Os melhores jogos de 2021 até o momento

Nintendo switch em fundo vermelho; xbox series x em fundo verde; playstation 5 em fundo azul.
O mês de junho já chegou, e com ele vem a expectativa para a E3; enquanto aguardamos o evento, que tal recapitular os melhores jogos de 2021 até o momento?

O ano já está chegando à metade, e conforme o primeiro semestre chega ao fim, já podemos elaborar uma ótima compilação com os melhores jogos de 2021 até o momento. Graças ao somatório de fatores como a continuidade da pandemia de COVID-19 e a troca de geração de videogames, alguns dos melhores jogos que recebemos neste ano foram remasterizações de obras passadas. Como era de se esperar, versões melhoradas de grandes títulos ainda mantêm o primor das versões originais, com bem-vindas atualizações. Vamos à lista!

Hitman 3

O agente 47 desce degraus; no ambiente, várias pessoas em uma festa.
Cada pessoa é uma possível maneira de se chegar ao objetivo.

O excelente Hitman 3 é a conclusão de uma recente trilogia que revolucionou a série (que já conta com oito lançamentos no total). Este último título expande todas as ideias presentes nos dois jogos anteriores, de forma a dar ao jogador o poder de liberdade de concluir os desafios propostos como bem entender.

Na pele de um assassino, cabe ao jogador escolher como se infiltrar nos locais designados e como executar as missões dadas. O que impressiona em Hitman 3 é que praticamente tudo que está no cenário, de objetos a personagens, podem ser utilizados para a execução da tarefa. É possível se esconder para esperar o alvo, vestir uniformes para garantir passe livre a certos ambientes ou atirar objetos diretamente no alvo ou para distraí-lo. Ao jogador cabe a escolha da melhor abordagem.

Tecnicamente, Hitman 3 está bastante refinado, com visuais impressionantes e desempenho satisfatório mesmo nas plataformas mais antigas. Hitman 3 (confira nossa análise) foi lançado para os consoles da nova e da geração anterior, e vale dizer que a versão para Nintendo Switch está disponível através de streaming.

Plataformas: Xbox One, PlayStation 4, PlayStation 5, Nintendo Switch, Xbox Series X|S e PC.

Data de lançamento: 20 de janeiro de 2021.

Little Nightmares II

Os dois personagens do jogo iluminados por uma fraca luz.
Atmosfera de um filme de terror.

O primeiro Little Nightmares foi um sucesso de crítica e público quando foi lançado em 2017, ainda mais por se tratar de um jogo independente. Com uma atmosfera de terror — e eventuais sustos —, Little Nightmares II é uma baita experiência cinematográfica, que envolve o jogador do início ao fim para descobrir os mistérios da aventura.

Mesmo sendo sequência de um jogo de sucesso, tudo o que o jogador precisa para se imergir na Torre de Sinais (local do jogo) está contido nesse segundo pacote, sem que seja necessário jogar o primeiro (apesar de isso ser recomendável). Os visuais e os sons de Little Nightmares II (confira nossa análise) dão o tom certo para o desenvolvimento da aventura, e a jornada é tão gratificante quanto seu fim. O jogo foi lançado para todas as plataformas disponíveis atualmente e é um dos melhores jogos de 2021 até o momento.

Plataformas: Xbox One, PlayStation 4, PlayStation 5, Nintendo Switch, Xbox Series X|S e PC.

Data de lançamento: 10 de fevereito de 2021.

Super Mario 3D World + Bowser’s Fury

Bowser, ao fundo, ataca mario com plataformas pontiagudas.
Bowser está pistolado em Bower’s Fury.

Jogos de Super Mario são sempre inovadores, geniais e, claro, divertidos. Super Mario 3D World + Bowser’s Fury não é diferente. Uma vez que o Wii U não foi uma plataforma que atingiu grandes números de vendas, o jogo do encanador mais famoso dos games ficou restrito a um pequeno público. Felizmente, a Nintendo lançou uma versão melhorada para seu console atual, o Nintendo Switch — assim como ela fez com vários outros títulos da plataforma anterior.

Super Mario 3D World + Bowser’s Fury (confira nossa análise) não é apenas um port deste jogo de level design magnífico, uma vez que o aumento de resolução (de 720p para 1080p) e a vivacidade das cores no Switch deixam tudo mais imponente. Mas para além da aventura de 2013, o jogo foi lançado para o Switch com um conteúdo completamente novo, chamado Bowser’s Fury. Como o nome já diz, Bowser está bastante nervoso e pronto para atacar Mario a qualquer momento em um mapa de mundo aberto, com exploração à la Super Mario Odyssey, e que garante algumas horas de diversão.

Plataformas: Nintendo Switch.

Data de lançamento: 12 de fevereiro de 2021.

Bravely Default II

Personagens andam sobre galho de enorme árvore; castelo ao fundo.
A arte de Bravely Default II é belíssima.

Depois de dois títulos lançados para o 3DS, a série marca presença no Nintendo Switch. Este pode não ser um jogo para todos os públicos, mas fãs de RPG japoneses (gênero também chamado de JRPG) têm um prato cheio com Bravely Default II, onde tudo que faz é com esmero e excelência.

São facilmente algumas dezenas (ou centenas, a depender do jogador) de horas de jogo em um game que, mesmo na plataforma com menor poder de processamento disponível atualmente, consegue impressionar por seus visuais. O sistema de combate também está refinado — e inovador —, e a trilha sonora é boa de ouvir até mesmo fora do jogo. Bravely Default II (confira nossa análise) é mais um jogo da Square Enix na nossa lista dos melhores jogos de 2021 até o momento, e foi lançado exclusivamente para Nintendo Switch.

Plataformas: Nintendo Switch.

Data de lançamento: 26 de fevereiro de 2021.

Monster Hunter Rise

Cena da natureza de monster hunter rise, um dos melhores jogos de 2021 até o momento.
Monster Hunter Rise faz os melhores gráficos do Nintendo Switch.

Claro que o impressionante Monster Hunter Rise teria lugar reservado na nossa lista. Assim como o próximo jogo da Capcom que falaremos por aqui, esta nova interação dos caçadores de monstros já é um dos fortes candidatos a disputar o prêmio de jogo do ano em dezembro.

Tudo que é característico na série está presente em Monster Hunter Rise, que conta com um grande mapa aberto e que pode ser explorado sem telas de carregamento. A complexidade das batalhas, a jogabilidade que recompensa o jogador pelos muitos minutos gastos para derrotar uma criatura e uma quantidade enorme de conteúdo fazem de Rise um jogo que não deixa nada a dever para o adorado Monster Hunter World, de PS4.

O jogo conta ainda com novos elementos de exploração, que possibilitam a verticalização dos cenários e, portanto, diferentes tipos de abordagens nas caçadas. Os visuais são incríveis, talvez os melhores do Switch, e o multiplayer online é incrivelmente fluido. A Capcom não estava de brincadeira ao desenvolver este jogo! Monster Hunter Rise (confira nossa análise) foi lançado apenas para Nintendo Switch, mas há uma versão para Windows planejada para algum momento de 2022.

Plataformas: Nintendo Switch e versão para PC planejada para 2022.

Data de lançamento: 26 de março de 2021.

It Takes Two

Em tela dividida, cada personagem assume uma posição para pôr um carro em movimento.
Cooperação é essencial em It Takes Two.

Uma criança vê o casamento de seus pais ruir, e suas lágrimas fazem os genitores assumirem os corpos de bonecos feitos à mão. Neste contexto, os desafios precisam ser superados na esperança de reunir o casal. A bela história de It Takes Two é contada com bom humor e como um conto de fadas. Além disso, a jogabilidade do jogo é refinada e empolgante do início ao fim. Como um jogo obrigatoriamente multiplayer para dois jogadores, é fundamental que estes se entendam e trabalhem em sincronia para superar os diversos desafios do game.

It Takes Two se destaca não só por despertar emoções por sua história, mas também consegue manter o jogador vidrado em cada uma de suas fases, que não são repetitivas e divertem do começo ao fim. Os visuais também são impressionantes, principalmente nos consoles da nova geração. Uma obra de arte em forma de jogo! It Takes Two (confira nossa análise) foi lançado para os consoles da Sony e Microsoft da já velha e da nova geração, além do PC. Ainda que seja um jogo exclusivamente multiplayer, basta uma cópia do jogo para que duas pessoas possam jogá-lo, ainda que em aparelhos diferentes.

Plataformas: Xbox One, PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox Series X|S e PC.

Data de lançamento: 26 de março de 2021.

Disco Elysium — The Final Cut

O detetive analisa um ambiente.
Bela direção artística e foco na história são os destaques de Disco Elysium — The Final Cut.

Disco Elysium — The Final Cut é mais uma remasterização que aparece em nossa lista. Sua presença é garantida porque, além de se tratar de um ótimo trabalho de melhorias de uma obra tecnicamente datada, é um RPG que tem uma história — e narrativa — excepcional. Como um bom RPG, Disco Elysium — The Final Cut foca na parte de interpretação de um papel. Destacam-se as interações que o jogador pode ter com os cenários do jogo, que são diretamente influenciadas pelos atributos desenvolvidos pelo personagem. Tais atributos influenciam a forma com que o personagem interage e pena o mundo ao seu redor, e isso impressiona.

Disco Elysium — The Final Cut (confira nossa análise) até o momento está disponível nas plataformas da Sony e para PC, mas as demais (Xbox e Switch) receberão versões em data futura.

Plataformas: PlayStation 4, PlayStation 5 e PC. Versões confirmadas para Xbox One, Xbox Series X|S e Nintendo Switch.

Data de lançamento: 30 de março de 2021.

Returnal

Print da tela de returnal.
Os melhores jogos de 2021 até o momento

Returnal é um jogo exclusivo de PlayStation 5 que já deixa claro que o poder de processamento do novo console da Sony é realmente impressionante. Neste game, o jogador tem um novo mundo a explorar, com novos inimigos, a cada vez que a personagem principal é derrotada. O gênero, chamado roguelike, é mais direcionado à dominação do personagem do que o ambiente que o cerca, já que este é gerado aleatoriamente a cada nova tentativa.

Returnal (confira nossa análise) é um jogo com uma dificuldade consideravelmente elevada, com muita coisa acontecendo na tela ao mesmo tempo, como monstros, tiros e uma movimentação rápida da personagem principal. O game também faz bonito com o hardware do único console para o qual foi lançado, o PlayStation 5, que aguenta tantas partículas simultâneas sem quedas na taxa de quadros, que fica travada em 60. Mesmo com sua ambientação sombria, é um deleite visual.

Plataformas: PS5.

Data de lançamento: 30 de abril de 2021

Resident Evil Village

O protagonista empunha uma arma em frente à lady dimitrescu, que posa ameaçadoramente.
A vilã Lady Dimitrescu tomou conta da internet quando Resident Evil Village foi lançado.

Resident Evil Village tem menos de um mês desde seu lançamento, mas já foi o suficiente para garanti-lo nas premiações de melhores jogos do ano de 2021. Além de continuar a reinventar a franquia, tal qual fez em Resident Evil VII, a Capcom fez um jogo de horror de sobrevivência primoroso com Village.

O game tem tudo que um Resident Evil deve conter: desde ação, à muita agonia fugindo de criaturas aterrorizantes que perseguem o jogador o tempo inteiro. Quebra-cabeças e uma história envolvente também fazem parte do pacote. O atual motor gráfico da Capcom, chamado de RE Engine, dá um banho de qualidade técnica, com visuais impressionantes e alto desempenho mesmo nas plataformas mais antigas. Se houver alguma lista de melhores jogos de 2021, Resident Evil Village (confira nossa análise) tem que estar nela!

Plataformas: Xbox One, PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox Series X|S e PC.

Data de lançamento: 07 de maio de 2021.

Mass Effect Legendary Edition

Mass effect legendary edition
Mass Effect Legendary Edition modernizou os visuais da franquia.

O primeiro Mass Effect foi um jogo revolucionário quando foi lançado originalmente. O jogo brilhantemente misturou elementos de RPG com ação, e deu aos jogadores não só a capacidade de moldar seu próprio personagem, como também a de exercer influência na história do game a partir de decisões tomadas durante a campanha. Em 2007, isso era incrível. Igualmente incrível foi quando, em 2010, Mass Effect 2 foi lançado e, além de ser maior e melhor em todos os aspectos, possibilitou que o personagem e as decisões do jogador fossem carregadas para a continuação da história, algo que também ocorreu em Mass Effect 3, de 2012.

A idade pesou para a trilogia, que já possuía alguns pontos ultrapassados não apenas em seus visuais. Através de uma remasterização, chamada Mass Effect Legendary Edition, a EA corrigiu questões de jogabilidade e de design do HUD (as informações que aparecem na tela para o jogador), principalmente no primeiro título. Além disso, obviamente, os três jogos receberam suporte a resolução 4K e correção de iluminação para deixá-los com cara de nova geração. Mass Effect Legendary Edition (confira nossa análise) foi lançado para as plataformas da Sony e Microsoft de nova e velha geração, além de sair também para PC.

Plataformas: Xbox One, PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox Series X|S e PC.

Data de lançamento: 14 de maio de 2021.

Ratchet e Clank: Em Uma Nova Dimensão

Print da tela de ratchet & clank: uma nova dimensão.
Os melhores jogos de 2021 até o momento

Feito pelo talentoso estúdio Insomniac Games (o mesmo de Spider-Man e Spider-Man: Miles Morales), Ratchet e Clank: Em Uma Nova Dimensão chegou exclusivamente para o PlayStation 5 prometendo não só uma aventura leve e bem-humorada, mas também recursos que só seriam possíveis no novo hardware da Sony.

O novo jogo da aventura de Ratchet e Clank tem como principal ponto o uso do SSD do PS5, que foi propagandeado pela Sony como de extrema velocidade de leitura e escrita. O jogo não faz feio e realmente impressiona com mudanças bruscas de ambientes, algo que acontece instantaneamente e sem tela de carregamento.

A mecânica criada para utilizar toda esta velocidade consiste em permitir que o jogador se teletransporte para outros pontos do cenário em momentos de grande ação, e tudo é carregado instantaneamente, sem pausar qualquer momento frenético. Esta novidade vem acompanhada de visuais incríveis, que impressionam neste começo de geração de videogames. Ratchet e Clank: Em Uma Nova Dimensão (confira nossa análise) roda a 60 quadros por segundo com efeitos de Ray Tracing.

Plataformas: PlayStation 5.

Data de lançamento: 11 de junho de 2021.

Mais por vir

Até que o mês de junho — e o primeiro semestre do ano — se encerre, há ainda alguns jogos promissores a caminho, além de outros que certamente serão anunciados na E3 2021, evento que você poderá acompanhar aqui no Showmetech.

Dentre os jogos já confirmados para o último mês do semestre, destacamos NINJA GAIDEN: Master Collection, Game Builder Garage, Alex Kidd in Miracle World DX, Mario Golf: Super Rush e Tony Hawk’s Pro Skater 1 + 2.

Veja também:

E já que o maior evento de games deste ano está prestes a se iniciar, que tal saber todas as empresas que já confirmaram presença na E3 2021?

Fonte: Polygon.

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário