IBM Watson Anywhere: use o supercomputador em qualquer serviço de nuvem

IBM Watson Anywhere: use o supercomputador em qualquer serviço de nuvem
Watson poderá ser usado no AWS, Microsoft Azure e outras diversas nuvens, enfrentando as rivais dentro de seus próprios servidores

Em qual nuvem estão suas fotos? E seus documentos? Backup do WhatsApp? Imagine que tudo esteja em um serviço de nuvem diferente. Quanto trabalho! Tudo piora se acontecer no ramo empresarial. Pensando nisso, a IBM anunciou nesta terça-feira (12) que o Watson poderá ser usado em qualquer serviço de nuvem, mesmo concorrente.

O supercomputador da IBM acessível onde você precisar

Atualmente é comum que uma empresa seja punida por usar mais de um serviço de nuvem, pois não há comunicação entre os dados colhidos, o que torna mais difícil o uso das informações. Com o anúncio feito no IBM Think 2019, o Watson inaugura uma nova era na indústria da nuvem.

IBM Watson Anywhere: use o supercomputador em qualquer serviço de nuvem
IBM está apresentando novidades no seu evento anual Think

“As empresas têm tido experiência largamente limitadas com inteligência artificial, devido às limitações causadas pelo bloqueio de dados dos provedores de nuvem”, disse Rob Thomas, gerente geral da IBM Data and AI. “Com a maioria das organizações armazenando dados em ambientes de nuvem híbrida, é necessário liberdade e escolha para utilizar IA nos dados onde que que estejam. Ao abrir essa infraestrutura, podemos ajudar as empresas a acelerarem sua transformação através de inteligência artificial”.

Em uma estratégia ousada, a IBM quer conquistar o cliente das rivais Amazon e Microsoft, mesmo que não seja necessário trocar de provedor. Para isso, uma série de serviços será oferecida, com destaque para o Asssistant e o OpenScale. Isso será possível através do Kubernetes, um pacote de software de código aberto, responsável por fazer links com nuvens rivais.

IBM Watson Anywhere: use o supercomputador em qualquer serviço de nuvem
Watson Assistant é ferramenta de criação de assistente de voz totalmente personalizável, inteligente e pessoal

O Watson Assistant é uma ferramenta de conversação para aplicativos e dispositivos. Mais avançado que um chatbot tradicional, o Assistant permite que empresas criem a própria assistente de voz, como a Alexa, mas com uso específico de atendimento ao cliente e intenso machine learning.

Enquanto isso, o Watson OpenScale permite gerenciar várias instâncias de inteligência artificial. Como plataforma aberta, o objetivo do serviço é dar ao cliente maior clareza do funcionamento de IAs, como justificar em tempo real as decisões tomadas. É uma serviço ideal no cenário atual em que 81% das empresas não entendem os dados da IA e como acessá-los, segundo relatório do MIT Sloan.

A IBM já anunciou novidades que chegarão ao Watson ainda esse ano, como o Knowledge Studio e Natural Language Understanding. O serviço de machine learning ganhará um novo acelarador, tornando o processamento até 10x mais rápido que soluções de concorrentes.

Um pacote de serviços em expansão contínua

IBM Watson Anywhere: use o supercomputador em qualquer serviço de nuvem
IBM tem adotado postura agressiva para negócios da nuvem, com novidades impactantes para o mercado

A IBM reúne seus serviços de gerenciamente de informações de nuvem no Cloud Private for Data. Ele tem a tarefa de unificar a coleta de dados, organização e análise. A plataforma oferece uma série de serviços, como os aqui já mencionados, em uma lista sempre crescente.

“O que torna o IBM Cloud Private for Data especialmente atraente é que ele nos permite desenvolver e implantar novos modelos rapidamente, trazendo as ferramentas para os dados, não o contrário”, diz o Abdulaziz Al Khalifa, CEO do Qata Development Bank.

IBM Watson Anywhere: use o supercomputador em qualquer serviço de nuvem
Data center da IBM

A ideia de tornar o Watson compatível com qualquer nuvem é condizente com a nova estratégia da IBM. A empresa tem investido menos em hardware e softwares clássicos, para focar em serviços inovadores para negócios. Visível na compra da Red Hat por US$ 34 bilhões.

Ao levar parte do ICP for Data para os serviços rivais, a IBM firma uma nova estratégia inovadora. É a conquista de clientes dentro da base das concorrentes.

Fonte: IBM News Room

Como a Amazon e a Microsoft devem reagir à entrada da IBM entre seus próprios provedores de nuvem? Comente abaixo!

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe uma resposta

Receba notícias por e-mail