Conecte-se conosco
smt mc urban - Economia do Futuro para as Cidades: Mobilidade

Ciência e Tecnologia

Economia do Futuro para as Cidades: Mobilidade

Conheça algumas ideias da Economia do Futuro para as Cidades no campo da Mobilidade.

A mobilidade urbana passa por uma série de fatores que não se limitam apenas a simples questão de carros e transporte público. Muitas dessas ideia ainda precisam ser desenvolvidas para que o maior número de pessoas sejam beneficiadas. Afinal de contas, essa é a cidadania que desejamos construir, certo? Conheça a seguir algumas ideias da Economia do Futuro para as Cidades no campo da Mobilidade.

Mobilidade

smt mc urban mobility 720x480 - Economia do Futuro para as Cidades: Mobilidade

Bicycle road in Berlin with Brandenburg Gate

Nas grandes cidades brasileiras, não há questão mais emergencial que a mobilidade urbana. Justamente por isso, essa é uma das áreas onde tem surgido cada vez mais soluções a partir das conexões peer-to-peer combinadas à tecnologia de geolocalização.

  • Waze: Se você tem carro, esse aplicativo provavelmente já te salvou do trânsito algumas vezes. O que nem todo motorista se dá conta é que, só por usar o aplicativo, já está colaborando para que ele funcione cada vez melhor já que o GPS de cada celular conectado alimenta o Waze com dados sobre velocidade nas vias. Além dessa participação “passiva”, os wazers podem alimentar o mapa com dados sobre radar, policiamento, acidentes, etc.
  • Moovit: Usando o mesmo princípio do Waze, o Moovit surgiu para ajudar os usuários de transporte público. Usando os dados transmitidos por todos os celulares conectados com o aplicativo, é possível identificar as melhores rotas de ônibus, trem e metrô, nas principais cidades do mundo.
  • Uber: Ligado no fato de que, nas grandes metrópoles, a maioria dos carros circula com menos de dois ocupantes (em São Paulo a média é 1.4/veículo), o aplicativo Uber conecta passageiros e condutores, em tempo real, para compartilharem caronas. No Brasil, o aplicativo foi proibido recentemente (leia nossa matéria de opinião), mas Zaznu e o site Tripda fazem algo parecido, sendo o segundo mais focado em deslocamentos intermunicipais.
  • Getaround: Já calculou quanto tempo seu carro fica parado na garagem de casa ou em algum estacionamento? E se, durante esse tempo, outras pessoas pudessem usá-lo e ainda receber algum dinheiro por isso? O Getaround pensou nisso e conecta pessoas que fazem uma espécie de “aluguel” de seu veículo por pequenos períodos.
  • Spinlister: Nenhuma bike merece ficar empoeirando na garagem. O Spinlister é a versão do Getaround para bikes e equipamentos como pranchas, skiis e snowbords.
  • Nimber: DHL? E-sedex? Para que gastar com logística se tem tanta gente viajando para todos os lugares do mundo todos os dias. Uma delas pode levar aquela sua encomenda. O Nimber te ajuda a encontrar essa pessoa.
Continue lendo
Advertisement

Jornalista, fã de cinema e curioso de todas as coisas. Sempre atento às informações, escreve sobre ciência, comportamento e as novidades do mundo tecnológico.

Comentários
Subir