Sucesso! Iphone XR foi o smartphone mais vendido no 2° trimestre nos EUA

Segundo pesquisa realizada, o iPhone XR se tornou novamente o smartphone mais vendido do trimestre, mostrando sucesso no país de origem

O iPhone XR foi o smartphone mais vendido nos Estados Unidos no segundo trimestre de 2019, segundo uma pesquisa realizada pela Kantar World Panel. Com outros dois celulares no topo das vendas, a Apple teve o iPhone XR com uma quota de mercado de 7,8% do total de vendas de smartphones no país.

Apesar do mercado estar muito acirrado, e tanto a Apple quanto a Samsung tenham tido uma baixa em suas vendas globais, o iPhone XR também lidera o ranking de vendas do Reino Unido, tornando-se um sucesso na Europa. Apesar da queda nas vendas, essas informações não significam, necessariamente, que a empresa esteja em baixa.

A Apple ainda possui alto público consumidor de smartphones no mundo, de acordo com o último trimestre, que foi de 19,7%. No entanto, a empresa não tem ido muito bem na China, pois está fazendo de tudo para não se envolver na guerra comercial que os Estados Unidos travou com o país. Porém, a Apple deve ficar atenta às atividades intensas que a Huawei tem feito no país, já que lá a empresa tem conseguido bons resultados.

iPhone XR é a aposta que deu certo

O iPhone XR é uma tentativa de trazer os recursos topo de linha para uma faixa de preço mais acessível
O iPhone XR é uma tentativa de trazer os recursos topo de linha para uma faixa de preço mais acessível

O iPhone XR surge como uma tentativa da Apple de trazer os recursos mais avançados dos iPhone X e iPhone XS para uma faixa de preço mais acessível aos consumidores. Com isso, ela atrai consumidores que estão dispostos adquirir o que a Apple tem de melhor por um preço mais acessível.

No Brasil, o iPhone XR pode ser encontrado por R$ 5199,00. Abaixo você pode conferir o nosso review sobre o smartphone.

Preocupações com o futuro

Na China a Apple tem perdido espaço para a Huawei
Na China a Apple tem perdido espaço para a Huawei

A pesquisa constatou que a participação dos dispositivos móveis que possuíam o iOS instalado nos cinco principais mercados europeus (EU5) caiu cerca de 0,8% comparado com os EUA, cuja queda beirou os 2,4%. Por outro lado, no que diz respeito ao sistema operacional Android, houve um aumento de 0,6% na Europa, acumulando 80,1% de todas as vendas de smartphones.

As primeiras indicações são de que a Samsung e a Xiaomi seriam as principais beneficiárias, com a Apple registrando um pequeno aumento nas vendas como resultado. Porém, ainda há uma incerteza que demonstra que existem sinais de que os proprietários da Huawei estão adiando a atualização do sistema, provavelmente esperando para saber sobre o futuro da empresa.

Também de acordo com a pesquisa, não só Apple e Samsung sofreram baixas comerciais. A Huawei passa por sérios problemas, comparando com o mesmo período do ano anterior. Em junho, as vendas da empresa despencaram, e a empresa tem apresentado desempenhos piores à medida que os meses passam.

Parte disso deve-se às sanções feitas pelos Estados Unidos com a empresa e sua guerra comercial com a China. Porém, a empresa ainda tem tido recepção positiva na China. Tanto a Huawei quanto sua subsidiária, a Honor, tiveram desempenho muito bom no país de origem, com uma participação de mercado de 46,1% das vendas no segundo trimestre, o que significa que quase metade dos novos smartphones adquiridos no país, são fabricados pela empresa.

Outro motivo de comemoração por parte da Huawei deve-se ao sucesso da linha P30 Series, que registrou 100 milhões de unidades vendidas em 90 dias, batendo o recorde da linha anterior, que alcançou o feito em 5 meses.

Fonte: Kantar World Panel.

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe uma resposta