Kim Dotcom quer dominar o Mundo criando uma nova internet, a MegaNet

Na última semana o excêntrico empresário, Kim Dotcom, voltou a receber atenção ao anunciar em sua conta no twitter que pretende criar uma nova internet, totalmente criptografada, a prova de espionagens e de hackers. Ele chamou o projeto de MegaNet.

kim dotcom mega

Kim Dotcom ficou famoso após ter seu site de downloads, o MegaUpload, tirado do ar pelo governo americano após um processo sobre direitos autorais movido pela indústria de mídia americana. Depois de conseguir retomar parte de seu patrimônio na Nova Zelândia, passou a investir em serviços que ajudem os usuários a se comunicarem sem que o governo os possa espionar ou interceptar.
O primeiro serviço que ele lançou foi o Mega, um sistema de armazenamento de arquivos na nuvem, totalmente criptografado, impedindo que a indústria tenha acesso aos arquivos. Neste serviço, ele não pode ser responsabilizado pelo que armazena uma vez que por tudo estar criptografado nem ele sabe qual o conteúdo dos arquivos. O serviço entrou no ar exatamente um ano após os servidores do MegaUpload serem desligados em definitivo.

mega-logo

Em janeiro de 2015 foi lançado o serviço de comunicação criptografado Mega Chat. Esta fermenta tem como pretensão ser uma alternativa ao FaceTime da Apple e ao Skype da Microsoft que, sabidamente, a NSA pode acessar a qualquer momento. A alternativa lançada por Dotcom é criptografada entre os participantes da conversa e ninguém mais consegue acessar o conteúdo do que está sendo falado.

Na última semana o excêntrico empresário voltou a receber atenção ao anunciar em sua conta no twitter que pretende criar uma nova internet, totalmente criptografada, a prova de espionagens e de hackers. Ele chamou o projeto de MegaNet.

Na sequência deixou claro que esta será uma rede não baseada em IP, o que por si só já é algo extremamente curioso. Além disso seria uma rede livre de hackers e DDOS (ataque utilizado por hackers para derrubar um site através de inúmeros acessos simultâneos).

Em outra mensagem deu a entender que esta será uma rede baseada em dispositivos móveis, utilizando capacidade ociosa dos dispositivos:

Dotcom não deu muito mais informações além de algumas mensagens no twitter. Nos resta acompanhar as novidades do nerd hacker por mais detalhes.

Comentários do Facebook