Google i/o 2022: veja todas as novas tecnologias apresentadas. Mudanças do android 13, pixel buds pro, pixel watch, pixel 6a... Ufa! Veja tudo o que rolou durante o primeiro dia do google i/o 2022

Google I/O 2022: veja todas as novas tecnologias apresentadas

Avatar of otávio queiroz
Mudanças do Android 13, Pixel Buds Pro, Pixel Watch, Pixel 6A… Ufa! Veja tudo o que rolou durante o primeiro dia do Google I/O 2022

O primeiro dia do Google I/O 2022 está entre nós e muitas foram as novidades anunciadas pelo Google durante a conferência. Das mudanças que chegam ao Android 13, passando pelos novos recursos de inteligência artificial em apps como o Google Maps, e chegando aos tão aguardados Pixel 6a, Pixel Watch e Pixel Buds Pro, o evento empolgou e aqui estão todas as novas tecnologias apresentadas durante a tarde desta quarta-feira (11).

Android 13

Entre os anúncios da conferência anual do Google I/O, está o Android 13. Assim como mencionamos no post sobre o que aguardar durante o evento, a nova versão do sistema operacional está focada em oferecer melhorias de desempenho, segurança e privacidade para os usuários. Confira todas as novidades.

Personalização

Google i/o 2022: veja todas as novas tecnologias apresentadas
Android 13 trará mudanças conforme o tema da interface utilizado pelo usuário (Divulgação/Google)

Sem muitas mudanças no design Material You, os usuários do Android 13 terão novos estilos temáticos a sua disposição. Agora, os ícones dos apps terão o tom conforme o tema da interface selecionado pelo usuário. Além disso, todo o design do controle de mídia foi redesenhado, passando a se adaptar à música que está tocando no momento.

Além disso, agora as pessoas poderão configurar o idioma separadamente por apps. É possível, por exemplo, configurar apps de leitura para o inglês, enquanto os demais seguem no idioma materno. Tal personalização pode ser muito útil para quem está aprendendo um novo idioma, por exemplo.

Privacidade e segurança

Android 13
Agora, será possível escolher o idioma de cada app através do menu de configurações do Android 13 (Divulgação/Google)

O Google focou bastante em privacidade e segurança. Um dos destaques do novo OS é o reforço na privacidade do sistema que está sendo implementado com criptografia de ponta a ponta em mensagens de grupo trocadas via RCS (protocolo de mensagens do Google). Além disso, um novo API para escolha de fotos em apps (Photo Picker) e um novo menu de segurança foram anunciados pela companhia.

Agora, haverá também um maior controle sobre quais informações pessoais o usuário compartilha, além de novos controles sobre quais arquivos os apps poderão acessar. Seguindo esta linha, em vez de dar permissão a categoria “Arquivos e mídia”, o Android terá duas novas opções para um melhor controle de acesso: “Fotos e vídeos” e “Música e áudio”, por exemplo. Para quem deseja restringir ainda mais, será possível definir quais arquivos multimídia poderão ser acessados ou não.

Outra alteração focada em oferecer mais privacidade são as mudanças nas permissões de notificações do sistema do Google. Nos novos moldes, quando o usuário acessar um app instalado recentemente, ele será questionado se deseja receber ou não notificações daquele app em específico. Isso diminuirá, com mais facilidade, aquela poluição visual e excesso de informações já conhecida do painel de notificações.

Por fim, foi criada uma seção de configurações chamada “Segurança & Privacidade” no Android 13, para centralizar todas as opções voltadas à sua segurança.

Desempenho e otimização

Google i/0 2022
Controle de mídia também ganhou novo visual no Android 13 (Reprodução/Google)

O Android 13 também terá suporte a tecnologia Áudio Bluetooth Low Energy (BLE), que promete diminuir o consumo da bateria em até 10%. O recurso também garante um áudio mais limpo e de maior qualidade em dispositivos sem fios, além de possibilitar o pareamento de dois ou mais aparelhos ao mesmo tempo, ideal para quem utiliza diversos wearables sem fio.

Também foram anunciadas otimizações de layout para dispositivos com telas grandes, previamente introduzidas pelo Android 12L. Agora, o uso em multitarefas deve ser ainda mais fácil em tablets, por exemplo. Dentre as demonstrações exibidas hoje, estão uma barra de tarefas atualizada e experiência aprimorada no uso da canela stylus.

Junto com as melhorias, a empresa também liberou a aguardada versão beta do Android 13. Antes disponíveis para alguns modelos da linha Pixel, agora as principais fabricantes receberam o sistema operacional. São elas: Xiaomi, Lenovo, Nokia, Oppo, Realme, Asus, Sharp, Tecno, OnePlus, Vivo e ZTE.

Google Maps

Immersive view no google maps
Google Maps ganham modo de visão imersiva em algumas cidades selecionadas; Brasil fica de fora da lista inicial (Reprodução/Google)

A gente sabe que o Google Maps certamente já te ajudou em algum momento na sua vida e, no que depender do Google, ele continuará te auxiliando cada vez mais. A companhia revelou também melhorias na plataforma, que terá agora um novo modo de visão imersiva em cidades selecionadas e também a possibilidade de utilizar o Live View AR em outros aplicativos. A ideia do recurso é “permitir que o usuário possa visitar diversas localizações com mais realismo”.

Digamos que você esteja planejando uma viagem a Londres e queira descobrir os melhores pontos turísticos e lugares para comer. Com uma pesquisa rápida, você pode voar virtualmente sobre Westminster para ver o bairro e a arquitetura deslumbrante de lugares, como o Big Ben, de perto.

Google

O “Immersive View” combinará visões coletadas com a ajuda do Street View e de imagens de satélite, permitindo que o usuário possa visitar o ambiente através do seu dispositivo. Ele poderá sugerir ainda ambientes fechados para visitar, exibindo detalhes da parte interna destes estabelecimentos, com informações úteis acerca do local. Ainda será possível alterar o modo de visão de algumas áreas para o período noturno ou em condições de chuva, por exemplo.

O modo de visão imersiva contará ainda com recursos úteis do Maps que nós já estamos bem familiarizados, como indicadores de tráfego e lotação, por exemplo. A API da função Live View também estará disponível para desenvolvedores gratuitamente, possibilitando que apps de terceiros possam também utilizar a realidade aumentada do Maps para integrar os mundos físico e digital. Inicialmente, o “Immersive View” estará disponível apenas nas cidades de Londres, New York, Los Angeles, San Francisco e Tóquio.

Google Assistente

Look and talk
Google Assistente permitirá conversas mais naturais e inteligentes com o “Look and Talk” (Divulgação/Google)

Chega de “Ok, Google”! Agora, o assistente inteligente da empresa poderá ser ativado de outras maneiras a partir de uma atualização que será incorporada pela gigante das buscas. Com isso, os usuários poderão interagir de forma mais natural, como se estivesse conversado com um amigo ou parente.

Chamada de “Look and Talk”, a funcionalidade permitirá aos usuários dar comandos ao assistente virtual do Android simplesmente olhando para o dispositivo e falando – como sugere o nome do recurso. Segundo a empresa, a novidade recorrerá a métricas como proximidade e orientação do rosto e do olhar do usuário para identificar os comandos. Segundo o que foi mostrado durante a conferência, será possível ativar o Google Assistente dessa nova forma em dispositivos como o Nest Hub Max.

Outra novidade que chega ao assistente do Google é o suporte a linguagens mais naturais. Dessa forma, a tecnologia conseguirá compreender falas com pausas, gaguejos e erros, assim como acontece na vida real.

Monk Skin Tone Scale

Monk skin tone scale
O Google adotou a escala de cor de pele Monk para uso em todo o software e produtos para garantir que todos os tipos de tons de pele sejam retratados (Divulgação/Google)

O Google adotou a escala de cor de pele Monk para uso em todo o software e produtos para garantir que todos os tipos de tons de pele sejam retratados e representados com precisão na Internet. A escala é o trabalho do professor e sociólogo de Harvard Dr. Ellis Monk, e é uma escala de 10 pontos que ajuda as máquinas a entender melhor e, portanto, representar melhor os tons de pele mais variados.

Agora, ao pesquisar por consultas relacionadas a maquiagem ou beleza nas Imagens do Google, você verá uma nova opção para refinar ainda mais os resultados por tom de pele. Por exemplo, se você estiver procurando por “aparências de maquiagem para noivas”, terá a opção de encontrar os resultados que funcionam melhor para você. No futuro, o Google planeja incorporar a escala para detectar e classificar melhor as imagens, incluindo uma gama mais ampla de resultados para tornar mais fácil para os usuários encontrarem o que estão procurando.

Além disso, o Google está trabalhando para desenvolver uma maneira padronizada de rotular o conteúdo da web que permitirá que criadores, marcas e editores rotulem seu conteúdo com atributos como tom de pele, cor do cabelo e textura do cabelo. Os rótulos possibilitarão que os mecanismos de pesquisa e outras plataformas entendam facilmente as imagens.

Novidades no buscador, Google Docs e YouTube

Multisearch near me
Google também divulgou hoje o “Multisearch Near Me”, recurso que permite realizar pesquisas via texto e imagem simultaneamente (Divulgação/Google)

O Google também divulgou hoje o “Multisearch Near Me”, recurso que permite realizar pesquisas via texto e imagem simultaneamente. Dessa forma, ao apontar a câmera para um livro ou para um prato de comida, o buscador retornará com informações úteis, como quais estabelecimentos próximos vendem aquele artigo, por exemplo.

A funcionalidade é, na verdade, um aprimoramento do já existente Multisearch. Para fazer as buscas mais, digamos, específicas, é necessário incluir apenas um “near me” após a inserção da imagem ou texto. Segundo a companhia, o novo modo de busca deve ser liberado até o final deste ano, inicialmente, apenas em inglês, com outros idiomas sendo incorporados no decorrer do tempo.

Quem também recebeu aperfeiçoamentos foram o Google Docs e o YouTube. No caso do primeiro, agora os sumários podem ser inseridos automaticamente. Já na plataforma de vídeos, os utilizadores terão uma nova opção de colocar capítulos automáticos para vídeos. Assim, será mais simples para produtores de conteúdo separar seus clipes por seções.

Pixel 6a

Google pixel 6a
Google Pixel 6a teve os seus primeiros detalhes revelados durante a tarde desta quarta-feira (11) (Divulgação/Google)

Que tal um novo intermediário da linha Pixel? Agora, ele está mais perto do que nunca. O Google mostrou os primeiros detalhes do seu Pixel 6a, smartphone que seguirá o mesmo padrão visual da linha Pixel 6, com direito a mesma barra horizontal no conjunto das câmeras e carcaça em metal. A versão mais acessível conta uma câmera de 12,2 MP com estabilização óptica de imagens e uma ultrawide de 12 MP na parte traseira. Já a frontal é de 8 MP assim como a do seu irmão mais velho. A tela é OLED de 6,1″ com resolução 1080p, taxa de atualização de 60Hz e leitor de digitais integrado.

Com processador Tensor, ele também chega com uma bateria de 4.410 mAh capaz de oferecer autonomia de até 72 horas com o modo Extreme Batter Saver ativado, algo inédito na linha Pixel. Sendo um dos primeiros smartphones a receber o Android 13 e com versões nas cores verde, branca e preta, ele será vendido a partir de julho por US$ 449 nos Estados Unidos. No Brasil, ainda não ha previsão da chegada do dispositivo.

Pixel Watch

Pixel watch
Pixel Watch será circular e terá uma coroa aparente junto a um botão na sua lateral (Divulgação/Google)

O smartwatch será circular, com uma coroa aparente e um botão logo acima da coroa. O aço utilizado é reciclado e as pulseiras customizáveis serão minimalistas, e de acordo com a empresa, com grande facilidade para troca. O novo Wear OS que estará presente no aparelho virá em parceria com o Fitbit, empresa especializada em tecnologia da saúde, voltado para atividades e monitoramento físico.

Este novo dispositivo Pixel terá acesso ao Google Assistente, e de acordo com o ecossistema de casa inteligente, pode até mesmo ser solicitado para desligar as luzes ou mudar a temperatura do ar condicionado, por exemplo.

Pixel Buds Pro

Pixel buds pro
Pixel Buds Pro chega com versões nas cores vermelha, preta, branca e amarela (Divulgação/Google)

Quem também deu as caras depois de muitos rumores foi o Pixel Buds Pro, mais nova geração de fones de ouvido completamente sem fios do Google. O acessório continua com o mesmo visual do modelo anterior, mas agora com cancelamento de ruído e maior autonomia de bateria.

O fone também chega ao mercado com um recurso pra lá de interessante: controlar o volume com a superfície dos próprios fones. O Google afirma que este controle, mesmo em níveis elevados, conta com tecnologia para equalizar o áudio e assim manter a qualidade. Em relação a sua autonomia, a empresa promete sete horas de uso contínuo com o cancelamento de ruído ativo ligado ou até 11 horas com ele desligado.

Os Pixel Buds Pro, com versões nas cores vermelha, preta, branca e amarela, estarão disponíveis em pré-venda, nos Estados Unidos, a partir de 21 de julho, com o lançamento previsto para ocorrer uma semana depois, em 28 de julho. Ele chega ao mercado norte-americano com preço sugerido de US$ 199, algo em torno de R$ 1.020,00. No Brasil, não há previsão de lançamento e valores.

Google Pixel 7, 7 Pro e óculos inteligentes

Google pixel 7 pro
Pixel 7 e 7 Pro apareceram durante o I/O (Divulgação/Internet)

Durante o I/O 22, também foram liberados os primeiros detalhes sobre a família Pixel 7. De imediato, é possível notar mudanças já no design do aparelho, que agora traz um corpo mais minimalista e refinado que o modelo atual. Além disso, eles parecem mais arredondados e possuem cores mais sóbrias, incluindo Obsidian (preto), Snow (branco) e Lemongrass (verde-claro) para o Pixel 7, e Obsidian, Snow e Hazel (verde-oliva) para o Pixel 7 Pro.

A versão mais “básica” da nova geração traz um módulo de câmeras de alumínio com recorte em formato de pílula, abrigando dois sensores. A versão “Pro”, no entanto, terá um recorte em formato de ponto de exclamação “!”. Ambos os modelos serão equipados com a segunda geração do Tensor, mas não tiveram mais informações reveladas pela companhia.

Quem também apareceu no finalzinho da apresentação foram os possíveis novos óculos inteligentes do Google. Durante o I/O, o CEO Sundar Pichai mostrou um vídeo rápido de demonstração dos óculos. Embora ainda seja apenas um protótipo, o Google sugeriu que os óculos exibissem traduções ao vivo do idioma da pessoa que os usa. Esperamos que o projeto realmente siga adiante, diferentemente do que aconteceu com o Google Glass.

Veja mais informações sobre o Google I/O 2022

Pixel Watch é o primeiro relógio totalmente fabricado pelo Google

TL:DR: Google Docs fará resumos automáticos dos seus textos

Google lança o smartphone Pixel 6a e fones Pixel Buds Pro

Fontes: The Verge, Wired.

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados