Google e TSE se juntam para combater desinformação nas eleições de 2020

eleicoes
Com o objetivo de manter os brasileiros bem informados e seguros nesta eleição, Google e TSE se uniram para promover conteúdo de qualidade na busca
Anúncio
Google e TSE se juntam para combater desinformação nas eleições de 2020

Assim como nas eleições presidenciais de 2018, Google e TSE (Tribunal Superior de Justiça) se unem novamente este ano para auxiliar o eleitor com informações e combater a desinformação e as fake news. Como parte da parceria, o Google anunciou uma série de novos recursos na Busca que permitem aos brasileiros acompanhar as principais datas, informações e respostas às dúvidas frequentes sobre o processo eleitoral.

“O compromisso de oferecer resultados de qualidade na Busca é parte essencial da nossa missão de tornar as informações do mundo cada vez mais acessíveis e úteis, para todos. Durante o período eleitoral,  o acesso a conteúdos confiáveis e de fontes seguras torna-se mais importante do que nunca e tem papel crucial em conectar todos a esse momento tão fundamental do processo democrático do país” 

 Marcelo Lacerda, diretor de Relações Governamentais e Políticas Públicas do Google Brasil

A partir desta semana, quando você pesquisar “Como votar” na Busca, aparecerá um painel com informações oficiais fornecidas pelo TSE, indicando quais documentos são necessários, como usar a urna eletrônica, qual a ordem de candidatos para votar e qual o horário da votação, entre outras. Devido à pandemia do coronavírus, o Google destacará também os cuidados sanitários indicados pelo Tribunal para os dias de votação, estimulando que o eleitor compareça à sua seção eleitoral para votar e assegurando a segurança do processo.

Parceria do Google e TSE traz ao brasileiro novos recursos na Busca
Parceria do Google e TSE traz ao brasileiro novas informações na Busca

Nessas eleições, todos os brasileiros que procurarem por mais informações sobre como votar no Google terão acesso ao conteúdo do TSE antes de qualquer outro resultado. O recurso, anunciado esta semana, se soma a outro painel de informação lançado em abril para ajudar a orientar os brasileiros sobre dúvidas com o título de eleitor, baseado em material também elaborado pelo Tribunal.

Além das informações disponibilizadas em primeiro lugar na Busca, outro objetivo do Google e TSE durante o período eleitoral é combater a desinformação. Para isso, o Google promoverá lives em parceria com o Tribunal, visando ampliar o conhecimento do eleitor brasileiro sobre temas cada vez mais importantes, como fake news, protocolos sanitários e mitos sobre o processo eleitoral. As lives serão divulgadas e veiculadas nos perfis das redes sociais do Google e TSE.

Para usuários que queiram denunciar conteúdo enganoso em suas plataformas, a empresa mantém seus canais de comunicação abertos. O Google também tomou todas as medidas necessárias junto ao TSE e aos Tribunais Regionais para reforçar um canal de comunicação para cumprimento das ordens judiciais. A parceria entre o Google e TSE termina no dia 19 de dezembro de 2020, com o fim do processo eleitoral.

“A nossa parceria já histórica com o TSE é parte fundamental do trabalho que o Google desempenha ao longo do período de eleições no Brasil e consolida nossos esforços em torno da segurança e transparência, empoderando os brasileiros para a realização de um processo eleitoral informado e relevante para a construção da nossa democracia”

 Marcelo Lacerda, diretor de Relações Governamentais e Políticas Públicas do Google Brasil

Fontes: Google, TSE

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter