Microsoft é a empresa de tecnologia mais odiada no brasil, aponta pesquisa

Microsoft é a empresa de tecnologia mais odiada no Brasil, aponta pesquisa

Avatar of bruno martinez
Big tech lidera ranking de seu nicho no Brasil e em mais 21 países. Uber, Sony e KFC também são altamente citadas. Veja lista completa da pesquisa RAVE

Muito é comentado sobre a percepção dos consumidores com certos tipos de produtos, oriundos de determinadas empresas, umas com maior prestígios do que outras. Para condensar melhor o pensamento do consumidor, uma pesquisa em massa foi realizada e constatou que a Microsoft é a empresa de tecnologia mais odiada no Brasil atualmente.

Utilizando escalas e um grande mapa, o site RAVE registrou diversas companhias de diferentes setores com má reputação em países ao redor do mundo. Enquanto umas marcam presença em dezenas de regiões, outras surpreendem em aparecer com uma porcentagem de rejeição relativamente alta.

A RAVE usou a ferramente SentiStrengh para filtrar comentários no Twitter sobre cada uma das principais empresas de jogos, tecnologia e serviços para conseguir montar o parecer. Os principais apontamentos são o movimento dos internautas norte-americanos e ingleses contra o Uber, a rejeição total da desenvolvedora Game Freak no Canadá e a rejeição da Sony em mais de 10 países. No Brasil, a Microsoft é a menos bem vista de ser setor.

Pesquisa RAVE: as marcas gerais mais odiadas

Microsoft é a empresa de tecnologia mais odiada no brasil, aponta pesquisa
(Imagem: RAVE/Reprodução)

O relatório do site começa com um parâmetro geral da opinião dos consumidores que se manifestaram no Twitter: as marcas mais odiadas em cada país. Neste primeiro momento, é levado em consideração todos os setores, desde tecnologia até o ramo alimentício.

Constata-se que a Sony, uma das maiores companhias de jogos e inovação em tecnologia atualmente, aparece em 10 países. Na América Latina, ela marca presença no Chile e na Argentina, com mais de 50% em ambos os locais. No Brasil, surpreendentemente, a empresa que aparece é a Red Bull, com 45,24%.

Ao redor do mundo, diversos nomes famosos vem à tona, como Tesla, em Portugal e na Espanha, Uber, nos Estados Unidos, YouTube, no Equador, e Xbox, na Holanda. No geral, as respostas são bem assertivas, sendo a menor porcentagem registrada, dentre todo o mundo, a da rede KFC, em São Vicente e Granadinas, uma ilha no Sul do Caribe.

As produtoras de jogos mais odiadas

Microsoft é a empresa de tecnologia mais odiada no brasil, aponta pesquisa
(Imagem: RAVE/Reprodução)

A cada ano que passa, surgem mais jogos, mecânicas e tecnologias incríveis e inovadores. Em compensação, polêmicas envolvendo o nome de grandes produtoras também vêm ao público de maneira bem indesejada. Seja pela reputação ou pela qualidade do trabalho, 23 países citaram o mesmo nome: Ubisoft.

A desenvolvedora de títulos como Assassin’s Creed foi altamente citada em quase todos os continentes, mas principalmente na Europa, onde liderou a pesquisa com folga. Outras marcas de jogos também foram citadas, como Activision, Capcom e Konami. Nos Estados Unidos, a Game Freak atingiu 100% de rejeição. Já no Brasil, a marca mais odiada também é a Ubisoft. A Nintendo chamou a atenção por aparecer em apenas um país, a Noruega.

A marca de fast-food mais odiada no mundo

Microsoft é a empresa de tecnologia mais odiada no brasil, aponta pesquisa
(Imagem: RAVE/Reprodução)

O próximo tópico abordado pela pesquisa foi o ramo alimentício, reunindo as principais marcas de restaurantes e fast foods que vêm recebendo comentários negativos constantemente. Empresas como Burger King, Subway e Starbucks aparecem na Europa, enquanto Domino’s e Taco Bell marcam presença na América do Norte e América Central (Estados Unidos e México, respectivamente). Já o McDonald’s foi citado poucas vezes, mais especificamente no Egito, na Indonésia, na Argentina e em Portugal.

A companhia mais citada de todas foi o KFC, que apareceu em 14 países. Esses estão distribuindo em todo o globo, mas há uma concentração maior no Sul da África e nas ilhas da América Central. O Brasil, mais uma vez surpreendendo, apontou a rede Wendy’s como a menos querida pelos internautas.

Microsoft: a empresa de tecnologia com menor prestígio nacional

Microsoft é a empresa de tecnologia mais odiada no brasil, aponta pesquisa
(Imagem: RAVE/Reprodução)

Por fim, a seção de tecnologia mostrou quais grandes empresas do ramo têm desagrado mais as pessoas ao redor do mundo. Alguns nomes bem conhecidos aparecem, mas principalmente três das principais inovadoras que atuam hoje no mercado: Microsoft, Facebook e Google.

A Microsoft é a empresa de tecnologia com menor prestígio no Brasil e mais outros 21 países, mas ainda assim é superada pelos seus concorrentes. Tanto o Facebook quanto o Google foram citados em 24 países. A porcentagem fica na média dos 40%. Outras big techs também não escaparam da pesquisa, como é o caso da Apple, citada na Itália e na Irlanda, e a Amazon, citada no Reino Unido e no Japão.

Embora o relatório RAVE foque em comentários feitos a partir do Twitter, é importante considerar como essas marcas estão se portando e deixando de agradar (umas mais do que outras) seus consumidores. É provável que isso se estenda para além do que é vendido com serviço, incluindo também as atitudes da marca como uma empresa com responsabilidades éticas e morais.

Veja também

Acesse também outros conteúdos relacionados no Showmetech. Veja a lista de 10 startups que estão em alta no Brasil, segundo o LinkedIn, com a C6 Bank na liderança.

Fonte: RAVE

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados