Google Home começa a receber suporte para o português

Imagem do aparelho Google Home
Com assistente pessoal já falando o português brasileiro, começam a se levantar indícios de que a venda oficial no Brasil está prestes a começar

Não podemos negar que o Google Home é um sucesso nos países em que foi lançado, mas esse aparelho ainda não fala o idioma oficial do Brasil, o nosso amado português. Na verdade, não falava.

A partir de hoje, além de quatro idiomas indianos que estão sendo adicionados ao vocabulário do Google Home, o assistente pessoal fabricado pela empresa californiana também fala português.

O suporte para a língua portuguesa deve estar em seus testes finais, pois uma mensagem indicando a versão Beta do idioma é mostrada aos usuários.  Com isso, podemos dizer que a venda oficial em terras brasileiras pode estar próxima.

Novos idiomas ainda em testes

Essa adição de novos idiomas faz parte uma meta que o próprio Google estabeleceu: trabalhar para que o aparelho esteja presente em 38 países e permitir que o acessório possa falar mais 17 idiomas além dos que já possui. Tudo isso até o fim desse ano.

Se as pessoas que possuem a caixa de som acessarem as configurações do aparelho pelo celular (seja no aplicativo do Google ou no app do Google Home), irão encontrar novos idiomas disponíveis entre a língua neerlandesa e sueca. São eles: bengali, marata, telugo, e tâmil. Eles se juntam ao Hindi, que ficou disponível para o assistente em maio.

Mas percebemos que a mensagem avisando que o suporte aos idiomas está em testes é real, pois esses idiomas indianos só são compreendidos pelo Google Home se os comandos forem feitos por um smartphone. 

Ao testar comandos falando diretamente com o assistente pessoal por meio dos novos idiomas, usando o Google Tradutor como apoio eles não são reconhecidos. O uso das línguas indianas ainda está restrito aos celulares, e a pronúncia indicada pelo tradutor da empresa não é boa o suficiente.

Por último, mas não menos importante, o português também chegou ao Google Home. Já era possível falar com a caixa de som em brasileiro enviando comandos via smartphones, mas agora ela compreende e fala nosso amado idioma. Ao contrário das línguas indianas, o português funcionou muito bem, e alguns comandos enviados foram compreendidos sem problemas.

Venda oficial do Google Home no Brasil

Se analisarmos o histórico, os idiomas que chegaram ao Google Home foram adicionados apenas quando os países estavam prestes a receber a venda oficial do assistente fabricado pela empresa californiana.

Como o português acabou de chegar ao aparelho, a venda oficial Brasil deve estar próxima.

Captura de tela mostrando o suporte ao português para o Google Home
Venda em terras brasileiras deve estar próxima, mesmo com português ainda em testes

Nenhum dos idiomas adicionados foi oficialmente anunciado pelo Google, e se qualquer um deles for selecionado, uma etiqueta escrito Beta é exibida, como na foto acima.

Se você já possui o Google Home, é normal que seu aparelho não reconheça o português de primeira, mas ele deve compreender nosso idioma com o tempo.

Boa parte das caixas de som fabricadas pelo Google não são vendidas no Brasil,  e caso algum de nós queira comprar o Google Home ou Google Home Max, teremos que importar esse produtos de lojas internacionais, pagando em dólar americano, e não esquecendo do frete.

Google Home, Google Home Mini, Google Home Max
Brasileiros ainda não podem comprar boa parte das caixas de som produzidas pelo Google

No Magazine Showmetech, o Google Home Mini em suas versões branco ou preto está sendo vendido a partir de R$ 249,00, e se você deseja começar a ter uma casa inteligente, esta caixa de som é o seu primeiro passo.

Fonte: Android Police

O que você acha da adição de novos idiomas ao assistente pessoal? Quando acha que o aparelho deve começar a ser vendido oficialmente? Conte pra gente nos comentários!

 

4 Comentários

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba Notícias por E-mail:

Share via