Pessoas conversando dentro do microsoft mesh

Microsoft Mesh: metaverso chega para impulsionar home office

Avatar of victor pacheco
Anunciada em março deste ano, hoje foi anunciado que a Microsoft realizará o lançamento da funcionalidade em 2022

Hoje é dia de Microsoft Ignite, o grande evento da empresa de Bill Gates para apresentar novidades para o mercado empresarial. O principal anúncio foi o Microsoft Mesh, funcionalidade que pode ser definida como o metaverso da Microsoft para que o home office fique ainda mais interativo. Este é com certeza, um dos principais assuntos do momento, onde a desenvolvedora do Windows está indo no mesmo caminho do Facebook.

A empresa espera que o uso do Microsoft Teams fique ainda mais intuitivo, uma vez que mesmo que estejam de casa, os funcionários podem interagir como se estivessem dentro do prédio físico da empresa onde são contratados. Entenda como o Microsoft Mesh funciona agora mesmo.

Metaverso da Microsoft é realidade

Sendo uma palavra que está cada vez mais em nosso dia a dia, hoje (02) foi anunciada uma nova solução que leva o nome de Microsoft Mesh. Na prática, isso vai permitir que funcionários das mais diversas empresas agora tenham acesso a um espaço virtual, isso por meio do metaverso da Microsoft.

Exemplo microsoft mesh
Microsoft Mesh vai permitir criação de avatares personalizados

Não é preciso ir muito longe para saber que o home office foi uma das modalidades que mais cresceram nos últimos 18 meses e muitas empresas estão pensando em adotar isso de forma definitiva devido à redução de custos e ganho de produtividade. E o Microsoft Mesh chega para aprimorar isso. A empresa de Bill Gates citou que haverá mais de um metaverso, que será criado por meio de aprendizado de máquina. Na prática, você terá seu próprio avatar, com sua voz e características para que isso seja o mais natural possível.

O que é Metaverso e como isso pode ajudar no home office?

Para falar sobre o metaverso da Microsoft, é necessário voltar um pouco no tempo e explicar como isso surgiu. Em 1982, quando escreveu o livro “Snow Crash”, o autor Neal Stephenson definiu o metaverso como uma realidade paralela, que não necessariamente é “de mentira”.

Na verdade, esta realidade existe e pode ser acessada por meio de diversos dispositivos. Colocando isso no aspecto de trabalho, o metaverso da Microsoft pode ser essencial para deixar o home office ainda mais interativo. Permitir que pessoas entrem no metaverso em seu momento abre um amplo campo de possibilidades, tornando o trabalho ainda mais interativo, mesmo que todos não estejam no mesmo espaço físico.

Exemplo microsoft mesh
Salas virtuais poderão ser utilizadas para diversos propósitos

E a possibilidade de um metaverso da Microsoft não é algo novo, já que há cerca de 12 anos, a empresa de Bill Gates desenvolveu um “parque de interação” para a Accenture. Neste espaço, funcionários de todo o mundo podem conversar, se conhecer e até mesmo realizar reuniões sem a necessidade de realizar um encontro presencial.

Os novos contratados da Accenture também podem ter acesso ao espaço que leva o nome de One Accenture Park e assim, realizarem diversas tarefas. Agora, a Microsoft está trazendo esta mesma solução para outros clientes. O home office com o metaverso pode ser utilizado como uma forma de “quebrar o gelo” que foi criado com o trabalho feito de casa ou de forma híbrida. Por mais que esteja utilizando um produto de realidade virtual, é como se na prática, você estivesse mesmo ao lado de seu colega de trabalho.

“De repente, você está olhando para um avatar digital de alguém, mas você está tendo essas conversas profundas sobre, ‘Como é esse grande projeto você está trabalhando? Como está a família?’. Você esquece que está em um espaço VR. Para mim, essa é a parte mais mágica do que estamos fazendo  aqui.”






Jason Warnke, Diretor Sênior de Experiências Digitais Globais da Accenture

Microsoft Mesh chega até junho de 2022

Disponibilizado até o sexto mês de 2022, o metaverso da Microsoft será completamente personalizável pelas empresas que assim realizarem a contratação do pacote Microsoft Teams. Dessa forma, cada funcionário terá seu próprio avatar com voz e características únicas. Os mesmos espaços utilizados para discutir assuntos de trabalho também pode servir para momentos de descontração. Não é preciso ir longe para perceber que cada vez mais o trabalho remoto veio para ficar, então a Microsoft deseja fazer parte deste processo.

O acesso ao metaverso da Microsoft poderá ser realizado desde celulares e notebooks padrões, assim como por meio de produtos de realidade virtual. Dessa forma, por mais que não tenha acesso a um óculos que deixa tudo ainda mais imersivo, ainda será possível ter seu próprio avatar, com sua própria voz.

Exemplo do microsoft mesh em uma conferência
Espaços foram desenvolvidos para terem mesma funcionalidade de salas físicas

Tudo funcionará ainda melhor com um conjunto HoloLens, o óculos de realidade da Microsoft que conta com 6 microfones e 16 câmeras. Mas ao mesmo tempo, entenda que não necessariamente será necessário ter um conjunto deste para ter acesso ao metaverso do Microsoft Teams.

Apesar de ser anunciado em março deste ano, agora temos a notícia de que o lançamento irá realmente acontecer, onde a Microsoft espera que funcionários de uma mesma empresa tenham um dia a dia cada vez mais produtivo. Não foram citados custos adicionais para que uma empresa tenha acesso à essa nova funcionalidade, então se sua empresa for cliente da Microsoft, o acesso ao metaverso estará disponível gratuitamente.

Disponibilidade de IA por meio de um dos computadores mais potentes do mundo

Em maio do ano passado, ficamos sabendo que a empresa de Bill Gates era dona de um dos cinco computadores mais potentes de todo o mundo. O mesmo não era uma máquina física e estava alocado dentro do serviço de nuvem da Microsoft, que leva o nome de Azure. Além disso, o uso de tal inteligência artificial seria feito apenas pela dona do tal computador e não haveriam lucros acima disso. Mas isso está mudando.

Durante o Microsoft Ignite, foi citado pela empresa que algumas instituições já fizeram uso da Inteligência Artificial (IA) presente na nuvem para diversos processos. Um deles, e provavelmente o mais importante, foi quando pesquisadores da Holanda realizaram uma simulação para saber como o COVID-19 poderia ser espalhado por partículas de aerossol em áreas altamente povoadas. A AMD também fez uso do supercomputador para desenvolver uma nova linha de processadores.

Microsoft mesh: metaverso chega para impulsionar home office. Anunciada em março deste ano, hoje foi anunciado que a microsoft realizará o lançamento da funcionalidade em 2022
Microsoft Mesh: metaverso chega para impulsionar home office

A Microsoft aproveitou o evento de hoje para citar que o Azure OpenAI Service agora estará disponível para empresas de todo o mundo, mas por agora, o acesso está acontecendo apenas por meio de convite. Tal funcionalidade permitirá que os parceiros tenham acesso aos recursos de IA para diversas etapas de trabalho, sem deixar a segurança, confiabilidade, privacidade de dados e muito mais de lado.

Outra novidade que está sendo oferecida é o acesso às ferramentas para garantir que a simulação seja de acordo com sua empresa. Assim como também está acontecendo um importante monitoramento para saber se tudo está sendo utilizado de forma correta.

O que achou do Microsoft Mesh? Você implantaria o metaverso em sua empresa? Comente conosco!

Veja também

Quer ficar por dentro de tudo sobre o Metaverso? Entenda isso de forma completa:

Fonte: Microsoft

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
1
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados