Computex 2019: Microsoft dá mais detalhes sobre seu novo sistema operacional

Microsoft revela informações sobre seu novo sistema operacional
Chamado apenas de “OS moderno” pela Microsoft, as novidades reforçam que o inédito sistema operacional da empresa será focado em experiências na nuvem

No início do ano, jornalistas de sites internacionais como o The Verge tiveram acesso a informações sobre o novo sistema operacional da Microsoft. Chamado de Windows Lite, acredita-se que o software está sendo desenvolvido para dispositivos como o Chromebook – uma versão mais simples dos notebooks tradicionais, voltada apenas para funções básicas como escrever, navegar na internet e assistir vídeos.

Quatro meses se passaram sem que a Microsoft divulgasse qualquer detalhe ou informação nova sobre o Windows Lite. Até que Nick Parker, vice-presidente Corporativo de Vendas, subir ao palco do evento Computex 2019 e dar bastante ênfase a um “sistema operacional moderno”.

Microsoft mantém o mistério

Sem citar o nome “oficial” do sistema, Nick reforçou na Computex 2019 o foco da empresa em criar soluções para os novos dispositivos que surgem no mercado. Esse sistema recém desenvolvido terá facilidades e atualizações constantes, acontecendo de maneira “invisível” em segundo plano. O executivo descreveu a forma de atualização como “determinista, confiável e instantânea, sem interrupções!”. Bem diferente do que vemos atualmente com o Windows Update no Windows 10.

Outra característica importante será a conectividade. O novo OS (sistema operacional) deve funcionar com o recém lançado 5G e uma variedade de ferramentas de acesso: canetas, voz, toque e até mesmo o olhar.

Microsoft revela informações sobre seu novo sistema operacional
O Windows Lite foi anunciado no início do ano para dispositivos como Chromebook e dual-screen

Segundo a Microsoft, o sistema também é seguro desde o início. O que a empresa quer dizer é que o OS e seus arquivos ficam separados e protegidos do restante das aplicações que o usuário instalar, impossibilitando que programas maliciosos ataquem o sistema. A inteligência artificial (IA) é outro ponto determinante do novo sistema, criando experiências conectadas à nuvem nunca antes experimentadas pelos consumidores.

Mesmo sem citar sobre o que exatamente se tratava, se é o Windows Lite ou uma nova versão do Windows 10, a Microsoft deu bastante destaque para essas funções marcando todas em negrito no seu post oficial sobre a Computex 2019. É importante ressaltar que Parker cita PCs e “dispositivos inovadores”, deixando em aberto o foco da novidade.

“Esses novos PCs modernos e dispositivos inovadores que o ecossistema continuará a construir e levar ao mercado no futuro, exigirão um sistema operacional moderno. Que forneça um conjunto de facilitadores que ofereçam experiências fundamentais que os clientes esperam de seus dispositivos”. 

Nick Parker, vice-presidente corporativo de vendas da Microsoft

O que vem por aí

Ainda não há nada confirmado especificamente sobre o Windows Lite. O The Verge especula que a decisão da Microsoft em trabalhar com o navegador do Google em vez do Edge, pode ter atrasado o desenvolvimento do sistema.  Em outubro teremos outra atualização do Windows 10, de codinome 19H2, também sem informações divulgadas, e uma nova versão do Windows 10 está programada para 2020.

Fonte: The Verge

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe uma resposta

Receba Notícias por E-mail:

Receba notícias no seu e-mail
Holler Box