Leilão do 5g: claro e vivo assumem compromisso com mec e anatel

Leilão do 5G: Claro e Vivo assumem compromisso com MEC e ANATEL

Avatar of victor pacheco
Leilão do 5G será finalizado hoje, com empresas já realizando compra de primeiros lotes. Companhias que fizerem isso terão que desenvolver programa para levar internet para escolas públicas

No segundo e último dia do leilão do 5G, o último lote, referente à frequência de 26Hz, já começou a ser arrematado. Como empresas que mais estão realizando compras, a Claro e a Vivo já arremataram partes disso, com a finalização marcada para a tarde de hoje (04).

Todas as empresas que fizerem a compra dos lotes desta frequência terão que desenvolver um programa que leva internet básica para as escolas. A ANATEL ficará responsável por esta organização, juntamente com o Ministério da Educação (MEC) e Ministério das Comunicações. Veja os próximos passos do leilão do 5G.

Claro e Vivo começam arrematando primeiros lotes da frequência de 26Hz

As frequências que estão sendo leiloadas hoje podem ser definidas como “avenidas no ar” por onde o sinal 5G é transmitido. Como citamos ontem nos detalhes deste evento da Anatel, a frequência de 26Hz é mais voltada para usos em indústrias e agronegócios. Até o momento, duas empresas realizaram a compra dos primeiros lotes: Claro e Vivo. Espera-se que mais empresas façam a compra dos demais lotes na tarde desta sexta-feira.

Pessoa usando rede de frequência comprada no leilão do 5g
Primeiros lotes do leilão do 5G já foram arrematados. Tudo deve ser finalizado ainda hoje

Esta parte do leilão do 5G é focada apenas na internet de quinta geração, apesar de ter uma menor latência (tempo de resposta), a frequência de 26Hz é a com a maior capacidade de transmissão. Na prática, pode ser utilizada em fábricas, fazendas e demais setores que possuem um espaço controlado.

Inclusive, a compra é indicada para companhias que já atendem empresários e espaços específicos. A Internet das Coisas deve ser impulsionada por esta frequência. Falando sobre valores, a Claro arrematou dois lotes que possuem abrangência nacional por R$ R$ 52,825 milhões cada. A Vivo, fez a compra de três lotes, estes também sobre uso em todo o Brasil, com preço de R$ 52,824 milhões cada um.

Mais uma empresa que demonstrou interesse na compra da frequência de 26Hz no leilão do 5G foi a TIM, mas esta optou apenas pela compra de um lote na região Sul. O arremate foi feito por R$ 8 milhões, com um lance único. Se espera que todos os brasileiros tenham acesso à internet de quinta geração até 2029.

Empresas que fizerem compra de lotes terão que oferecer internet para escolas

Ao disponibilizar o uso das frequências de 26Hz para compra no leilão do 5G, o Governo Federal fez uma exigência para as empresas que comprarem os lotes. Será necessário que estas companhias desenvolvam um programa que leve internet para escolas públicas. Isso será feito em parceria com o MEC, onde 15 dias após o resultado do leilão ser homologado, o Grupo de Acompanhamento de Custeio a Projetos de Conectividade de Escolas (GAPE) será criado.

Dentro disso, além de um representante do Ministério da Educação e ANATEL, um representante de cada empresa que fez a compra dos lotes estará participando. O mesmo valendo para uma pessoa que trabalha no Ministério das Comunicações.

Menina de máscara utilizando um computador em uma escola
Empresas que fizerem compra de lotes de frequência de 26Hz precisarão desenvolver programa de internet para escolas de todo o Brasil

As empresas que assumiram o compromisso ao fazer a compra dos lotes no leilão do 5G precisarão desenvolver um projeto que leve internet para estudantes de toda a rede pública, citando no projeto: características, critérios técnicos, cronograma de metas e estudos de precificação.

Além disso, também será necessário apontar qual o tipo de conexão estará disponível em cada região. Isso deve ajudar o ensino à distância e claro, permitir um maior acesso às informações que estão na internet. A prioridade também será definida neste grupo de acompanhamento criado pela ANATEL em parceria com o Ministério da Educação e Ministério das Comunicações.

Leilão do 5G será finalizado hoje: quais os próximos passos?

Com pelo menos uma empresa realizando a compra de lotes de cada frequência do leilão do 5G, agora é hora de todos trabalharem para que os brasileiros tenham acesso à internet de quinta geração. Um ponto importante é que além de entregarem uma melhor internet para todos, as empresas também precisarão agir para oferecer uma vida mais conectada por meio de obrigações que foram feitas pelo Governo Federal para que a autorização fosse cedida.

O 5G deve mudar nossa realidade de forma importante, uma vez que vai permitir não apenas que tenhamos acesso a uma internet mais rápida, mas também que cada vez mais produtos estejam conectados. Citando apenas um exemplo, será possível conectar carros e semáforos para que os mesmos “conversem” e troquem informações entre si. Sem a necessidade da interferência humana.

Leilão do 5g
Brasil é o primeiro país da América Latina a começar a implantar 5G

Além disso, o setor empresarial também deve ganhar com isso, onde a produção de diversos produtos deve ser impulsionada pelo uso do 5G. O Showmetech já desenvolveu uma matéria especial citando todos os benefícios da internet de quinta geração, não deixe de conferir. Se espera que todas as capitais brasileiras tenham acesso ao 5G em julho de 2022.

Como você acha que o 5G vai mudar seu dia a dia? Comente abaixo!

Veja também

Confira todos os detalhes sobre o primeiro dia do leilão do 5G agora mesmo:

Fontes: G1 e Anatel

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
22
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados