REVIEW: Motorola Edge+ traz o que há de melhor para quem ama a marca

Pessoa segurando um Motorola Edge+
Novo Motorola Edge+ tem design belíssimo com tela curvada, interface muito bem projetada e excelente bateria, mas a um preço acima do esperado

A Motorola lançou os smartphones Edge+ e Edge no Brasil nesta quinta-feira (02), marcando o retorno da empresa ao mercado de smartphones premium. O Edge+, primeiro flagship da empresa em quatro anos, chega para competir com os smartphones Galaxy S20, da Samsung, e iPhone 11, da Apple. Já o Edge, modelo intermediário premium, possui preço menor e especificações mais simples. Os aparelhos foram apresentados num evento combinado com tour virtual.

Tanto o Motorola Edge+ quanto Edge possuem especificações com alta qualidade de câmeras e processador, telas curvadas com bordas infinitas, baterias de longa duração, e o Edge ainda conta com conectividade 5G.

“Nós buscamos oferecer o melhor e mais avançado na tecnologia e na experiência do consumidor com smartphone.”

Thiago Masuchette, head de Produtos Motorola Brasil
Motorola Edge+
Motorola Edge+ traz processador e câmeras de última geração

A empresa informou ainda que todo o hardware e software da linha Edge foi desenvolvido com a tecnologia mais recente de engenharia móvel junto a um mindset 5G. No Brasil, o Motorola Edge conta com conectividade sub-6GHz, ou seja, não contará com a banda mmWave, que promete as maiores velocidades.

Confira abaixo a análise do Showmetech sobre as características do novo smartphone topo de linha da Motorola:

Design e Tela

O design do Motorola Edge+ é belíssimo, focado na simplicidade e usabilidade de forma que o aparelho se adapta confortavelmente nas mãos. 

O que mais chama a atenção e enche os olhos é a tela de 6,7 polegadas, a maior já produzida pela Motorola até hoje, que preenche completamente a parte da frente e possui bordas arredondadas, dando a impressão de “borda infinita”. De acordo com a empresa, o ângulo das bordas chega a 90º, num design estilo cascata.

A tela alta e longa é gostosa para ler conteúdos. Além disso, possui uma taxa de atualização de 90Hz, com profundidade de cor de 10 bits, que produz 64 vezes mais cores que telas de 8 bits. Isso significa, na prática, mais de um bilhão de matizes de cores a mais. Tudo isso com a certificação HDR10+, que garante a qualidade da imagem e a precisão das cores.

Motorola Edge+
Motorola Edge+ traz tela de 6,7″ com borda infinita

O display OLED acompanha a curvatura da borda, que traz uma série de recursos que permitem interação com esse espaço da tela. Arrastando para baixo uma vez, por exemplo, você abre as notificações. Arrastando de novo, você vê as configurações. Já arrastando para cima você vê os aplicativos recentes. E arrastando novamente para cima pode ver o menu de aplicativos. Se arrastar para dentro você acessa atalhos, contatos e ferramentas. As bordas também se iluminam para sinalizar notificações.

As bordas curvadas também são exploradas no Moto Gametime, um recurso exclusivo dos smartphones da Motorola. Ele reconhece automaticamente quando você está jogando, bloqueando interrupções e proporcionando acesso a aplicativos com um menu dedicado dentro do próprio jogo. O recurso permite habilitar dois botões virtuais adicionais sensíveis ao toque na borda superior, quando a tela está na horizontal.

Motorola Edge+
Moto Gametime é um recurso exclusivo do Motorola Edge+

De acordo com o head de produtos da Motorola Brasil, Thiago Masuchette, a borda infinita e suas funções não possuem impacto significativo no consumo da bateria do smartphone.

Por mais que elas sejam bonitas e funcionais, as vezes atrapalham um pouco por darem brecha a toques indesejados dos dedos ou palma da mão enquanto você usa o smartphone. A boa notícia é que o Motorola Edge+ traz a função para desativar essa parte curvada do display, no app Moto que já vem instalado de fábrica, deixando ativa apenas a parte plana da tela. 

O Motorola Edge+ conta com acabamento em vidro na parte de trás, que traz também o logo da empresa apenas para manter a harmonia do design, já que o sensor de digital foi deslocado para a tela do aparelho. Ainda na parte de trás, fica um kit de câmeras que dá um ar profissional ao smartphone. 

Na parte de cima fica a entrada de 3,5mm para fones de ouvido e a parte da frente conta com um acabamento em alumínio trabalhado. Porém, a estrutura do smartphone não tem proteção contra água e respingos.

Câmeras

Parte traseira do Motorola Edge+
Parte traseira do Motorola Edge+ traz sistema de câmera tripla

O Motorola Edge+ conta com um sistema de câmera tripla. Segundo a Motorola, o objetivo do sistema é trazer a qualidade dos recursos de câmeras profissionais por meio da combinação de hardware e software avançados.

O sistema de câmera tripla do Motorola Edge+ é composto por:

  • Uma lente principal, com sensor de 108 MP (que a princípio produz imagens de 27 MP, combinando 4 pixels em 1, mas o usuário pode tirar fotos usando os 108 MP disponíveis) e distância focal de f/1.8;
  • Uma lente grande angular (ultra-wide), com sensor de 16MP, Macro Vision embutido, ângulo de abertura de 117° e distância focal de f/2.2;
  • Uma lente teleobjetiva, com sensor de 8MP, zoom óptico de até 3x e distância focal de f/2.4;
  • Câmera frontal de 25MP.

O sensor principal, de 108MP, utiliza a tecnologia Quad pixel, que combina quatro pixels para formar um pixel gigante, proporcionando quatro vezes mais sensibilidade em ambientes de baixa luminosidade. A nova funcionalidade de longa exposição permite aberturas de até 32 segundos, absorvendo mais luz a noite e capturando efeitos como imagens borradas e trilhas de luz.

Câmera do Motorola Edge+
Modo Macro te coloca 5x mais próximo dos objetos fotografados

A lente teleobjetiva com estabilização óptica de imagem captura detalhes a distância, com zoom óptico de 3x com alta resolução. Já a lente ultra-grande angular permite enquadrar até quatro vezes mais cena na sua foto. E o modo macro, integrado à grande angular, coloca você cinco vezes mais próximo do objeto fotografado, conseguindo assim closes extremos.

O sensor time-of-flight (ToF) permite foco rápido a laser em condições de baixa luminosidade. Além disso, as câmeras do Motorola Edge+ são capazes de gravar vídeos até em resolução 6K, sendo também possível gravar vídeos em 4K, FullHD e HD. Porém ao gravar em 6K, há um limite de 10 minutos por dois motivos: o tamanho do arquivo e o super aquecimento do aparelho, que encerra o aplicativo da câmera por segurança.

Câmera do Motorola Edge+
Motorola Edge+ tem sistema de dupla estabilização óptica de imagem

O sistema de dupla estabilização óptica de imagem junto à correção de horizonte garante que seu vídeo permaneça firme, nivelado e suave mesmo que você esteja em movimento. Graças ao modo retrato para vídeo, você consegue acrescentar um desfoque no fundo da gravação. E com o recurso video snapshot, você pode tirar uma fotografia de até 20MP enquanto grava um vídeo.

Só que por mais que seja um sistema avançado de câmeras, ainda não se compara aos sistemas dos topos de linha Samsung Galaxy S20+ e iPhone 11 Pro.

Hardware e Software

O Motorola Edge+ traz o processador Qualcomm Snapdragon 865, que também equipa os smartphones da linha Galaxy S20 da Samsung em mercados fora do Brasil, e é considerado o processador mais potente do mundo, segundo o gerente de marketing global da Motorola, Chris Francica. A memória Micron DDR5 e a conectividade Wi-Fi 6 também atuam no desempenho do aparelho.

Em conjunto com os 12GB de memória RAM do smartphone, o processador é ultra responsivo e consome menos bateria. Já os 256GB de armazenamento interno (UFS 3.0) oferecem bastante espaço para aplicativos, músicas, filmes, séries, enfim, o que você quiser armazenar no aparelho.

Motorola Edge+
Motorola Edge+ vem com Android 10 e atualização garantida para Android 11

A Motorola também informou que possui um compromisso de proporcionar ao consumidor a versão mais pura do sistema operacional Android, sem camadas de software desnecessárias e sem aplicativos duplicados. Por isso, o Android 10 embarcado no Motorola Edge+ é uma espécie de “stock Android” com benefícios, trazendo uma interface muito bem projetada e animações maravilhosas. E o smartphone tem atualização garantida para o Android 11.

As diversas personalizações oferecidas pela Motorola, por meio do app Moto, também são muito bem vindas. O aplicativo traz dicas sobre os recursos que o smartphone e seu sistema operacional oferecem, como a tela interativa (para ler, responder e interagir com notificações sem precisar desbloquear o aparelho), como funcionam as luzes nas bordas (para indicar alarmes, notificações e chamadas recebidas) e sugestões de como usar o Google Assistente.

O aplicativo também oferece a função “Moto Ações”, que permite que você configure gestos simples e interações com toque rápidas para ajudar nas tarefas do dia a dia.

Bateria e som

O Motorola Edge+ tem uma “super bateria” de 5000 mAh, a maior de todos os smartphones disponíveis no mercado, segundo a empresa. Ainda de acordo com a fabricante, a bateria aguenta até dois dias de uso sem precisar ser carregada.

O smartphone ainda conta com o carregamento TurboPower ultra rápido, com e sem fio, com um sistema que proporciona horas de bateria em apenas alguns minutos de carga. E você ainda pode compartilhar a carga com outros dispositivos, utilizando a tecnologia do carregamento sem fio reverso.

Motorola Edge+
Motorola Edge+ tem bateria que dura dois dias

Em relação ao som, o Motorola Edge+ possui dois alto-falantes estéreo, que garante uma potência 60% superior aos modelos de 2019. A empresa também implementou um software de processamento de áudio da Waves, empresa que já conquistou um prêmio técnico do Grammy Awards, para um áudio mais alto e poderoso no smartphone.

Só que por mais que o novo smartphone da Motorola seja compatível com fones de ouvido com e sem fio, o fone que acompanha o aparelho é mediano.

Motorola Edge: qualidade com preço (um pouco) menor

O Motorola Edge é o modelo intermediário premium da linha, com algumas especificações mais simples.

Smartphones Motorola Edge+
Motorola Edge traz configuração mais modesta e preço menor

Enquanto traz a tela de 6,7 polegadas e o sistema de áudio iguais aos do Edge+, o Motorola Edge é equipado com o processador Qualcomm Snapdragon 765, com conectividade 5G na frequência sub-6 GHz, bateria de 4500mAh e um sistema de câmera tripla com uma lente principal de 64MP, uma grande angular de 16MP com Macro Vision e uma teleobjetiva de 8MP.

Preço e disponibilidade

No Brasil, o Motorola Edge+ está disponível na cor Thunder Grey por R$7.999. Esse é um preço acima do esperado, principalmente considerando os concorrentes Samsung Galaxy S20 Ultra (inclusive, o Showmetech já publicou uma review sobre o topo de linha da Samsung) e o iPhone 11 Pro (Showmetech também publicou review sobre os smartphones da Apple).

Já o Motorola Edge, disponível nas cores Solar Black e Midnight Red, está disponível por R$5.499.

Na pré-venda realizada pela Motorola, que vai até esta sexta-feira (03), quem comprar um dos novos smartphones da linha Edge ganhará de brinde um par de Earbuds, que são os fones de ouvido sem fio da Motorola.

Aproveite pra conferir o hands-on do novo Motorola Edge+ no nosso canal do YouTube:

Especificações técnicas do Motorola Edge+

ProcessadorQualcomm Snapdragon 865
Tela6,7″
Display OLED Full HD
Taxa de atualização de 90Hz
Senso de digital embutido
Câmeras traseirasCâmera Tripla:
108MP f/1.8 – Principal
16MP f/2.2 117° – Grande angular (ultra-wide) com Macro Vision
8MP f.2.4 – Teleobjetiva
ZoomZoom óptico de 3x
Câmeras (vídeos)6K, 4K, FullHD e HD
Câmera frontal25MP f/2.0
Memória RAM12GB
Armazenamento interno256GB
ÁudioSom estéreo (dois alto-falantes)
Entrada USB-CSim
Bateria5000mAh
SistemaAndroid 10 (com atualização garantida para Android 11)
CoresThunder Grey (cinza escuro)
PreçoR$7.999

Fonte: Motorola Brasil

8/10

Motorola Edge+

Veja abaixo os pontos positivos e negativos do novo smartphone topo de linha da Motorola

Pros

  • Design belíssimo, com tela curvada;
  • Interface muito bem projetada;
  • Excelente bateria;
  • Tela alta (longa) é gostosa para ler conteúdos.

Cons

  • Tela curvada atrapalha um pouco (causa toques indesejados dos dedos ou palma);
  • A câmera não se compara a topos de linha como S20 Ultra e iPhone 11 Pro;
  • Super-aquece rapidamente, impedindo o uso de algumas funções;
  • Preço acima do esperado.
Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter