HDR: entenda por que ele é tão importante quanto o 4K

HDR: entenda por que ele é tão importante quanto o 4K 4
Ficar por dentro de todas as tecnologias presentes no mercado nem sempre é tão fácil. Mas não se preocupe, a gente te explica para que serve o HDR.

Já ficou confuso com tanta tecnologia nova surgindo nas TVs e monitores de hoje em dia? Não se preocupe, o Showmetech irá dedicar esse espaço para falar sobre o HDR, uma tecnologia que costuma estar ali, juntinha da resolução 4K.

HDR é vida, ao menos para suas imagens

O High Dynamic Range (alto alcance dinâmico, em português) ou HDR nada mais é do que uma tecnologia totalmente focada no “tratamento” da imagem final de sua tela.

HDR: entenda por que ele é tão importante quanto o 4K 5
Imagem tenta ilustrar a diferença entre uma imagem convencional (esquerda) e uma imagem com HDR (direita).

Com a tecnologia, suas fotos e vídeos exibirão uma cor mais marcante, além de níveis excelentes de brilho e contraste. Dessa forma, aquelas cores lavadas que costumam aparecer até mesmo em displays de alta resolução desaparecem completamente.

Embora o “4K HDR” seja extremamente comum no mercado de Smart TVs, você não precisa de uma tecnologia para ter a outra. O 4K só se refere ao número de pixels (3840 x 2160, neste caso) presentes na tela. Enquanto isso, o HDR irá refinar a imagem e entregar um resultado final excelente.

Apesar do recurso não estar presente em todo tipo de conteúdo consumido atualmente, é recomendada a compra de TV 4K com HDR. Alguns serviços como Netflix, Amazon Prime e Hulu já suportam-no e você não sentirá que ele está sendo subutilizado.

HDR: entenda por que ele é tão importante quanto o 4K 6
Recurso (visível à direita) também pode ser aproveitado em jogos.

No seu smartphone a ideia permanece a mesma. Mesmo sendo mais utilizado na câmera, e não no display em si. Aqui, seu aparelho irá tirar algumas fotos – com exposições diferentes – e as juntará em uma só. Com isso, sua foto final consegue entregar com fidelidade todos os objetos da cena.

Porém, por mais rápidas que sejam as lentes das câmeras de celular hoje em dia, não é interessante tirar fotos em movimento com o HDR ativado. Isso porque, ao tirar diversas fotos, o smartphone acaba tentando juntar momentos distintos em apenas uma composição.

Conclusão

Assim, enquanto em smartphones o HDR permanece sendo opcional, em Smart TVs ele acaba sendo obrigatório. Isso caso esteja a procura de um novo modelo e possa pagar a mais por ele.

Mas e você, acha essa tecnologia algo essencial para as TVs do futuro? Deixe sua opinião no espaço de comentários logo abaixo.

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe uma resposta

Receba Notícias por E-mail:

Receba notícias no seu e-mail
Holler Box