Novo iMac Pro virá com processador ARM dedicado a comandos da Siri

Novo iMac Pro virá com processador ARM dedicado a comandos da Siri
A Apple decidiu que chegou a hora de embutir um coprocessador dedicado a comandos de voz da Siri em seu novo iMac Pro.

Como de praxe, a Apple está cozinhando um novo iMac Pro. Sendo a versão mais poderosa do seu all-in-one, o novo computador de mesa tem um processador Intel Xeon, uma placa de vídeo Radeon Vega de até 11 teraflops e tela 5K. Contudo, sua maior novidade provavelmente será um processador “extra” dedicado somente a ouvir os comandos da Siri.

Desvendando o software do iMac Pro

Guilherme Rambo, que é um desenvolvedor brasileiro de iOS, descobriu que no software que deve vir no iMac Pro há referências à Siri. Ou seja, a assistente de voz deve fazer parte do conjunto planejado para o novo computador, assim como a Cortana vem no Windows 10.

O especialista em engenharia reversa, Jonathan Levin, afirma que o novo iMac Pro virá com um processador A10 Fusion modificado. Ele ainda diz que o processador deve funcionar mesmo com o computador desligado. Este chip está presente nos iPhone 7 e 7 plus, originalmente.

Anteriormente, a empresa havia colocado outros processadores ARM em seus computadores de mesa. O T1, por exemplo, está presente no MacBook Pro e é responsável pelas partes sensíveis ao toque do dispositivo: Touch ID e Touch Bar.

Novo iMac Pro virá com processador ARM dedicado a comandos da Siri
MacBook Pro deste ano já traz o seu próprio processador ARM

Para os que curtem especificações mais precisas, o iMac Pro terá: processador Intel Xeon com 8, 10 ou até 18 núcleos; placa de vídeo Radeon Vega com versões de até 16GB de VRAM; e 128 de RAM ECC, que, estranhamente, não pode ser removida pelo usuário.

O novo iMac Pro será lançado em dezembro e custará a partir US$4999

Fontes: EngadgetTheNextWeb

Leia também

Fora da casinha? Veja quão caro é o iMac Pro comparado a um PC equivalente

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba Notícias por E-mail:

Share via