Mariana Ferrão lança canal sobre bem-estar no YouTube após saída da Globo

Mariana Ferrão inicia projeto no YouTube
A jornalista Mariana Ferrão está com o novo projeto no YouTube chamado Soul.me, cuja proposta principal é cuidar da saúde física e mental das pessoas

O Showmetech teve o prazer de participar da coletiva de imprensa no prédio do Google, em São Paulo, nesta terça-feira (16), para o lançamento do novo canal no YouTube da jornalista Mariana Ferrão: Soul.me. Mais conhecida por ter apresentado o programa Bem-Estar, da Rede Globo, a jornalista quer levar conteúdos relacionados a saúde física e mental ao público de modo simples e direto.

Na palestra, que durou cerca de quarenta minutos, Ferrão comenta que as histórias individuais serão o grande fundamento do projeto, e que a importância de ter um propósito é essencial para ter qualidade de vida. Ela cita um estudo que diz que há um número muito grande de pessoas que estão encerrando seus casamentos após os oitenta anos e ela questiona a plateia se as pessoas estão demorando muito para fazerem aquilo que realmente querem.

“Eu gosto de tocar corações. Se eu tocar apenas um coração, estou feliz”.

diz Mariana Ferrão sobre o seu propósito de vida, apresentando no projetor diversas imagens dela com palestras.
Sondada por diversos canais de TV, Mariana Ferrão escolhe YouTube para novo projeto chamado Soul.me
Sondada por diversos canais de TV, Mariana Ferrão escolhe YouTube para novo projeto

Mariana Ferrão apresenta todos os pontos que são importantes para o fundamento do Soul.Me. Fato interessante: em dado momento, ela pede para que todos coloquem sua música favorita no celular no volume máximo para todos escutarem e, no meio do barulho, ela questiona se alguém entendeu alguma coisa. Logo após, ela pede para apenas um homem ir lá na frente apresentar a música que, para ele, era a mais importante.

“Perceba que quando todos colocam músicas que são mais importantes ao mesmo tempo, ninguém entende nada. Mas se pararmos para ouvir uma pessoa só, nós a entendemos e conseguimos gerar conexão. É assim também com o diálogo entre as pessoas. Precisamos parar e simplesmente escutar (…) [No Soul.Me] a porta não está aberta para o diálogo, mas sim, escancarada”.

Um dos quadros de seu canal se chama Unboxing.Me, inspirado no seu filho que adorava ver unboxing de brinquedos. No caso, o “Me” (Eu) vem para representar o autoconhecimento e a ideia é que as pessoas consigam, através dos vídeos, se conectarem com a essência delas.

Em dado momento, ela diz que a inspiração para este quadro veio também de uma palestra anterior que explorava a importância de ser você mesmo. Ao abrir para perguntas, uma pessoa fez um questionamento bem simplório e, ao mesmo tempo, “genial”, nas palavras de Ferrão: “como faço para ser eu mesmo?” .

Ferrão comenta que é muito difícil se conectar com a própria essência, saber exatamente o que quer e que o autoconhecimento é uma estratégia diária. O Soul.Me também apresentará o quadro: “Por que você faz o que você faz“, inspirado em uma história que um amigo dela contou sobre uma mulher argentina que fez esse questionamento.

História pessoal se transformou em meta de vida

A jornalista comenta também que aos 17 anos ela sofreu de depressão profunda e síndrome do pânico, necessitando de auxílio de um psiquiatra e um psicoterapeuta para superar a crise. Este último recomendou que ela cuidasse de três “pilares” para vencer este problema: alimentação saudável, prática de atividade físicas e a qualidade do sono.

Desde este episódio, Ferrão passou a ficar “obcecada” pelo tema de saúde, já que os sentimentos também possuem um forte viés biológico e ela não quer ter de novo a mesma experiência. Desde então, ela passa também a ensinar as pessoas a cuidarem de si.

Outra história compartilhada foi de que ela, durante anos, negligenciava a mudança que ela poderia causar nas pessoas por acreditar que o que fazia sentido para ela era algo muito particular. Isso mudou após a maternidade.

“Antes de ser mãe, eu achava que as coisas que acreditava faziam sentido apenas para mim. Após a maternidade, percebi que muita gente pode se identificar com as coisas que eu acredito e, portanto, posso transformar a vida delas assim como transformei a minha”

Ela também aproveitou o momento para dizer que, por mais que ela gostasse de seu trabalho na televisão, ela sentia que não havia diálogo, sendo uma comunicação unilateral. Por isso, migrar para o YouTube, onde há essa interatividade, também é algo importante para uma das missões do Soul.Me: gerar pertencimento. Segundo ela, pertencer a algo é muito importante.

As missões de Mariana Ferrão com o Soul.Me

Entre outras coisas, Mariana Ferrão diz que o Soul.Me tem como objetivo fazer com que as pessoas parem um pouco para cuidar delas mesmas, e também procurar um novo jeito de se comunicar na plataforma. A ideia é fazer algo diferente, único e que ajude de modo bastante direto as pessoas.

Gostou dessa nova iniciativa da Mariana Ferrão? Deixe nos comentários se você se interessou em acompanhar o projeto da jornalista.

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe um comentário: