Google play store

Google Play anuncia 50% de redução de taxas para desenvolvedores que faturam até US$ 1 milhão

Avatar of bruno martinez
Play Store vai cortar taxas para desenvolvedores de aplicativos Android, mas decisão não resolve impasse entre os fabricantes e a empresa

O Google anunciou que vai reduzir, de 30% para 15%, a tarifa de serviços cobrada nas vendas de aplicativos dentro da Play Store — isso significa metade do que vem sendo cobrado até então. A redução de taxas para desenvolvedores, que entra em vigor em 1° de julho de 2021, prevê que será aplicado 15% do faturamento para fabricantes de software que tiverem uma receita anual de US$ 1 milhão. Depois de ultrapassar a cota limite, o restante dos ganhos fica sujeito a taxa de 30%.

De acordo com a empresa, cerca de 99% dos desenvolvedores que possuem aplicativos na Google Play Store serão beneficiados com a medida, podendo alcançar uma redução de até 50% nas taxas cobradas. 

A Apple também anunciou em 2020 a redução de taxas para desenvolvedores, passando para 15% a taxa cobrada. Mas no caso da Apple, só são beneficiadas empresas que lucram menos de US$ 1 milhão ao ano. Já na Google Play, grandes empresas podem ser beneficiadas com os cortes nas tarifas, desde que não atinjam o limite anual de um milhão de dólares. 

Qual o impacto da redução de taxas para desenvolvedores?

A Google Play Store e a Apple Store são responsáveis pela maior parte dos aplicativos baixados pelos usuários ao redor do mundo. Porém as gigantes da tecnologia estão recebendo diversas críticas dos desenvolvedores sobre a política de taxação nas lojas de aplicativos. 

No ano passado, a Epic Games, criadora do famoso jogo Fortnite, tentou criar um sistema de pagamentos próprio para tentar evitar a taxa de 30% cobrada pela Apple e pelo Google, mas acabou tendo o jogo banido da Apple Store e Play Store. A empresa de Cupertino ainda solicitou a revogação da licença de desenvolvedor da Epic Games, fazendo a criadora do Fortnite recorrer à justiça norte-americana.

Desde então, a Epic Games trava uma batalha judicial com as big techs. Tanto empresas quanto desenvolvedores menores se mostraram insatisfeitos com as políticas de pagamento das lojas de aplicativos e estão pressionando mudanças nas práticas de mercado adotadas pelas companhias.

Redução de taxas para desenvolvedores
Segundo a BBC, o crescimento da receita dos apps pode ter chegado a 30% em 2020 e as big techs ficaram com a maior parte dos ganhos

Segundo a Epic Games, a redução de taxas para desenvolvedores da Google Play Store ajuda a diminuir os encargos financeiros dos desenvolvedores, mas não resolve o problema. A empresa acredita que o Android precisa se abrir totalmente para que haja uma competição justa entre os fabricantes.

Por outro lado, o Google e a Apple defendem que as tarifas cobradas são usadas para “ajudar a cobrir despesas e serviços como privacidade, segurança dos usuários, entre outros”. 

A decisão das duas big techs de promover a redução de taxas para desenvolvedores acontece em um momento conturbado, tanto para o Google quanto para a Apple. As gigantes, e outras empresas de tecnologia como Amazon e Facebook, estão enfrentando investigações de reguladores após alegações de práticas anticompetitivas. Inclusive, no ano passado, o governo dos Estados Unidos abriu um processo contra o Google baseado na lei antitruste

Fonte: Google Brasil; The Verge; BBC; WSJ

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados