Google meet

Google Meet passa a ter reações, transmissões pro YouTube e mais

Avatar of victor pacheco
Novidades para o Google Meet e mais aplicativos estão liberadas apenas para assinantes do Google Workspace por enquanto.

Trabalho híbrido é uma das palavras mais ditas no começo de 2022 (e ao longo dos últimos anos). Com foco em aprimorar as ferramentas do plano empresarial que leva o nome de Google Workspace, a empresa, que também é dona de sites como o YouTube, está fazendo mudanças em diversos aplicativos.

Além do Google Meet finalmente ter suporte para que a imagem de uma videochamada seja diminuída sobre outra janela do navegador (Picture-In-Picture), a empresa está reorganizando a plataforma de comunicação empresarial Spaces, assim como também está expandindo o Google Voice para mais regiões do mundo. Confira todos os detalhes agora mesmo.

O que muda no Google Meet?

Com valores mensais por usuário a partir de R$24,30, o Google Workspace é indicado para empresas de todos os portes e setores por permitir o acesso a mais armazenamento no Google Drive, e-mail com domínio próprio e outros recursos que, muitas vezes, os clientes nem mesmo sabem que possuem acesso.

Veja o que muda em um dos aplicativos mais utilizados durante a pandemia para estudo, trabalho e, por que não, conversa descontraída entre amigos.

Habemos Picture-In-Picture

A nova publicação do blog do Google de hoje (31) foi feita para divulgar que clientes do plano empresarial agora poderão aproveitar o Picture-In-Picture no Google Meet para que, no caso de uma consulta na internet ou qualquer outra tarefa, não deixe de ver as pessoas da videochamada.

Google meet passa a ter reações, transmissões pro youtube e mais. Novidades para o google meet e mais aplicativos estão liberadas apenas para assinantes do google workspace por enquanto.
Google Meet finalmente ganhou PiP (GIF: Google)

A funcionalidade pode ser ativada facilmente ao clicar nos três pontos localizados próximos ao botão de desligar a videochamada, como mostrado no GIF acima. A janela com a imagem ou foto de perfil de todos que estão participando da conversa virtual acompanha o usuário mesmo com troca de guias.

Reações com emojis

As reuniões empresariais antes eram conhecidas como momentos de seriedade, mas com toda certeza o calor humano é uma das coisas que todos sentem falta. Com foco em trazer mais sentimento para as videochamadas realizadas no Google Meet, as reações chegarão ao Google Meet “em breve”, conforme a empresa.

Reações no google meet
Reações estarão disponíveis no Google Meet em breve (GIF: Google)

A equipe que trabalhou nesta implementação afirmou que o processo foi de muito aprendizado. Isso porque não bastaria apenas disponibilizar as reações; era necessário aprimorar a ideia para que o verdadeiro propósito fosse cumprido. Carolien Postma, pesquisadora de experiência do usuário (UX) no Google há 15 anos, compartilhou que até pensaram em não colocar reações negativas, mas isso poderia causar uma certa confusão na hora dos sentimentos serem expressos.

A localização final das reações era próxima ao botão de desligar a chamada, mas isso foi alterado após um feedback de clientes que testaram a novidade.

Esta versão objetivou dar às pessoas uma maneira fácil de expressar seus sentimentos e feedback de uma forma que ajudou todos em uma chamada a se sentirem mais conectados

Carolien Postma, pesquisadora de experiência do usuário (UX) do Google

Videochamadas em mais apps do Google

Um hábito muito comum é o compartilhamento de tela para que, juntos, os integrantes de uma videochamada possam alterar um documento online. O Google anunciou que permitirá que uma chamada de vídeo online seja iniciada por meio dos aplicativos de edição de documentos, planilhas e criação de apresentações.

Recurso de colaboração de trabalho híbrido do google meet
Assinantes de plano empresarial poderão realizar videochamadas de mais apps do Google (Foto: Google)

Além de conseguir fazer a edição colaborativa, a imagem dos participantes da mesma videochamada será exibida no canto direito, para ser possível ver o rosto de quem está trabalhando. É uma extensão interessante para quem está mexendo em projetos em grupo e gostaria de ter uma comunicação mais assertiva ao invés de utilizar os comentários. A novidade estará disponível “nas próximas semanas”.

Cancelamento de ruídos no Companion e mais

O Google Companion é uma funcionalidade que permite que assinantes do Google Workspace utilizem dois aparelhos em uma mesma videochamada. Isso é feito para a redução de áudio duplicado e eco, melhor reprodução de áudio da segunda tela e microfone ativado em apenas um dispositivo.

O Google fechou uma parceria com a Logitech, Acer e Asus para passar a oferecer cancelamento de ruído no Companion; mais fabricantes de aparelhos utilizados estão em conversa para que os recursos sejam disponibilizados para mais clientes.

Google companion
Companion recebeu novidades para 2022 (Foto: Google)

Um bloco de vídeo pessoal, que prioriza a imagem do usuário, também estará disponível em breve para que os demais participantes das videochamadas no Google Meet possam ver gestos e expressões. A empresa espera que o uso do Companion seja ainda maior com a chegada das novidades.

Lives com Q&A e transmissões para o YouTube

Clientes do Google Workspace já podiam realizar uma transmissão ao vivo pelo Google Meet, mas tudo ainda era muito engessado e, muitas vezes, era necessário o uso de uma plataforma secundária para que a interação não fosse deixada de lado. Atualmente, o limite de espectadores em uma mesma live é de 500 pessoas e a transmissão pode ser enviada para mais de 100.000 domínios.

A novidade fica por conta de uma função que permite que quem está assistindo à transmissão ao vivo envie perguntas diretas para o anfitrião numa seção própria apenas para Q&A ao invés de fazer o uso dos comentários.

Live do google meet transmitida no youtube
Lives do Google Meet poderão fazer lives no YouTube (Foto: Google)

Também será possível enviar tudo o que está sendo discutido para o YouTube por uma transmissão ao vivo. O vídeo será salvo no canal para poder ser assistido posteriormente por seus inscritos.

Criptografia

Apesar de se mostrar seguro e acessível apenas por meio do link da videochamada, o Google Meet ainda não possui criptografia avançada. O Google anunciou que testes estão sendo realizados e que, em breve, mas sem estipular uma data, a criptografia chegará ao aplicativo. A empresa oferecerá controle direto das chaves para que a segurança esteja em primeiro lugar.

Já disponível no WhatsApp, a criptografia de ponta a ponta também foi anunciada para o aplicativo de chamadas de vídeo, mas “para ainda este ano”. Nos resta esperar para que a opção do Google fique ainda mais segura.

Novos recursos do Spaces

Semelhante ao Slack, o Google Spaces (também chamado Espaços) é uma ferramenta de comunicação empresarial que permite que funcionários de uma mesma instituição se comuniquem sem a necessidade de utilizar aplicativos secundários. A novidade para a ferramenta inclui o encadeamento em linha, que pode ser explicado como uma resposta direta a uma pessoa. Dessa forma:

Google meet passa a ter reações, transmissões pro youtube e mais. Novidades para o google meet e mais aplicativos estão liberadas apenas para assinantes do google workspace por enquanto.
Comunicação será mais fácil no Google Spaces (GIF: Google)

O Google também anunciou que recursos de pesquisa de conteúdo em todo o Spaces estará disponível, assim como a procura de canais em breve. Se atualmente o limite em um mesmo Espaço é de 8.000, a quantidade aumentará para 25.000. Vamos combinar que a comunicação ficará muito mais fácil, certo?

A moderação nos Espaços do Google também está sendo aprimorada e a empresa anunciou que os usuários poderão definir gerentes e diretrizes para que tudo fique mais organizado. Anúncios de equipe, departamento e organização são outras funcionalidades que serão disponibilizadas ainda este ano.

Expansão do Google Voice

Este é o aplicativo para clientes do Google Workspace que permite a ligação via internet para que os planos e minutos não sejam gastos com ligações internacionais. Bastante utilizado nos EUA e restante da América do Norte, foi anunciado que os usuários poderão ligar para números fixos e móveis sem custo adicional na assinatura do plano. Anteriormente, era necessário realizar o pagamento de taxas domésticas e internacionais.

Logo do google voice
Google Voice agora poderá ser utilizado em mais países (Foto: Reprodução/Internet)

A outra novidade inclui a possibilidade de utilizar a linha virtual (tronco SIP) no Google Voice, em aplicativos como Cisco, Audiocodes, Oracle e Ribbon. Não será necessário criar uma conta com número aleatório para fazer as chamadas via internet. A gravação ativada previamente estará disponível para assinantes do Google Workspace Standard e Premium a partir de abril. A gravação automática chega para assinantes dos mesmos planos em breve.

Trabalho híbrido com mais de 23 milhões de pessoas

Antes da pandemia, apenas 3% de todos os trabalhadores da América Latina colaboravam digitalmente com suas empresas. Até o segundo semestre de 2020, esta porcentagem estava entre 20% e 30%. O número equivale a cerca de 23 milhões de trabalhadores e os dados são do estudo Futuro do Trabalho: Espaços Resilientes, Seguros e Colaborativos, realizado pela IDC e encomendado pelo Google.

Os desafios que vieram com a pandemia ainda são aparentes: 42% das empresas participantes afirmaram que o suporte de TI feito de forma remota ainda precisa melhorar bastante. A segurança no acesso remoto a dados, aplicativos e conteúdo ainda precisa ser melhorada por 37% das pessoas que participaram da pesquisa. A visibilidade dos ativos de TI é considerado um desafio para 33% das empresas.

Ao mesmo tempo, por meio da pesquisa Enterprise Resiliency and Spending Survey da IDC, foi possível saber que 38,4% das empresas esperam que atividades repetitivas sejam automatizadas, assim como 50,4% acham que os espaços de trabalho inteligente são formas de trabalhar em diversos locais, horários e dispositivos.

O órgão pesquisador aponta que é importante que as companhias capacitem profissionais que estão na linha de frente para que estas pessoas possam operar dispositivos inteligentes ao invés de perderem o emprego as máquinas.

O que você achou de todas as novidades do Google Meet? Diga pra gente nos comentários!

Veja também

Entenda os novos filtros de pesquisa do Google Drive

Fonte: Blog do Google (1 e 2)

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados