Mercado de semicondutores deve crescer 17,3% em 2021, mesmo com a crise dos chips

Mercado de semicondutores deve crescer 17,3% em 2021, mesmo com a crise dos chips

Avatar of bruno martinez
A previsão de acordo com o estudo da IDC ainda diz que em 2022 haverá estabilização e possível sobrecarga em 2023; entenda o caso

Com crescimento de mais de 5% em relação ao ano passado, que foi de 10,8%, o mercado de semicondutores está em um passo de aumento expressivo. Mesmo levando em consideração toda a crise dos chips causada pela pandemia da COVID-19, este aumento pode se estender até 2022 e causar uma possível sobrecarga em 2023, de acordo com estudos da IDC.

A empresa de tecnologia IDC realizou um estudo que avalia o mercado de semicondutores e seu aumento atual de produção e venda. Esses números podem ser vistos de acordo com a alta demanda de aparelhos móveis como smartphones e tablets, notebooks, servidores em geral, setor automotivo, setor de jogos, casas inteligentes e muitas outras áreas que utilizam essa pecinha para que tudo funcione como deveria.

A história de semicondutores está intacta e não só beneficia somente as empresas de semicondutores, mas o crescimento do volume dessa unidade em muitos dos mercados que a utilizam, também continuará a impulsionar um crescimento muito bom para o mercado de semicondutores

Mario Morales, vice-presidente do grupo de Tecnologias e Semicondutores da IDC
Desempenho do mercado de semicondutores durante os anos
Gráfico contendo o desempenho no mercado de semicondutores durante os anos, bem como as expectativas para 2021 em diante

Conforme este mesmo estudo do IDC, a receita dos semicondutores responsáveis pelo 5G podem aumentar em quase 130% e nos casos de aparelhos móveis em geral, podem chegar ao total de 28,5% de receita. Para videogames, casas inteligentes e dispositivos como smartwatches, os números são de, respectivamente, 34%, 20% e 21%. A receita para o setor automobilístico possui a previsão de aumento para 22,8%, com possibilidade de diminuição no decorrer do ano. Por fim, a receita para notebooks crescerá em quase 12%, enquanto servidores X86 podem chegar em até 25% no aumento da receita.

Veja também:

Ainda sobre a crise dos chips, confira a posição da Nvidia sobre o assunto.

Fonte: IDC.

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados