Lentes de contato da apple chegam com realidade aumentada em 2030

Lentes de contato da Apple devem chegar até 2030

Avatar of bruno martinez
Analistas afirmam que a empresa está desenvolvendo a lentes de contato especiais, unindo sensores corporais e realidade aumentada

Segundo o analista Ming-Chi Kuo, o mercado de realidade aumentada deve mudar consideravelmente no futuro, já que lentes de contato da Apple e outros produtos chegarão para o público nos próximos anos com o intuito de fortalecer o que ele intitula como“Era da computação invisível“, em que os dispositivos inteligentes deixam de ter o formato de acessórios e passam a integrar o corpo humano.

As lentes de contato da Apple

Diferentemente da realidade virtual, a realidade aumentada tem o intuito de fornecer informações e dados concisos ao usuários, mas de uma maneira que ele ainda continue atento no mundo real. Dessa forma chegamos ao termo final, o de aumentar a realidade de quem usa.

As lentes de contato da Apple serão a atração principal deste conceito, mas só devem ser lançadas entre 2030 e 2040. A proposta é criar um produto focado em realidade aumentada simples, sem a utilização adicional de óculos ou fones. Ming-Chi Kuo ainda explica que as lentes de contato da Apple não devem ter capacidade de computação e armazenamento independentes, necessitando de uma possível conexão com outro aparelho, como um iPhone.

Lentes de contato inteligentes do google
As lentes de contato apresentadas em 2014 pelo Google monitoravam o nível de glicose dos usuários

As lentes de contato inteligente já vêm sendo estudadas há alguns anos. Em 2014 o Google havia anunciado seu primeiro protótipo, e tinha como objetivo ajudar pessoas com diabetes a controlar o nível de glicose. O projeto foi engavetado em 2018. Samsung e Sony haviam registrado patentes no passado, e o principal intuito era de tirar fotos o piscar dos olhos, mas as lentes nunca foram reveladas oficialmente. Além disso, a Universidade de San Diego estava estudando lentes de contato que seriam capazes de dar zoom quando o usuário piscasse duas vezes seguidas.

A demora no lançamento enfatiza as complicações e dificuldades que implicam no desenvolvimento de gadgets de realidade aumentada e virtual como esses. As lentes de contato da Apple, o headset e o óculos devem ser os próximos passos para a consolidação da era de computação invisível, onde podemos entender que a presença da tecnologia será tão constante na vida humana que essa relação não seria apenas pontual, mas sim totalmente orgânica.

No entanto, é importante salientar que as informações devem ser levadas apenas como rumores, uma vez que a Apple ainda não se pronunciou oficialmente sobre as declarações de Kuo.

Óculos de realidade aumentada/mista

Kuo já é conhecido por suas informações e credibilidade, sendo responsável por indicar o anúncio dos processadores ARM em computadores como MacBook Air e Pro. Agora, o analista diz que o lançamento mais próximo se trata de um óculos de realidade mista, que deverá ser vendido por cerca de US$ 1 mil (R$ 5.730 em conversão direta, sem impostos), com data marcada para 2022.

Além disso, o headset deve conter uma tela micro OLED da Sony, e seu protótipo pesa cerca de 300 gramas, mas Kuo enfatiza que o aparelho pesará um terço dessa medida quando for lançado. Outra novidade chegaria apenas em 2025, um óculos de realidade aumentada, que já passou por testes mais avançados e teve algumas unidades fabricadas na China, na Foxxconn de Chengdu. Em comparação, a Microsoft continua apostando no HoloLens 2, um misto de headset com óculos, assim como o Google faz com o Google Glass 2, ambos especialmente indicados para o mercado corporativo.

Lentes de contato da apple devem chegar até 2030
Render conceitual do óculos de realidade aumentada da Apple

Kuo ainda responde que o dispositivo de realidade mista deve se destacar dos demais modelos do mercado devido as suas especificações de hardware, gerando uma experiência imersiva significantemente superior aos da concorrência.

Recentemente o analista já havia dado indícios de aparelhos como esses chegando ao mercado no futuro, informação que corrobora com alguns vazamentos internos de uma fábrica da Foxxcon em meados de 2020, além da criação de alguns modelos conceituais dos óculos. É provável que a pandemia da COVID-19 tenha atrasado o desenvolvimento de alguma forma.

Fontes: TechRadar, 9to5Mac, MacRumors

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Brown eyes blue olhos azuis castanhos cirurgia

Laser pode transformar olhos castanhos em azuis

Gregg Homer, da empresa Stroma Medical, afirma ter desenvolvido uma técnica cirúrgica que remove a cor castanha dos olhos, tornando-os azuis. Este advogado (isso mesmo, ele não é um médico) criou um procedimento a laser, batizado como Tecnologia Lumineyes, que remove a camada de melanina que dá a cor castanha aos olhos, revelando o azul que se encontra logo abaixo. O procedimento leva em torno de 20 minutos, com os resultados se tornando aparentes em duas ou três semanas...
Avatar of bruno martinez
Leia Mais