MediaTek demonstra todo potencial do processador Helio P90 em IA

Imagem destacada do Helio P90
Evento MediaTek Talks demonstra o poderio do Helio P90 em inteligência artificial e dá mais detalhes sobre o trabalho da empresa com as redes 5G

A MediaTek realizou, nesta terça-feira (13), a terceira edição do evento MediaTek Talks, onde apresentou a evolução da inteligência artificial em suas soluções e no recente Helio P90. O evento contou com a participação de Samir Vani, country manager da MediaTek no Brasil, que deu mais detalhes do trabalho da empresa para tornar a tecnologia de ponta mais acessível para todas as pessoas.

“A inteligência artificial tem se disseminado rapidamente no nosso dia-a-dia, principalmente nos smartphones. Atualmente, você consegue encontrar a tecnologia em aparelhos custando menos de R$ 1.000.”

Samir Vani, country manager da MediaTek no Brasil.

O mercado da inteligência artificial

De acordo com Vani, estima-se que o mercado da inteligência artificial movimentou US$ 1,2 trilhão só em 2018 – um aumento de aproximadamente 70% em relação ao ano anterior. Toda essa movimentação muda a forma como nos relacionamos com o mundo, já que as cidades, nossos trabalhos, e até mesmo nossas casas, estão mudando radicalmente e adotando a inteligência artificial como uma tecnologia imprescindível para o nosso dia-a-dia.

Samir Vani, country manager da MediaTek
Samir Vani explica um pouco mais sobre o funcionamento da inteligência artificial nos componentes da MediaTek

A inteligência artificial surgiu nos anos 50 e toda essa trajetória de estudos e descobertas permite, por exemplo, que ela dê respostas rápidas e precisas para comandos de voz e melhore a qualidade da foto capturada mediante reconhecimento de objetos, aplicando controles de saturação, brilho e nitidez de forma automática, sem precisar da intervenção do usuário.

O foco da MediaTek para esse segmento é aumentar ainda mais a velocidade de processamento de IA para que a resposta seja quase instantânea. Portanto, a empresa foca em estudar métodos de processamento que aumentem a eficiência, mantendo o processador com baixas temperaturas e ocupando pouco espaço. Vani afirma que esse é um dos maiores desafios da empresa atualmente e que a projeção é que isso seja uma realidade muito em breve.

Inteligência artificial no MediaTek Helio P90

O principal produto da MediaTek, o processador Helio P90, conta com uma terceira central de processamento chamada de APU. Essa central realiza uma quantização – nome dado ao processo de facilitar o processo de cálculo da rede neural -, buscando a redução de instâncias intermediárias para facilitar todo o processo de inteligência artificial. Resumindo, ela faz a rede neural ser mais eficiente e obter mais eficiência energética, já que o componente é voltado para processamento de IA, desafogando a CPU e a GPU.

Protótipo de smartphone contendo o Hélio P90
Protótipo de smartphone equipado com o Hélio P90 utilizado para as demonstrações de IA no evento

A APU é de suma importância para democratizar a tecnologia de IA para smartphones intermediários, pois ao possuir uma menor quantidade de bateria, o chipset deve ser mais econômico nestes processamentos de IA para trazer tecnologias de smartphones mais caros para esse tipo de categoria.

Robô utilizado para testes de IA do Helio P90
Robô da MediaTek imitava os movimentos do usuário mediante ao mapeamento realizado pelo Hélio P90

O engenheiro fabricante da MediaTek, Chewen Wu, viajou ao Brasil e veio exclusivamente ao evento para realizar demonstrações com a inteligência artificial para o controle de robôs e a captura de movimentos em tempo real. O Helio P90 consegue mapear as ações do corpo humano e mapeá-las para a execução desse mesmo movimento em um robô e em avatares de realidade aumentada, por exemplo. Confira no vídeo abaixo:

Por conta desse mapeamento, o chipset também permite a execução do efeito bokeh (efeito desfocado das câmeras de smartphone) em tempo real para gravações de vídeo com seus mais diversos efeitos, como o fundo em preto e branco, fundo desfocado, fundo com efeito glitch e muitos outros.

Redes 5G e futuro do Helio P90 no Brasil

A MediaTek está desenvolvendo soluções para o mercado de conexão 5G e espera lançá-los já em 2020. Assim como a inteligência artificial, ela deseja democratizar essa tecnologia e disponibilizar para usuários de smartphones mais baratos. Com esse foco em mente, eles estão estudando para desenvolver componentes à um custo mais baixo.

Samir Vani afirma que os chipsets 5G já estão prontos e que utilizaram de todos os esforços para baratear a tecnologia. Apesar de ser um recurso caro, ele acredita que esses esforços iniciais farão a tecnologia gerar escala e naturalmente ela baixará seu preço.

Tecnologia 5G da MediaTek
MediaTek está disposta a democratizar a tecnologia 5G para seus usuários

Sobre a disponibilidade do Helio P90 no Brasil, não foram dados muitos detalhes, mas Vani espera que o chipset da MediaTek esteja presente em outros smartphones muito em breve, inclusive em aparelhos no Brasil. Atualmente, o P90 está presente somente no Oppo Reno Z, aparelho disponível somente o mercado internacional.

O que achou da eficiência da inteligência artificial no Helio P90 e o futuro dessa tecnologia? Compartilhe conosco nos comentários. 

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe uma resposta