Conecte-se conosco

Geral

Internet ganha padrão mínimo de qualidade

Entram em vigor na última quinta-feira as novas regras de qualidade da banda larga fixa estabelecidas pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).

Entraram em vigor na última quinta-feira as novas regras de qualidade da banda larga fixa estabelecidas pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).

A velocidade instantânea da internet oferecida por prestadoras com mais de 50 mil acessos em serviço não poderá ser menor do que 20% da taxa máxima contratada pelo usuário, em 95% das medições realizadas.  Até então, as empresas não tinham nenhuma obrigação.

No primeiro ano, a velocidade instantânea – aferida em cada medição – é de 20% da contratada. Nos doze meses seguintes, será de 30% e, a partir de então, é de 40%, segundo regras estabelecidas pela Anatel em outubro do ano passado.

As que não cumprirem as metas de qualidade poderão ser punidas pela agência. A Anatel determinou ainda que as operadoras devem oferecer gratuitamente um software para que o próprio usuário faça a medição da velocidade.

Além disso, a agência criou um programa com voluntários para medir a qualidade da banda larga brasileira. Os primeiros a receber os equipamentos – batizados de whitebox – foram os voluntários do Rio de Janeiro, de São Paulo e de Minas Gerais, Estados com o maior número de inscritos no programa.

Com as medições, a Anatel diz que reunirá informações para a adoção de medidas que “permitam a progressiva melhoria do serviço”.

Do Metro SP | [email protected]

Continue lendo
Advertisement

notícias importantes sobre tecnologia publicadas pelo portal de internet do Grupo Bandeirantes.

Comentários

Mais de Geral

Dica

Advertisement


Mais Lidas

Advertisement

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

Recomendado para você



Subir