Quanto tempo devo ficar em isolamento após o diagnóstico da COVID-19?

Quanto tempo é o isolamento da covid-19 após diagnóstico?
Médicos recomendam que o isolamento após diagnóstico da COVID-19 seja de 10 a 20 dias, dependendo da gravidade do caso, veja detalhes

Embora os jornais em geral mostrem mais notícias de quantas pessoas estão se infectando e quantas faleceram em virtude da pandemia, é estimado que mais de 10 milhões de pessoas já se recuperaram após infecções do novo coronavírus (SARS-CoV-2) , enquanto aguardamos a eficácia das vacinas. Todos que passam por esse processo ficam querendo retomar suas atividades normais, e a dúvida paira no ar: quanto tempo de isolamento deve ser feito após a infecção pelo COVID-19?

De acordo com as instruções dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) — agência de controle de saúde dos Estados Unidos — para os infectados com o novo coronavírus, o tempo mínimo de quarentena é de pelo menos 10 dias após o diagnóstico da COVID-19 positivo, em casos leves ou moderados. 

Casos leves, moderados e assintomáticos

Diagnóstico da covid-19
Teste rápido de COVID-19

O isolamento após o diagnóstico COVID-19 é diferente das medidas de distanciamento social que a maioria dos órgãos de saúde recomendam, onde com o uso de máscara as pessoas podem sair na rua e fazer compras e demais atividades que sejam necessárias, se mantendo higienizados. Durante o isolamento, o paciente infectado com a COVID-19 deve ficar sozinho e evitar ao máximo o contato com outras pessoas (com óbvia exceção de médicos e profissionais da saúde), usar banheiros separados e não compartilhar itens pessoais, como copos e talheres. 

Pacientes com casos leves e moderados do coronavírus devem permanecer por pelo menos 10 dias nessas instruções de isolamento após os primeiros sintomas da COVID-19 serem identificados. Depois desse período, é necessário observar a ausência de febre por pelo menos 24 horas para parar o isolamento, sem utilizar nenhuma medicação para redução do estado febril. Em casos que o resultado do exame da COVID-19 deu positivo mas o paciente se encontra assintomático, a CDC recomenda o mesmo período de 10 dias de isolamento após o resultado positivo.

As mudanças nos parâmetros da CDC mudam o quanto tempo de isolamento é necessário após o diagnóstico da COVID-19 nos casos leves e moderados apresentam novas diretrizes principalmente no tempo de isolamento do paciente. Nas informações anteriores, o tempo mínimo de isolamento era sete dias após o resultado, em vez dos 10 atuais para os casos mais leves e moderados da COVID-19. Porém, o período sem presença de febre — que era de 72 horas — agora é de apenas 24 horas sem o sintoma.

Já em casos mais graves ou onde o paciente se encontre em um dos grupos de risco da doença, é possível que ele possa transmitir a doença por mais de 10 dias. Nesses casos, a orientação do médico responsável é a que mais conta, já que o paciente muito provavelmente estará internado em um hospital e, em muitos casos, dependendo de oxigênio. A CDC comenta que o médico pode recomendar, nesses casos, o isolamento por até 20 dias ou enquanto o tratamento for necessário.

Ainda segundo a CDC, caso o teste esteja disponível em grandes quantidades, os médicos podem recomendar que você se submeta repetidamente aos testes da doença para ir checando se deve manter o isolamento ou não, a partir da informação de diagnóstico da COVID-19 positivo ou negativo. Segundo o órgão, depois de dois resultados negativos o isolamento pode ser parado, portanto que os testes tenham sido feitos em intervalos de 24 horas. 

Diretrizes do Ministério da Saúde e da OMS

Diagnóstico da covid-19 1
Coronavirus virus outbreak and coronaviruses influenza background as dangerous flu strain cases as a pandemic medical health risk concept with disease cells as a 3D render

As últimas diretrizes da OMS (Organização Mundial de Saúde) sobre a quantidade de tempo em que o paciente infectado pelo novo coronavírus deve ficar isolado são semelhantes ao da CDC, recomendando pelo menos 10 dias de isolamento total caso o exame dê positivo. Já no Brasil, segundo o Ministério da Saúde, o infectado deve se manter em isolamento e, caso o paciente não more sozinho, ele deve manter distância de pelo menos um metro dos demais moradores. Porém, o Ministério da Saúde não tem uma diretriz de quantos dias o infectado deve ficar isolado, dependendo do que o médico responsável recomendar.

O governo federal publicou uma portaria em junho com diretrizes para as atividade de empresas e de órgãos públicos, incluindo retomada de trabalhadores que receberam o diagnóstico da COVID-19. O paciente deve apresentar um atestado comprovando o diagnóstico e ser afastado do trabalho por 14 dias.

Fonte: CDC, Forbes, IG e Ministério da Saúde

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:
Tags

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário