Motorola lança Moto G9 Plus, G9 Play e E7 Plus no Brasil

Imagem com Moto G9 Plus, Moto G9 Play e Moto E7 Plus
Lançamento do Moto G9 Plus, G9 Play e E7 Plus representa o maior salto tecnológico do portfólio da Motorola
Anúncio
Motorola lança Moto G9 Plus, G9 Play e E7 Plus no Brasil

A Motorola anunciu três modelos da sua nova geração de smartphones nesta quinta-feira (10) no Brasil. São eles: Moto E7 Plus, Moto G9 Play e Moto G9 Plus.

Os novos celulares do portfólio da empresa chegam ao país com o objetivo de atender os desejos e as necessidades dos consumidores que foram potencializados pelo contexto da pandemia de COVID-19, segundo a Motorola.

“É o maior salto tecnológico entre gerações de smartphones já alcançado pela Motorola”

Thiago Masuchette, gerente de produtos da Motorola no Brasil

No geral, a Motorola garante que os novos smartphones trazem câmeras melhores, telas mais imersivas, baterias mais potentes (e eficientes) e recursos de inteligência artificial mais funcionais. Isso tudo em comparação à geração anterior de celulares das famílias Moto E e Moto G.

Confira abaixo os detalhes, as especificações e os preços de cada celular lançado pela marca:

Moto E7 Plus

Imagem do Moto E7 Plus
Moto E7 Plus traz sistema de câmera dupla e bateria de 5000mAh

A família Moto E, segundo a Motorola, é a porta de entrada da marca. Essa família cria a fidelidade para a troca de aparelhos, de acordo com a empresa.

Pensando nisso e nas demandas potencializadas dos consumidores, a marca lançou o Moto E7 Plus. O novo celular traz câmeras melhores, uma tela maior e uma bateria mais potente, de acordo com Masuchette.

Câmeras

O principal destaque do novo modelo de smartphone de entrada da marca está na câmera principal, de 48MP com tecnologia quad-pixel. Essa lente integra o sistema de câmera dupla do celular, que também traz um sensor de profundidade (para foco e desfoque), um flash de LED e autofoco (AF). Confira abaixo mais detalhes sobre as câmeras do celular:

  • Câmera principal: 48MP, lente de 79º e abertura de f/1.7;
  • Sensor de profundidade: 2MP, lente de 83º e abertura de f/2.4;
  • Câmera frontal: 8MP, lente de 81º e abertura de f/2.2.
Sistema de câmera dupla do Moto E7 Plus
Sistema de câmera dupla do Moto E7 Plus traz lente principal e sensor de profundidade

O sistema de câmeras também conta com suporte ao modo Night Vision (ou “Visão Noturna”, em tradução livre), para fotos noturnas ou em ambientes com pouca luz. Esse modo, segundo a Motorola, revela mais detalhes em ambientes escuros, “clareando” a foto. Até então, essa funcionalidade estava presente apenas no Moto One Vision, smartphone intermediário da marca.

Funciona assim: quando o usuário está usando a câmera do celular, o aparelho identifica a situação de pouca iluminação (por meio de inteligência artificial) e sugere, automaticamente, o modo Night Vision. Assim, o usuário pode comparar e escolher (ou não) usar o modo na hora de tirar suas fotos.

Em relação ao quad-pixel, sensores com essa tecnologia possuem quatro vezes mais sensibilidade à luz, o que proporciona fotos mais nítidas. No Brasil, o quad-pixel estreou no One Vision, que atualmente fica entre o Moto G9 Play e o G9 Plus no portfólio da empresa.

Falando sobre vídeos, o sistema de câmeras traseiras do E7 Plus é capaz de gravar em Full HD, numa taxa de 60fps (frames por segundo). A câmera frontal também é capaz de gravar em Full HD, porém numa taxa de 30fps.

Design e Tela

Tela do Moto E7 Plus
Tela do Moto E7 Plus tem 6,5″ e resolução HD+

Em comparação à geração anterior, a tela do E7 Plus está maior: 6,5 polegadas, com resolução HD+, formato Ultra-Wide e tecnologia de display Max Vision. Esse formato faz com que a tela se estenda de borda a borda no aparelho, além de trazer um notch em formato de V na região central da borda superior, que abriga a câmera frontal.

Além disso, a tela funciona numa proporção de 20:9, o que oferece ao usuário uma experiência “mais confortável e cinematográfica”, segundo Masuchette. O gerente de produtos da Motorola também apontou que essa tela proporciona uma experiência mais imersiva para o usuário na hora assistir vídeos, filmes e séries no celular.

Em relação ao design, a novidade no Moto E7 Plus (e nos outros smartphones lançados) é um botão dedicado ao Google Assistente. O celular também traz uma entrada P2 de 3,5mm para fone de ouvido e uma entrada micro-USB.

O novo celular está disponível nas cores Azul Navy e Bronze Âmbar.

Bateria

O Moto E7 Plus traz uma “super bateria”, como disse Masuchette, de 5000mAh. O “super” vem do fato de essa bateria aguentar até dois dias de uso, segundo a fabricante.

“Assista a vídeos por 21 horas, escute músicas por 107 horas, ou navegue na Internet por 15 horas.”

Motorola

O gerente de produtos explicou que esse upgrade vem de encontro à nova realidade do consumidor, que no contexto de pandemia, quarentena e distanciamento social tem usado muito mais seus smartphone e, consequentemente, carregado mais vezes durante o dia.

Dessa forma, essa “super bateria” chega com o objetivo de suprir essa demanda maior de uso dos celulares no cotidiano dos usuários. Além disso, o aparelho vem acompanhado de um carregador rápido de 10W, de fábrica.

Hardware

Imagem do Moto E7 Plus
Moto E7 Plus traz processador Snapdragon 460

O novo celular da família Moto E vem equipado com um processador octa-core Snapdragon 460 (1,8GHz), da Qualcomm. Segundo Thiago Masuchette, esse processador tem uma performance similar aos da série 600, presente em smartphones intermediários.

Em comparação à geração anterior, Masuchette diz que esse processador oferece 50% mais performance ao aparelho, que também traz 4GB de memória RAM e 64GB de armazenamento interno (expansível até 256GB por meio de cartão microSD). 

Além disso, o aparelho vem com o “Android puro da Motorola”, como descreveu o gerente de produtos da empresa. Esse “Android puro” é o Android 10 sem apps duplicados e com atalhos criados pela Motorola.

Preço e Especificações técnicas

O Moto E7 Plus chega ao mercado ao preço de R$1.499, nas cores Azul Navy e Bronze âmbar.

ModeloMoto E7 Plus
Tela6,5″ HD+ Max Vision Display (20:9)
ProcessadorQualcomm Snapdragon 460 (1,8GHz octa-core)
Câmeras traseirasCâmera principal: 48MP, lente de 79º e abertura de f/1.7
Sensor de profundidade: 2MP, lente de 83º e abertura de f/2.4
Câmera frontal8MP, lente de 81º e abertura de f/2.2
Armazenamento interno64GB (expansível até 256GB via microSD)
Memória RAM4GB
Bateria5000mAh
Sistema operacionalAndroid 10
Entrada para fone de ouvidoSim
CoresAzul Navy e Bronze Âmbar
Preço (sugerido)R$1.499

Moto G9 Play

Imagem do Moto G9 Play
Moto G9 Play tem sistema de câmera tripla e carregamento TurboPower

Este foi um dos lançamentos da nona geração da família Moto G, que é a “fortaleza da Motorola, principalmente no Brasil”, segundo Thiago Masuchette.

O gerente de produtos explicou que os upgrades do novo modelo tem como objetivo juntar as necessidades dos consumidores nessa “nova realidade” à funções de inteligência artificial que melhorem a experiência proporcionada pelo smartphone.

Câmeras

O Moto G9 Play traz um sistema de câmera tripla, com tecnologia quad-pixel, suporte ao modo Night Vision e autofoco (AF). Aliás, este é o primeiro Moto G Play a ter o modo Night Vision integrado. Veja abaixo os detalhes de cada lente do sistema:

  • Câmera principal: 48MP, lente de 79º e abertura de f/1.7;
  • Câmera macro: 2MP, lente de 83º e abertura de f/2.2;
  • Sensor de profundidade: 2MP, lente de 83º e abertura de f/2.4;
  • Câmera frontal: 8MP, lente de 81º e abertura de f/2.2.
Sistema de câmera tripla do Moto G9 Play
Moto G9 Play traz sistema de câmera tripla

O sensor de profundidade permite que o usuário “brinque” com o foco e o desfoque no fundo das fotos, por meio de uma barra de intensidade. Deslizando o dedo por ela, o usuário consegue medir a intensidade do desfoque na foto.

Já o modo macro é voltado para fotos em que o aparelho esteja bem próximo do objeto fotografado. Esse modo ressalta os mínimos detalhes de uma pétala flor ou da asa de uma abelha, por exemplo. Segundo a Motorola, a câmera macro é capaz de aproximar a imagem do objeto até quatro vezes mais do que uma lente normal (de 78º).

Outro recurso presente no sistema de câmeras do G9 Play é o suporte para captura automática de sorriso. Numa foto em grupo, por exemplo, o aparelho consegue identificar os sorrisos de até cinco pessoas.

Além disso, o sistema possui suporte para o recurso que sugere a melhor foto para o usuário. Para isso, o celular armazena imagens milissegundos antes e milissegundos depois da captura da foto. 

Em seguida, por meio de inteligência artificial, o smartphone escolhe qual foto ficou melhor e mostra ao usuário, que pode compará-la com a foto que tirou originalmente. Caso o usuário também ache que a versão sugerida pelo celular ficou melhor, pode escolhê-la ao invés da foto original.

Agora falando sobre vídeos, as câmeras traseiras são capazes de gravar na resolução Full HD, numa taxa de 60fps (frames por segundo). A câmera frontal também é capaz de gravar vídeos em Full HD, porém a uma taxa de 30fps.

Design e Tela

Tela do Moto G9 Play
Tela do Moto G9 Play tem 6,5″ e resolução HD+

A tela do Moto G9 Play é parecida com a do E7 Plus, com 6,5 polegadas, tecnologia de display Max Vision, resolução HD+ e proporção 20:9.

Assim como o E7 Plus, a tela do Moto G9 Play traz um notch em formato de V na região central da borda superior, que abriga a câmera frontal. 

O aparelho também traz o botão dedicado ao Google Assistente na lateral. Além disso, celular tem uma entrada P2 de 3,5mm para fone de ouvido e uma entrada no padrão USB-C.

O novo smartphone traz “uma nova proposta de identidade de cores”, segundo o gerente de produtos da Motorola. O smartphone está disponível nas cores Azul Safira, Verde Turquesa e Rosa Quartzo.

Bateria

Além da “super bateria” de 5000mAH, Masuchette apontou que a taxa de carregamento do aparelho está mais eficiente. E o aparelho vem acompanhado de um carregador TurboPower de fábrica.

“Ouça músicas por 83 horas, assista a vídeos por 16 horas, ou navegue na Internet por 13 horas. Tudo isso com uma única carga completa.”

Motorola

Antes da “nova realidade” causada pela pandemia do novo coronavírus, Thiago Masuchette apontou que era comum o consumidor carregar seu smartphone apenas uma vez ao dia, geralmente à noite logo antes de dormir. 

Agora, o gerente de produtos afirma que se tornou mais comum – e necessário – carregar o celular mais de uma vez durante o dia, por conta da intensificação do uso. Assim, a bateria mais potente e a taxa de carregamento mais eficiente vêm para suprir esse aumento da demanda sobre a bateria dos celulares, explicou Masuchette.

Hardware

Imagem do Moto G9 Play
Moto G9 Play traz processador Snapdragon 662

O Moto G9 Play conta com o processador octa-core Snapdragon 662 (2,0GHz), da Qualcomm. De acordo com a Motorola, esse processador é “super-responsivo” e possui inteligência artificial integrada.

O novo celular da família Moto G ainda conta também com memória RAM de 4GB e armazenamento interno de 64GB (expansível até 256GB por meio de um cartão de memória microSD). Esse armazenamento é o dobro do que a geração anterior oferecia.

Assim como os outros aparelhos anunciados, o G9 Play vem equipado com o “Android puro da Motorola”.

Preço e Especificações técnicas

O Moto G9 Play chega ao mercado por R$ 1.599, nas cores Azul Safira, Verde Turquesa e Rosa Quartzo.

ModeloMoto G9 Play
Tela6,5″ HD+ Max Vision Display (20:9)
ProcessadorQualcomm Snapdragon 662 (2,8GHz octa-core)
Câmeras traseirasCâmera principal: 48MP, lente de 79º e abertura de f/1.7
Câmera macro: 2MP, lente de 83º e abertura de f/2.2
Sensor de profundidade: 2MP, lente de 83º e abertura de f/2.4
Câmera frontal8MP, lente de 81º e abertura de f/2.2
Armazenamento interno64GB (expansível até 256GB via microSD)
Memória RAM4GB
Bateria5000mAh
Carregador TurboPower
Sistema operacionalAndroid 10
Entrada para fone de ouvidoSim
CoresAzul Safira, Verde Turquesa e Rosa Quartzo
Preço (sugerido)R$1.599

Moto G9 Plus

Imagem do Moto G9 Plus
Moto G9 Plus tem sistema de câmera quádrupla e carregador TurboPower 30W

Este é o modelo mais avançado entre os lançamentos da Motorola. Em comparação aos outros celulares anunciados, o G9 Plus possui o melhor sistema de câmeras e processador, além de uma tela maior e uma bateria cujo carregamento é mais eficiente, segundo a fabricante. Como disse o gerente de produtos da Motorola, é um celular oferece o “plus a mais” aos consumidores.

Câmeras

O G9 Plus traz um sistema de câmeras quádruplo (também chamado de “quad câmera”). O sistema possui tecnologia quad-pixel, auto foco (AF) e suporte ao modo Night Vision. Confira abaixo os detalhes das lentes que fazem parte do sistema:

  • Câmera principal: 64MP, lente de 79º e abertura de f/1.8;
  • Câmera Ultra-Wide: 8MP, lente de 118º e abertura de f/2.2
  • Câmera macro: 2MP, lente de 83º e abertura de f/2.2
  • Sensor de profundidade: 2MP, lente de 87º e abertura de f/2.2;
  • Câmera frontal: 16MP, lente de 73º e abertura de f/2.0.
Sistema de câmera quádrupla do Moto G9 Plus
Moto G9 Plus traz sistema de câmera quádrupla

Em comparação aos outros celulares lançados pela marca, uma novidade nas câmeras do G9 Plus é o modo Ultra-Wide, que aumenta o campo de visão das lentes. Segundo a Motorola, esse modo comporta até quatro vezes mais cena nas fotos do que uma lente padrão de 78º.

“É como se você desse um passo para trás para aumentar seu campo de visão.”

Thiago Masuchette, gerente de produtos da Motorola

Enquanto a câmera Ultra-Wide coloca o usuário quatro vezes mais longe da cena, a câmera macro faz exatamente o oposto: coloca-o quatro vezes mais perto do que uma lente normal (de 78º).

As câmeras traseiras são capazes de gravar vídeos em resolução Ultra HD 4K, numa taxa de 30fps (frames por segundo). Já a câmera frontal grava vídeos em resolução Full HD, também numa taxa de 30fps.

Design e Tela

Tela do Moto G9 Plus
Tela do Moto G9 Plus tem 6,8″ e resolução Full HD+

A tela de 6,8 polegadas é “a maior de todos os tempos num celular Moto G”, segundo a empresa. E é a única a ter resolução Full HD+ entre os celulares lançados pela Motorola, com um formato que faz com que ela preencha praticamente toda a parte frontal do aparelho. A câmera frontal fica abrigada num notch discreto, no canto superior esquerdo da tela, que também possui tecnologia Max Vision e proporção 20:9.

“O resultado é a maior, mais ampla e mais imersiva experiência já vista num Moto G.”

Motorola

Ainda de acordo com a Motorola, a tela possui certificado HDR10. “Isso quer dizer que ela oferece experiências mais imersivas e com qualidade melhor nos vídeos do YouTube, por exemplo”, explicou Thiago Masuchette.

Outra novidade – e diferencial – no G9 Plus é que na parte lateral direita o aparelho traz um sensor de impressão digital. Só que esse sensor não serve apenas para desbloquear o celular. Com dois toques nele, o usuário abre um menu de atalhos que é customizável. O usuário pode incluir até seis atalhos nele, de acordo com as suas preferências e hábitos.

Além do sensor na lateral, o Moto G9 Plus possui um botão dedicado ao Google Assistente, que também fica na lateral do aparelho. O celular também traz uma entrada P2 de 3,5mm para fone de ouvido e uma entrada no padrão USB-C.

O G9 Plus está disponível nas cores Azul Índigo e Ouro Rosê.

Bateria

Além da “super bateria” de 5000mAh, o Moto G9 Plus conta com tecnologia Turbo Power 30W, que é a nova geração de carregamento da Motorola. De acordo com Thiago Masuchette, essa tecnologia garante, em média, 12 horas de uso com apenas dez minutos de carga.

De acordo com a fabricante, a bateria do Moto G9 Plus aguenta 147 horas de streaming de música, 19 horas de streaming de vídeo ou 14 horas de navegação pela internet.

Assim como nos outros celulares lançados pela marca, esse upgrade tem como objetivo atender às novas demandas dos consumidores, que estão usando ainda mais seus aparelhos atualmente.

Hardware

Imagem do Moto G9 Plus
Moto G9 Plus traz processador Snapdragon 730G

O G9 Plus traz o processador Snapdragon 730G, da Qualcomm, que é o melhor entre os três celulares anunciados pela Motorola. Além disso, a Qualcomm diz que esse processador é 57% mais rápido e 20% mais eficiente, em comparação à geração anterior.

Na prática, o gerente de produtos da Motorola explica que isso significa que o processador oferece uma performance melhor (e aprimorada para jogos) sem gastar mais bateria do celular.

Além do processador superior, o G9 Plus oferece 128GB de armazenamento interno, o que é inédito no portfólio da marca. Esse armazenamento é expansível para até 512GB, por meio de um cartão de memória microSD, e acompanhado de 4GB de memória RAM e do “Android puro da Motorola”.

Preço e Especificações técnicas

O Moto G9 Plus chega ao mercado por R$ 2.499 nas cores Azul Índigo e Ouro Rosê.

ModeloMoto G9 Plus
Tela6,8″ Full HD+ Max VisionHDR10
ProcessadorQualcomm Snapdragon 730G (2,2GHz octa-core)
Câmeras traseirasCâmera principal: 64MP, lente de 79º e abertura de f/1.8
Câmera Ultra-Wide: 8MP, lente de 118º e abertura de f/2.2
Câmera macro: 2MP, lente de 83º e abertura de f/2.2
Sensor de profundidade: 2MP, lente de 87º e abertura de f/2.2
Câmera frontal16MP, lente de 73º e abertura de f/2.0
Armazenamento interno128GB (expansível até 512GB via microSD)
Memória RAM4GB
Bateria5000mAh
Carregamento TurboPower 30W
Sistema operacionalAndroid 10
Entrada para fone de ouvidoSim
CoresAzul Índigo e Ouro Rosê
Preço (sugerido)R$2.499

Fonte: Motorola Brasil


O que você achou da nova geração de celulares da Motorola? Conte para nós aqui nos comentários!

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter