Google oficializa Pixel 4 e Pixel 4 XL com duas câmeras e Android 10

Os Pixel 4 são finalmente oficializados, confirmando todos os rumores sobre design e especificações; confira os detalhes

O Google confirmou, no seu evento anual Made By Google (“Feito pelo Google”, em tradução literal), nesta terça-feira (15), o que os rumores e vazamentos vinham informando há alguns meses: os novos Pixel 4 e Pixel 4 XL são reais e trazem um design com menos bordas em relação a geração passada, duas câmeras traseiras, algo inédito na linha, e Android 10 de fábrica com todas as novidades do sistema operacional. 

Conhecendo os novos Pixel 4 e Pixel 4 XL

Os novos smartphones do Google são os grandes concorrentes dos novos iPhone 11, Galaxy Note 10 e Note 10+ e Huawei Mate 30 e Mate 30 Pro, especialmente nas configurações de câmera, que desde a primeira geração incomodou as rivais com excelentes imagens – sem necessariamente aumentar o número de sensores. 

Foram tantos os vazamentos que foram confirmados, inclusive pelo próprio Google, sobre os Pixel 4 e Pixel 4 XL, que nada é uma novidade de fato. No geral, sua aparência se assemelha ao iPhone 11, com traseira em vidro e uma retângulo preto para abrigar as câmeras. 

Pixel 4 e Pixel 4 XL trazem design semelhante ao iPhone 11
Pixel 4 e Pixel 4 XL trazem design semelhante ao iPhone 11

O grande destaque são as câmeras traseiras, duas nesta versão, que prometem tirar fotos com boa resolução até das estrelas, desafiando o Huawei P30 Pro e seu Modo Lua. Apesar da quantidade aparentemente inferior aos concorrentes, espera-se tecnologias de ponta e imagens realmente impressionantes. 

Vamos conhecer tudo sobre os novos aparelhos? 

Design e tela

O design dos Pixel 4 traz um corpo premium em vidro e metal nas laterais, com a traseira bastante parecida com a do iPhone 11. As semelhanças terminam na parte frontal, já que os smartphones do Google parecem “mais antigos” em relação aos concorrentes, que trazem bordas relativamente maiores. 

A solução do Google foi eliminar o notch, mas manter uma borda significativamente maior para abrigar todos os sensores e a câmera frontal.

Bordas superiores maiores são a solução do Google para abrigar todos os sensores
Bordas superiores maiores são a solução do Google para abrigar todos os sensores

Como o próprio nome sugere, o Pixel 4 XL é a versão maior do Pixel 4: são 6,3 polegadas de tela OLED e resolução Quad HD+ (2K) contra 5,7 polegadas também OLED mas com resolução Full HD+. Os tamanhos refletem – e muito – na capacidade de bateria dos smartphones, que possuem 2800 mAh (Pixel 4) e 3700 mAh (Pixel 4 XL). Não sabemos como será a otimização do sistema no Pixel 4, visto que até o iPhone saiu da casa dos 2000mAh.

Além da tecnologia OLED, que realça os pretos e oferece cores mais realistas, tanto o Pixel 4 quanto o Pixel 4 XL chegam com o Ambient EQ, parecido com o True Tone da Apple, que trabalha melhor as cores para compensar a luz ambiente.

As telas dos Pixel 4 foram categorizadas como A+ em qualidade de display, o mais alto do mercado, com taxa de atualização de incríveis 90hz.

O Google trabalhou em uma nova forma de desbloquear os smartphones, algo bastante parecido com o Face ID, da Apple. Usando tecnologia infravermelha, o Google promete um sensor mais eficaz que o do concorrente, capaz de identificar diferentes ângulos da face. Desenvolvida pela equipe ATAP (Advanced Technology and Projects), que pertence ao Google, originalmente esses sensores faciais foram criados para smartwatches e funcionam em sincronia com o radar Soli, capaz de reconhecer movimentos próximos ao aparelho.

Quem será o responsável por armazenar os dados de mapeamento facial e outras informações de segurança é o chip Titan M. Na prática, as informações armazenadas em um chip específico dentro dos Pixel 4 garantem mais rapidez e segurança, quando comparado ao armazenamento em servidores. Sabrina Ellis, vice-presidente de Gerenciamento de Produtos, disse que o Face Unlock é o desbloqueio mais rápido do mundo.

O Google garante ainda que será possível usar o reconhecimento facial a partir de qualquer orientação do celular ou condição de iluminação ambiente. Diferente do desbloqueio facial comum, com câmeras, o conjunto faz um mapeamento completo do rosto do usuário e assim traz mais segurança e rapidez na autenticação.

Processamento e memória

Snapdragon 855 é um dos processadores mais potentes de 2019
Snapdragon 855 é um dos processadores mais potentes de 2019

Seguindo a mesma linha dos smartphones topo de linha de 2019, os Pixel 4 chegam com o processador Snapdragon 855, da Qualcomm, GPU Adreno 640 e versões com até 128GB de memória interna e 6GB de RAM. São números impressionantes, mas seus concorrentes, como Galaxy S10/Note 10 e Mate 30 Pro, já possuem hardwares melhores até 12GB de RAM e 1TB de armazenamento. 

Ainda assim, o sistema operacional Android 10 chega de fábrica nos smartphones, o que garante a fluidez e recursos inteligentes para otimizar a experiência do usuário.

Sistema operacional e recursos extras

Android 10 inclui um Google Assistente novo e controle por gestos
Android 10 inclui um Google Assistente novo e controle por gestos

Não é novidade para ninguém que o Google lança a nova versão do seu sistema operacional junto com seu principal smartphone. Com o comemorativo Android 10 não foi diferente e o Google embarcou recursos interessantes, como um remodelado controle  por gestos. 

A empresa vem trabalhando nesse controle por gestos, chamado Motion Sense, há uns meses e os smartphones terão sensores que identificarão os movimentos das mãos do usuário. Na prática, os Pixel 4 rastrearão as mãos do usuário através de um sistema avançado de localização por radar, chamado Soli, o que reduz as chances de erros em relação ao uso da câmera para registrar os movimentos.

Será possível controlar funções multimídia, como a reprodução de música do Spotify, e funções nativas do Android 10 – A LG trouxe recentemente essa tecnologia com sua Z Camera.

Além disso, espera-se melhorias no desempenho geral do sistema, dark mode (modo escuro, em português literal) de fábrica e novidades no setor de segurança. O app de gravação de áudio ganhou o recurso de visualizar, em tempo real, o que você está gravando.

O Google Assistente também ficou mais inteligente com a chegada do Android 10. Entre seus maiores destaques, agora ela pode te substituir em certas ligações, por exemplo, marcar você em alguma reunião ou serviço, ou conversar contigo sem a necessidade de falar “Ok, Google”.

Presente em outros smartphones da linha Pixel, a nova geração poderá acionar o Google Assistente com a tecnologia Active Edge, apenas pressionando as laterais do aparelho com certa pressão. Ao realizar o comando, a empresa promete deixar a conversação 10x mais rápida em relação a geração passada. Parte desse aumento no desempenho é devido ao chip Titan M, eliminando a necessidade em enviar dados aos servidores do Google.

Fizemos uma matéria especial sobre as novidades do Android 10; leia abaixo:

Câmeras

Maior destaque da linha Pixel desde a primeira geração, tanto o Pixel 4 quanto o Pixel 4 XL chegam equipados com duas câmeras traseiras. Sabemos o que pode parecer: “Só duas câmeras? Prefiro o Mate 30 Pro com quatro”. Os smartphones do Google são a prova “viva” de que quantidade não é sinônimo de qualidade.

Câmera dupla com lente teleobjetiva pode tirar fotos de estrelas, diz Google
Câmera dupla com lente teleobjetiva pode tirar fotos de estrelas, diz Google

São dois sensores, sendo o principal de 12MP e o segundo de 16MP e lente teleobjetiva. Essa segunda lente é capaz de tirar fotos com zoom de até 8x, chegando a incríveis 20x com auxílio do zoom óptico, zoom digital e inteligência artificial. Já a câmera para selfies possui 8MP.

Há ainda um sensor extra, que deve ser capaz de capturar e corrigir aspectos de cores semelhante ao de câmeras DSLR.

Em se tratando de recursos, o Modo Noturno, chamado pela empresa de Night Sight 2.0, que tornou os smartphones Pixel um sucesso em fotos noturnas, continua presente e está melhorado. O HDR também está nas câmeras, capturando diversas fotos para criar uma com mais nitidez e brilho. No app de câmera, você consegue visualizar em tempo real como sua foto sairá após o Live HDR, assim não haverá surpresas em detalhes.

Além disso, há dois controles de exposição no app de câmera, Modo Retrato, que usa as duas câmeras para desfocar o fundo da imagem e machine learning para balanceamento de branco.

O responsável por toda a mágica nas fotos dos Pixel 4 é o chip dedicado ao processamento de fotos e vídeos, o Pixel Neural Core, que ganhará uma nova versão. Ele agilizará capturas de vídeos em 4K e será capaz de otimizar alguns tipos de cenas, como imagens feitas a noite e do céu.

Preço e data de lançamento

O Pixel 4 e Pixel 4 XL chegam ao mercado hoje para pré-venda e começarão a ser entregues a partir do dia 22 de outubro, em três cores: preto, branco e uma edição especial em laranja.

Os preços iniciam em US$ 799 para o Pixel 4 de 64GB; confira todos os preços abaixo:

  • Pixel 4 (64 GB): US$ 799
  • Pixel 4 (128 GB): US$ 899
  • Pixel 4 XL (64 GB): US$ 899
  • Pixel 4 XL (128 GB): US$ 999

É sempre bom lembrar que os smartphones do Google não são vendidos de forma oficial no Brasil.

Especificações técnicas

EspecificaçõesGoogle Pixel 4Google Pixel 4 XL
Tela5,7 polegadas
OLED
Full HD+
6,3 polegadas
OLED
2K
CorpoMetal e vidroMetal e vidro
Processamento/
Memória
Snapdragon 855
6GB de RAM
64GB/128GB de ROM
Snapdragon 855
6GB de RAM
64GB/128GB de ROM
CâmerasTraseiras:
12MP + 16MP (teleobjetiva)
Chip Pixel Neural Core
Dark Mode
Gravação em 4K
Zoom até 20x
Inteligência Artificial

Frontal: 8MP
Traseiras:
12MP + 16MP (teleobjetiva)
Chip Pixel Neural Core
Dark Mode
Gravação em 4K
Zoom até 20x
Inteligência Artificial

Frontal: 8MP
Android e
Recursos
Android 10
Motion Sense
Desbloqueio facial
Google Assistente
Android 10
Motion Sense
Desbloqueio facial
Google Assistente
Bateria2.800mAh
Carregamento rápido
3.700mAh
Carregamento rápido

O que achou dos Pixel 4? Deixe nos comentários se você gostaria que o Google trouxesse os smartphones para o Brasil!

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe um comentário: