iPhone ganha novo recurso para detalhar a “saúde da bateria”

06 - iPhone ganha novo recurso para detalhar a "saúde da bateria"
Conheça o funcionamento do novo recurso do iPhone chamado "Saúde da Bateria", que fornece ao usuário uma forma de identificar o nível de desgaste da bateria do aparelho

Em dezembro do ano passado um usuário do fórum Reddit levantou uma questão que tomou a proporção que o tema deveria: o iPhone vai perdendo desempenho de acordo com a degradação da bateria. Segundo a experiência relatada por esse usuário seu iPhone 6S estava bem mais lento que o iPhone 6 Plus de sua irmã.

A solução aplicada, e que acabou resultando em uma conclusão sobre o ocorrido, foi trocar a bateria, que estava com um nível de desgaste de 20%. A pontuação no Geekbench, ferramenta de benchmark sintético, antes da troca era a seguinte: 1466 pontos em single core e 2512 pontos em multicore. Após a troca da bateria, esse foi o resultado: 2526 pontos em single core e 4456 em multi core.

Entenda a polêmica por trás dos iPhones que ficam lentos com o tempo

Esse caso abriu margem para uma série de questões levantadas nas redes sociais, como as famosas teorias da conspiração e obsolescia programada.

Tudo isso acabou vindo a tona devido a postura que é muito comum no mundo corporativo: explicações e transparência serão levadas em consideração quando alguém descobrir e o caso ganhar repercussão mundial.

Como manda o figurino, depois que o caso foi para a “boca do mundo”, a Apple se pronunciou. Em declaração ao Tech Crunch a gigante de Cupertino explicou que o desempenho do iPhone 6, 6s, SE, 7 e 7 Plus é reduzido ao decorrer do desgaste da bateria.

15205941820 57a196d7de b - iPhone ganha novo recurso para detalhar a "saúde da bateria"

Para evitar que o iPhone desligue inesperadamente, a solução aplicada é promover um balanceamento da performance, permitindo que o usuário consiga utilizar normalmente o aparelho. Com um desempenho menor? Sim. Mas não passando por essas situações extremas de desligamento inesperado.

A falta de transparência em deixar isso claro ao usuário, passando pra ele a decisão de comprar ou não o aparelho sabendo dessas condições é o que causou e continua causado revolta.

Novas medidas estão sendo adotadas para melhorar essa relação do usuário com seu aparelho.

Além de esclarecer diversos pontos em um artigo na sua página de suporte a Apple liberou para a segunda versão beta do iOS 11.3 o “Saúde da Bateria“, um painel em que o usuário fica por dentro do nível de integridade da bateria, além de mudanças internas do próprio iOS que atua continuamente gerenciando o nível de desempenho necessário para que desligamentos inesperados sejam evitados.

O ajuste varia de acordo como a bateria está tendo que lidar com os picos de alimentação requeridos

Afinal de contas, por que a bateria vai se degradando?

06 - iPhone ganha novo recurso para detalhar a "saúde da bateria"

As baterias de íon de lítio não passam por situações bizarras de tecnologias passadas, como as de níquel cádmio (NiCD) mais antigas, com o efeito memória, o famoso ‘vicio da bateria’. Era bem comum escutar coisas do tipo: “não tire o aparelho do carregador antes da carga estar completa, senão a bateria vai viciar”. Esse ‘vicio’ seria a memorização do último processo de carga realizado, criando uma barreira que não poderia ser ultrapassada.

Desse mal nos livramos, mas as baterias de íon de lítio têm suas desvantagens a médio e longo prazo. Uma delas é a quantidade máxima de ciclos de carga e descarga, que atualmente está entre cerca de 500 ciclos, e com a capacidade de reter até 80% da capacidade original.

Como a própria Apple explica, à medida que as baterias de íon de lítio se degradam, quimicamente falando, a sua capacidade de manter a carga é diminuída – é por esse motivo que o seu telefone tem cada vez mais uma relação de “afeto” com o carregador. Em relação a forma como a degradação impacta no desempenho, a Apple diz o seguinte:

iphone - iPhone ganha novo recurso para detalhar a "saúde da bateria"

“A capacidade da bateria de fornecer desempenho máximo instantâneo, ou “alimentação de pico”, pode diminuir. Para que o telefone funcione devidamente, os componentes eletrônicos devem ser capazes de obter alimentação da bateria instantaneamente. Um atributo que afeta esse fornecimento de alimentação instantânea é a impedância da bateria. Uma bateria com alta impedância pode não ser capaz de fornecer alimentação suficiente para o sistema que precisa dela. A impedância da bateria pode aumentar se a bateria tiver maior idade química. A impedância da bateria aumentará temporariamente em um estado de pouca carga e em um ambiente de temperatura fria.”

O desligamento inesperado do dispositivo pode ocorrer porque os componentes eletrônicos exigem uma voltagem mínima para o funcionamento adequado. Isso inclui o armazenamento interno do dispositivo, o circuito de alimentação e a própria bateria.

O sistema de gerenciamento de alimentação determina a capacidade da bateria para fornecer essa alimentação e, portanto, gerencia as cargas para manter o funcionamento. Quando o funcionamento não puder mais ser mantido com a capacidade total do sistema de gerenciamento de alimentação, o sistema realizará um desligamento para preservar esses componentes eletrônicos.

Saúde da bateria

saude - iPhone ganha novo recurso para detalhar a "saúde da bateria"

Com a segunda versão beta do iOS 11.3, a Apple traz a transparência que o usuário tanto necessita para manter o controle sobre o nível de desgaste da bateria do seu dispositivo. O índice parte de 100% e vai reduzindo de acordo com o tempo de uso do aparelho. O recurso será liberado para todos os usuários em breve.

O recurso de gerenciamento de desempenho, evitando reinícios inesperados, é ativado automaticamente após a primeira ocorrência de um desligamento nos aparelhos afetados: iPhones 6, 6 Plus, SE, 7 e 7 Plus.

À medida que a integridade da bateria diminuir, uma seção chamada Capacidade de Desempenho de Pico será incluída, com os seguintes lembretes.

saude da bateria - iPhone ganha novo recurso para detalhar a "saúde da bateria"

A bateria está fornecendo desempenho de pico normal no momento.

Tudo está funcionando corretamente.

Este iPhone foi desligado inesperadamente porque a bateria não foi capaz de fornecer o pico de energia necessário. O gerenciamento de desempenho foi aplicado para ajudar a impedir que isso aconteça novamente. Desativar…

Lembrete sobre a bateria não ter dado conta da alimentação correta dos componentes. Esse gerenciamento pode ser desligado, mas se o aparelho desligar de forma inesperada, será automaticamente reativado.

saudedabateria - iPhone ganha novo recurso para detalhar a "saúde da bateria"

Este iPhone não pôde determinar a saúde da bateria. Um Fornecedor de Serviços Autorizado Apple pode realizar a manutenção da bateria. Mais sobre opções de manutenção….

Instalação incorreta ou uma peça desconhecida da bateria pode resultar nessa mensagem.

Este iPhone foi desligado inesperadamente porque a bateria não foi capaz de fornecer o pico de energia necessário. Você desativou manualmente as proteções de gerenciamento de desempenho.

Em prol do desempenho, o usuário pode desativar o gerenciamento de desempenho de forma manual, porém isso pode resultar no reinicio inesperado do aparelho. Essa é a mensagem para esse caso. Seguindo o protocolo: o aparelho reiniciou inesperadamente, o gerenciamento de desempenho voltará a ser ativado.

A saúde da bateria está significativamente degradada. Um Fornecedor de Serviços Autorizado Apple pode substituir a bateria para restaurar o desempenho máximo e a capacidade. Mais sobre opções de manutenção.

Caso em que a melhor opção é a substituição por uma bateria nova.

iPhone 8, 8 Plus e X sem reinícios inesperados!

iphone - iPhone ganha novo recurso para detalhar a "saúde da bateria"

A Apple frisa que seus aparelhos mais recentes, iPhone 8, 8 Plus e X, são mais avançados em hardware e software, e permitem um sistema de gerenciamento mais avançado que ajuda o iOS a antecipar e trabalhar com maior precisão para evitar um desligamento inesperado.

A Apple está correndo para tentar limpar sua imagem nesse episódio, mas essa história está bem longe de chegar a uma conclusão. Além de enfrentar diversos processos, quatro membros do Senado nos EUA, incluindo o presidente Comitê de Energia e Comércio , pediram explicações diretas à Tim Cook, CEO da Apple, pela redução do desempenho nos aparelhos iPhone 6, 6 Plus, iPhone 7, 7 Plus e iPhone SE que possuem baterias antigas.

bteria - iPhone ganha novo recurso para detalhar a "saúde da bateria"

Embora o mercado esteja incessantemente procurando soluções para baterias ainda mais avançadas, como a Samsung que registrou no ano passado uma patente de uma bateria de íon de lítio que recebe grafeno, aumentando a vida útil em 45%, quando comparada com as soluções atuais, teremos que conviver ainda por um bom tempo com as íon de lítio convencionais.

A convivência com essa tecnologia tão importante depende diretamente de “mandar a real” ao usuário, deixar que ele decida se a consequência de tal recurso será ou não interessante para o seu modo de uso, e não deixa-lo a mercê do fator surpresa.

Qual a sua opinião sobre o assunto? Deixe abaixo nos comentários

Comentários do Facebook

Receba Notícias por E-mail:

Share via