei tinha dito “Dracarys!” como suas últimas palavras. E foi exatamente o que Dany fez, ao queimar todos os navios e escorpiões (as bestas gigantes criadas por Qyburn para matar dragões) inimigos.

Em terra, os dois exércitos parmence em silêncio, um contra o outro. Eles aguardam. Mas o que os Lannister não esperavam era que um dragão viesse queimando tudo por trás.

Os guerreiros de Dany então tomam a frente e atacam o restante dos homens do exército de Cersei que sobreviveram. Inclusive, vemos vários dothraki – o que é um bom sinal, considerando que parecia todos tinham morrido na luta contra o Rei da Noite na Batalha de Winterfell.

Sor Davos e Jon Snow na prévia do 5º episódio de Game of Thrones.

Montada em Drogon, Dany taca fogo em tudo, exatamente o que Missandei lhe tinha pedido. Na Fortaleza Vermelha, Cersei se mostra inabalada, certa de que conseguirão vencer. Qyburn tenta fazê-la ver que as chances são baixas, mas Cersei não se dá por vencida: “Eu não irei cair hoje”.

Liderados por Verme Cinzento, os guerreiros compostos por Jon Snow e Sor Davos avançam pela cidade para encontrar todos os soldados Lannister recuando. Drogon se aproxima para ficar parado em uma muralha, rugindo. Esse é o fator definitivo para que todos os soldados de Cersei larguem as espadas e mandem tocar os sinos de rendição.

Dany, no entanto, não se mostra feliz com os sinos tocando. Ela alça voo em Drogon em direção à Fortaleza Vermelha, queimando os cidadãos e guerreiros que corriam aterrorizados. Verme Cinzento então joga uma lança contra um dos soldados que tinham se rendido. Jon tenta impedir o banho de sangue, mas não consegue.

Jon Snow, Verme Cinzento e Sor Davos na batalha em Porto Real.

Pais são mortos diante de suas crianças. O fogo de Drogon queima Porto Real. O caos generalizado corre pelas ruas da cidade, com Jon e Tyrion incrédulos das proporções que a coisa tomou. Snow salva uma mulher de ser estuprada, matando o soldado que iria atacá-la.

Drogon então ataca a Fortaleza Vermelha, começando a destruir as torres da construção. Jaime Lannister continua a se esgueirar para tentar chegar até Cersei, mas Euron Greyjoy sai do mar no exato momento em que ele estava passando. Ele confessa para Jaime que dormiu com Cersei e diz que irá dar a cabeça dele de presente para a irmã. Os dois lutam e Euron consegue esfaquear Jaime.

Meistre Qyburn tenta tirar Cersei do castelo para salvá-la, o que ela reluta antes de fazer. O fogo de Drogon faz com que os barris de fogo vivo escondidos explodam.

Daenerys no quinto episódio da oitava temporada de Game of Thrones.

Jaime tenta alcançar a espada, mas Euron percebe antes que ele consiga. O Greyjoy atinge Jaime mais uma vez, mas o Regicida consegue pegar a espada e a enfia pelo estômago de Euron, matando mais um rei. Antes de morrer, Euron diz para si mesmo que é “o homem que matou Jaime Lannister”. No entanto, Jaime consegue se levantar e sair andando.

Cão de Caça tenta convencer Arya a ir embora, mas ela está decidida a matar Cersei. “Se você vier comigo, você irá morrer aqui”. Nesse momento, toda a relação paternal de Cão de Caça por Arya é finalizada em uma cena emocionante em que Arya o chama pelo nome pela primeira vez, logo para agradecê-lo por tudo que ele fez por ela.

Cão de Caça mata os guardas de Cersei antes de, finalmente, reencontrar seu irmão, A Montanha. Cersei pede para que Sor Gregor Clegane continue ao lado dela, mas ele continua andar em direção ao irmão. Cersei então ordena para que ele pare, o que faz com que Qyburn reforce o pedido da rainha. No entanto, a Montanha ignora novamente o pedido e mata Qyburn. Ele então luta contra o irmão.

Cão de Caça se despedindo de Arya.

Cersei escapa e, no castelo, finalmente reencontra Jaime. Os dois se abraçam em um momento tocante, o que faz Cersei perceber que Jaime está ferido. Enquanto isso, Sandor Clegane consegue enfiar a espada na Montanha, mas isso não para Gregor, que arranca a espada de dentro de seu estômago e começa a jogar o irmão com força contra as escadas.

Arya é pega no caos contra a multidão, ao mesmo tempo que cenas cortadas mostram Sor Gregor batendo várias e várias vezes em Sandor Clegane, ele então tira uma faca do cinto e apunhala a Montanha muitas e muitas vezes. Ele não consegue matá-lo, então a Montanha tenta matar Sandor da mesma maneira que matou Oberyn Martell. Pouco antes de conseguir, Sandor Clegane consegue enfiar a adaga na cabeça dele, mas não é o suficiente: Gregor continua vivo. Ele então agarra o irmão e se joga da torre com ele.

Sandor Clegane luta contra seu irmão na batalha em Porto Real.

Porto Real queima, tanto pelo fogo de Drogon quanto pelo do fogo vivo que estava escondido na cidade. Jon então grita para os homens recuarem, tentando terminar com a tragédia e minimizar as perdas o mais rápido possível.

Arya aparece imóvel e cheia de sangue – mas calma, ela sobreviveu. Ela corre para escapar de uma torre que cai nas ruas e encontra os moradores da capital escondidos. Ela tenta salvá-los, fazendo com que eles saiam da cidade que está sendo destruída. Ela consegue salvar a mulher que salvou a vida dela antes, mas ela e a filha ficam para trás, sendo atingidas por fogo.

Jaime continua a tentar salvar Cersei, mas ela fica paralisada ao ver o castelo ruindo. Ela implora para que Jaime não a deixe morrer, pedindo para que o bebê deles sobreviva. Jaime abraça Cersei e os dois morrem juntos, soterrados pela Fortaleza Vermelha.

Cersei e Jamei no quinto episódio da oitava temporada de Game of Thrones.

Arya encontra um cavalo e consegue fugir da cidade em chamas. E assim acaba o penúltimo episódio de Game of Thrones.

Arya encontrando um cavalo sobrevivente em Porto Real.

Próximo episódio

O quinto episódio de Game of Thrones desenhou o que deverá acontecer no próximo episódio: Tyrion tentará arrumar um plano para tirar Daenerys do poder. Mas o que acontecerá com Porto Real? Será que Tyrion ficará sabendo sobre o que aconteceu com seus irmãos? Jon irá lutar contra sua amada?

E Arya, ela voltou para o Norte para conseguir ajuda de Sansa? Só saberemos no próximo domingo, dia 19 de maio, quando o sexto e último episódio da oitava temporada de Game of Thrones for exibido. Na prévia, podemos ver que a jovem Stark está de volta, se esgueirando entre o exército de Daenerys, que agora deve se consagrar como a Rainha Louca.

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe um comentário: