Conecte-se conosco
Samsung Logo - Ministério Público processa Samsung por más condições de trabalho

Android

Ministério Público processa Samsung por más condições de trabalho

Trabalhadores da fábrica da Samsung em Manaus enfrentavam jornadas de até 10 horas em pé. Ministério Público quer 250 milhões de reais de indenização.

Samsung Logo 620x330 - Ministério Público processa Samsung por más condições de trabalho

Ministério Público do Trabalho ajuizou uma ação civil pública no Amazonas contra a fabricante de eletrônicos sul-coreana Samsung, após a inspeção da fábrica da empresa na Zona Franca de Manaus revelar “graves” violações aos direitos dos trabalhadores.

As infrações incluem jornadas diárias de até 15 horas, com funcionários trabalhando 10 horas em pé, ritmo de trabalho extenuante, intervalos para descanso insuficientes, exigência constante de horas extras, não concessão de repouso semanal remunerado e expediente em feriados nacionais. Mais de 2 mil empregados da fábrica pediram afastamento médico no ano passado, devido a problemas musculares. Seis mil pessoas trabalham na planta da Samsung em Manaus, onde são montados e embalados smartphones, televisores, câmeras digitais, monitores, home theaters, entre outros eletrônicos da marca.

Samsung Manaus - Ministério Público processa Samsung por más condições de trabalho

Além da adequação da jornada e do ambiente de trabalho, o Ministério Público pede uma indenização no valor de 250 milhões de reais. Em comunicado, a Samsung afirmou estar comprometida “em oferecer aos nossos colaboradores ao redor do mundo um ambiente de trabalho que assegura os mais altos padrões da indústria em relação à segurança, saúde e bem-estar”. A unidade do Amazonas é a maior da empresa no mundo, com exceção da matriz na Coreia da Sul. No último trimestre, o lucro global da Samsung foi de 7 bilhões de dólares.

Fonte: BBC.

Continue lendo
Advertisement

Já vivia na nuvem antes de ser modinha.

Comentários
Subir