LightSail 2: vela solar é aberta com sucesso no espaço

Depois de ser adiada em duas semanas, abertura da vela solar LightSail 2 foi realizada com êxito; é a primeira espaçonave movida a luz do sol

No dia 25 de junho, a Sociedade Planetária lançou rumo ao espaço o satélite LightSail 2. Ela foi desenvolvida para ser a primeira espaçonave movida pela luz solar, eliminando o uso de combustível, que hoje é uma das maiores dificuldades para explorar o espaço. Afinal, uma hora ele acaba.

A boa notícia é que a LightSail 2 já está no espaço desde junho. Ela subiu a bordo do foguete Falcon Heavy, da SpaceX. Com a chegada, o desafio dos cientistas era abrir as velas para ela começar a se mover pelo espaço apenas com a luz do sol.

LightSail 2 com a vela solar aberta
LightSail 2 com a vela solar aberta

As primeiras verificações foram definidas como bem-sucedidas, com a ativação das câmeras e a implantação os painéis solares. No entanto, os responsáveis pela missão notaram algumas falhas: as leituras divergentes dos magnetômetros e o desempenho lerdo das hastes de torque eletromagnético. Por isso, a implantação da vela foi adiada em duas semanas.

A abertura ficou programada para ocorrer ontem (23) e, para alegria de todos, ela foi concluída com sucesso. Toda a ativação levou cerca de três minutos, segundo o portal Scientific American. Tudo foi transmitido ao vivo no site da Sociedade Planetária.

Antes mesmo da abertura da vela solar, a LightSail 2 já estava enviando imagens fantásticas da Terra. O primeiro registro foi feito em dia 7 de julho, depois 12/07 e 18/07. Apesar dos “erros de enquadramento”, os registros são encantadores:

Primeira foto da Terra que a LightSail 2 registrou em 07 de julho de 2019
Primeira foto da Terra que a LightSail 2 registrou em 07 de julho de 2019
Segunda foto da Terra que a LightSail 2 registrou em 12 de julho de 2019
Segunda foto da Terra que a LightSail 2 registrou em 12 de julho de 2019
Terceiro registro impressionante que a LightSail 2 fez da Terra no dia 18 de julho de 2019
Terceiro registro impressionante que a LightSail 2 fez da Terra no dia 18 de julho de 2019

Detalhes da LightSail 2

A LightSail 2 foi criada a partir de um conceito de 1970 do cientista americano Carl Sagan. Ela foi para o espaço em um CubeSat medindo apenas 30 centímetros. Uma vez totalmente desdobrada, a vela solar tem o tamanho de um ringue de boxe.

Com o sucesso da primeira missão, o objetivo da Sociedade Planetária é testar e viabilizar que satélites e naves pequenas possam se mover no espaço através da luz solar, eliminando de vez o uso de combustível. O primeiro passo já foi dado e, caso a LightSail 2 apresente resultados satisfatórios, consequentemente, haverá mais economia para futuros lançamentos e mais espaço disponível para enviar outros equipamentos.

A LightSail 2, quando aberta, tem o tamanho de um ringue de boxe
A LightSail 2, quando aberta, tem o tamanho de um ringue de boxe

A NASA também tem planos de instalar uma vela solar no espaço. A agência espacial americana deve fazer o envio em 2020 com o primeiro foguete do Sistema de Lançamento Espacial (SLS – Space Launch System).

A Sociedade Planetária deve receber nos próximos dias as imagens oficiais com a vela solar aberta. Agora é aguardar para admirar ainda mais.

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe um comentário: