Microsoft Power Platform promete criação de apps em minutos

Avatar of bruno martinez
Trazendo os princípios de low code para dentro das empresas, as aplicações do Microsoft Power Platform permitem o desenvolvimento de aplicações por não desenvolvedores, e em tempo reduzido

A Microsoft, em seu seminário Microsoft Empower Conference, apresentou novas e poderosas ferramentas para auxiliar usuários não-desenvolvedores na criação de aplicativos, a partir da Microsoft Power Platform.

O que é a Microsoft Power Platform

A Power Platform é o termo usado pela Microsoft para um conjunto de quatro frentes: o Power BI, o Power Apps e o Power Automate, e o Power Virtual Agents. Cada uma delas é específica para um tipo de função específica, com a Power BI sendo para analytics, Power Apps para criação de aplicativos com low-code, Power Automate para automação robótica de processos existentes e o Power Virtual Agents, para criação de chatbots.

Microsoft power platform promete criação de apps em minutos. Trazendo os princípios de low code para dentro das empresas, as aplicações do microsoft power platform permitem o desenvolvimento de aplicações por não desenvolvedores, e em tempo reduzido
Microsoft Power Platform promete criação de apps em minutos

Individualmente, cada uma dessas frentes já atendem as necessidades específicas de empresas e negócios, mas juntos eles fornecem uma plataforma poderosa para as empresas terem controle de suas funções e de automação. Além disso, a Power Platform foi projetada para capacitar os negócios a não serem mais tão dependentes do setor de TI. Usuários sem muito conhecimento técnicos conseguem criar aplicações simples ou deixar mais fácil a visualização de dados em geral. A Microsoft Power Platform é uma poderosa aliada na transformação digital de empresas.

A importância do Low-Code

Microsoft power platform promete criação de apps em minutos. Trazendo os princípios de low code para dentro das empresas, as aplicações do microsoft power platform permitem o desenvolvimento de aplicações por não desenvolvedores, e em tempo reduzido
Microsoft Power Platform promete criação de apps em minutos

A keynote foi apresentada por Charles Lamanna, Vice Presidente da plataforma de Low Code da Microsoft. Lamanna começou a conferência comentando de que as oportunidades digitais estão em alta, com mais de 500 milhões de aplicativos a mais sendo criados nos próximos 5 anos do que nos últimos 40. Porém, também notável é que não há desenvolvedores o suficiente para conseguir atender as demandas do mercado.

Outro fator importante é a dificuldade enfrentada para empresas se adaptarem para ambientes virtuais por conta da pandemia, com muitos clientes da Microsoft tendo que passar por uma reimaginação completa de seus negócios para conseguir atuar na pandemia. A solução encontrada para resolver esse problema é formar desenvolvedores aptos no Low-Code. Dos desenvolvedores já experientes para até pessoas inexperientes, o Low-Code, em especial o presente na Microsoft Power Platform, abre portas.

Desde análise de dados até construção de aplicativos simples, a Microsoft Power Platform a partir da facilidade do Low-Code permite que os usuários construam aplicações simples e funcionais, com vários tipos de entradas de dados de forma rápida, chegando até mesmo em minutos para aplicações simples que normalmente poderiam tomar algumas semanas.

Novas aplicações da Microsoft Power Platform, como o Power Automate Desktop, que está disponível gratuitamente para usuários do Windows 10 e que automatiza tarefas e funções facilmente, tornando a vida de funcionários e desenvolvedores mais fácil.

Por fim, a Microsoft também pensa em passar os usuários da Microsoft Power Platform, acostumados com Low-Code, para o GPT-3, a solução de programação a partir de IA que não depende de código. O GPT-3 será integrado ao Microsoft Power Apps, com a IA responsável pelo funcionamento rodando exclusivamente no Azure e sendo potencializada graças ao Azure Machine Learning.

O Futuro do Low-Code

Lamanna por fim também mostrou o que é necessário para elevar o Low-Code a novos níveis. São 5 focos: confiança das empresas na plataforma, uso de IA em todas as partes, melhorias no trabalho remoto, fusão de times e hiper automação. Seguindo esses focos, o Low Code irá ficar cada vez mais comuns, e mais profissionais aptos estarão disponíveis.

Integração da Microsoft Power Platform com o Microsoft Teams também será implementada. 5 templates inicialmente estarão disponíveis para facilitar a integração entre aplicativos e o serviço de reuniões da Microsoft. Integração da Microsoft Power Platform com o Microsoft Pro Developers também irá acontecer, possibilitando que tantos desenvolvedores profissionais, experientes com código, possam atuar junto dos desenvolvedores Low-Code, a partir de ferramentas presentes na nuvem de desenvolvimento Azure da Microsoft.

Para mais informações, confira o site oficial da Microsoft Power Platform.

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados