Microsoft deixará de fabricar a linha Lumia em dezembro

Microsoft deixará de fabricar a linha Lumia em dezembro
Segundo uma fonte interna da empresa, com fim da fabricação da linha Lumia, a Microsoft voltatá suas atenções para o Surface Phone

linha-lumia-caput

Após quase meia década de existência, a história dos smartphones da linha Lumia está prestes de chegar ao fim. Sites internacionais informam que uma fonte interna da Microsoft, afirma que a companhia deixará de fabricar os aparelhos no próximo mês de dezembro. Ao que tudo indica, as vendas dos dispositivos continuarão a serem feitas até os estoques acabarem.

Breve histórico

Microsoft deixará de fabricar a linha Lumia em dezembro

Lançada no final de 2011, os smartphones da linha Lumia foram projetados pela Nokia até setembro de 2013, quando a divisão mobile da multinacional finlandesa de telecomunicações foi incorporada à Microsoft Mobile.

Entre as principais características da linha Lumia estão o fato de todos os smartphones rodarem o sistema operacional Windows, sua construção em policarbonato e por serem encontrados em cores bastantes vivas.

Windows Phone

linha-lumia-windows-phone

Apesar de ter uma comunidade fiel de usuários, a linha Lumia sofreu com as inconstâncias da plataforma móvel do Windows Phone. Em Março de 2016, os aparelhos que já tinham sido lançados com o Windows Phone 8.1 receberam o Windows 10 Mobile, com exceção dos que não possuam 1 GB RAM.

A decisão contrariou as informações anteriores de que todos os smartphones com a versão 8.1 receberiam a nova versão do sistema operacional, o que acabou por frustrar muitos usuários.

Indícios do fim

linha-lumia-indicios

Apesar da Microsoft não confirmar nada sobre a descontinuação da linha Lumia, muitos indícios dão conta de que eles realmente não serão mais fabricados. Desde o lançamento do Lumia 650, especulava-se que este seria o último dispositivo fabricado pela empresa. Veja alguns fatos que fortalecem a possibilidade.

  • Irrelevância no mercado mobile: Algumas consultorias especializadas em mercado mobile, como a IDC, estimam que os smartphones com Windows representarão uma fatia minúsculo do mercado nos próximos anos.
  • Falta de publicidade: Outro ponto importante é que os sites oficiais da Microsoft deixaram de fazer qualquer referência aos Lumia, o que indica que a empresa já está trabalhando em novas estratégias para a nova fase da divisão mobile.
  • Fora das prateleiras: Para completar, alguns funcionários relatam que as lojas físicas da Microsoft não estão mais colocando os Lumia em exposição e que eles já deixaram de fornecer informações aos clientes sobre esses dispositivos.

Surface Phone

linha-lumia-surface-phone

Se confirmada a informação do fim da linha Lumia, a Microsoft já tem um plano alternativo para continuar presente no segmento mobile, que é o Surface Phone. A expectativa é que a companhia de Redmond realize um evento no próximo mês de outubro para apresentar algumas novidades.

Oficialmente, a Microsoft ainda não se pronunciou sobre quando será o evento ou se ele realmente ocorrerá neste ano, nem tampouco comentou os rumores sobre o fim da linha Lumia.

3 Comentários

Clique aqui para postar um comentário

  • Eu lembro vagamente de um artigo ou foi uma reportagem em que o Bill Gates diz “eu acho que o mercado mobile foi um erro”. No meu ponto de vista ele apostou como os acionistas prudentes fazem: aplicam, mas usam um “stop de venda” para vender no caso de uma ação cair depois de subir um pouco.

    Ele investiu e deu um prazo para ver se iria funcionar, viu resultados pouco promissor e vendeu para perder de forma prudente salvando parte do que aplicou, ai não importa o tamanho das perdas o importante é salvar o que puder.

    Descartar o mercado dá pra ver que ele não descartou porque tem o Surface como possibilidade de investimento. Ele vai querer acertar a veia de interesse do mercado. A Apple conseguiu fazer um pacote de produtos interessante para o mercado, um estilo completo: telefone, tablet, pc e software. E o Bill Gates tem esses pacotes com suas características específicas. Um exemplo específico é o mercado dos jogos e o pacote office. No meu ver com certeza ele vai achar um jeito e o momento adequado de encaixar o seu pacote de produtos no mercado.

    As empresas do ramo de tecnologia vão explorar essa possibilidade de lançar pacotes, mas como dá pra ver algumas vão ficar como especialistas em algo, vão existir os estilos diferentes de pacotes tecnológicos, mas acho que alguns serão mais eficientes e preferidos dependendo do segmento de mercado que for explorado.

  • Já vai tarde.
    Quem usou/usa os 3 sistemas sabe que é uma plataforma tão atrasada que nem adianta correr atrás das outras mais.
    É mais fácil apostar mais até em outros sistemas que nesse troço ai.

    Matou o Windows Ce, Windows Mobile, o Windows Phone pra reviver um verdadeiro zombie com o WM10. Historicamente já está pra lá da hora de sair dessa área.

Assine nossa Newsletter