Microsoft lança Surface Pro X com chipset próprio SQ1

Novo Surface Pro X se destaca por ser equipado com o primeiro chipset da Microsoft, desenvolvido em parceria com a Qualcomm em cima do Snapdragon 8cx

Nesta quarta-feira (02), a Microsoft anunciou sua nova geração de notebooks e ultraportáteis 2 em 1 da linha Surface. Entre as novidades, o Surface Pro X foi apresentado como o primeiro notebook 2 em 1 equipado com o primeiro chipset da empresa de tecnologia ARM. Este novo híbrido da linha Surface eleva as possibilidades dos notebooks 2 em 1 a algo nunca conseguido até hoje, utilizando todo o poder da inteligência artificial e de processamento, com um design mais moderno.

Não era esperado que a Microsoft fosse apresentar mais um dispositivo pertencente à linha Surface Pro, mesmo que alguns rumores apontassem para um novo dispositivo com a tecnologia ARM. Depois da apresentação do Surface Pro 7, que trouxe uma boa evolução comparada ao modelo do ano passado, a Microsoft pôde apresentar o Surface Pro X, que segue a mesma linha do novo modelo mas trazendo a novidade do processador próprio.

O Surface Pro X é o topo da linha Surface, sendo 3x mais eficiente que o Surface Pro 6 anunciado ano passado. O dispositivo traz consigo ainda uma nova caneta, chamada Surface Slim Pen, com compartimento especial e que está sempre carregada. O dispositivo também oferece um suporte dedicado para a caneta exclusiva, capaz de deixá-la sempre carregada para que os usuários possam utilizá-la sem terem problemas com bateria. Confira abaixo mais informações do novo Surface Pro X.

Surface Pro X e o novo chipset

A tela do novo Surface Pro X possui 13 polegadas
A tela do novo Surface Pro X possui 13 polegadas

A tela do novo Surface foi expandida de um painel de 12 polegadas no antigo Surface Pro para 13 polegadas. Com esse aumento de 1 polegada, a empresa almeja oferecer telas mais finas em laptops 2 em 1. Porém, a principal mudança é que agora o processador não é mais um Intel Core, e sim uma variante personalizada do processador Snapdragon da Qualcomm, que a Microoft co-desenvolveu, chamado Surface SQ1.

Para este computador híbrido, a Microsoft construiu o chip SQ1 em colaboração com a Qualcomm. Este chipset está equipado com uma unidade neural que se utiliza de inteligência artificial para gerir um melhor processamento, sendo uma estreia no mundo dos computadores.

O Surface Pro X é o primeiro dispositivo da Microsoft equipado com tecnologia ARM desde o lançamento do Surface 2 em 2013. No entanto, a nova arquitetura é um tipo diferente de dispositivo, como indicado. A empresa vê o novo híbrido como um dispositivo Surface completo, tirando todo o proveito que a linha pode oferecer, e não apenas um modelo básico, como eram os Surface RT e o Surface 2 originais.

O fator que mais se destaca neste equipamento é o seu design. A Microsoft reduziu a moldura em torno da tela, afirmando ser o híbrido com margens mais finas do mercado. E sua bateria é uma das razões para a empresa lançar um Surface com chip ARM. Este tipo de arquitetura possui um consumo de energia significativamente menor em relação aos processadores como os da Intel e AMD, por exemplo.

Além disso, outro ponto positivo dos chipsets ARM é que eles não fazem os equipamentos aquecerem muito. Por isso, não há necessidade de mecanismos avançados de refrigeração, podendo tornar possível que o dispositivo esteja mais fino, e mais potente.

A maior questão permanece sendo se o SQ1 será capaz de oferecer energia comparável a um processador x86 tradicional. A Microsoft está aproveitando bastante o poder que conseguiu obter do SQ1 (e da GPU, na qual também trabalhou junto com a Qualcomm).

O novo Surface Pro X é considerado o mais fino da linha Surface
O novo Surface Pro X é considerado o mais fino da linha Surface e possui suporte para a Surface Slim Pen

Do lado de fora, o Surface Pro X se parece muito com um Surface Pro comum, com um fator de forma e chassi semelhantes, embora a Microsoft tenha adicionado arestas mais arredondadas nos cantos, em vez do design mais angular do Surface tradicional.

A empresa também adicionou um novo compartimento para a nova caneta Surface Slim no Surface Pro X, que a coloca na parte superior do teclado. Em termos de peso, o híbrido pesa apenas 8 kg e, possui 5,3 mm de espessura, sendo o laptop Surface mais fino da linha. Ele também possui entrada USB-C e carregamento rápido com suporte LTE integrado.

O Surface Pro X estará disponível em 5 de novembro por US $ 999 (aproximadamente R$ 4.154,00), e a sua pré-venda começa a partir de hoje. Confira abaixo o vídeo de apresentação do novo híbrido que foi exibido no evento da MIcrosoft:

Especificações Técnicas Surface Pro X

TelaPixelSense de 13 polegadas
Proporção 4:3
Resolução de 2880x1920p
Dimensão5,3 mm de espessura
Peso760 gramas
ProcessadorChipset Surface SQ1
Conectividade4G
LTE
Surface Slim PenSim
AcessoPorta USB-C
PreçoUS $ 999 (aproximadamente R$ 4.154,00)

O que achou do novo Surface Pro? Deixe nos comentários sua opinião e acompanhe mais informações dos anúncios da linha Surface de hoje.

Fonte: Microsoft

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe uma resposta