Conecte-se conosco
maxresdefault 6 - Netflix cancela House of Cards após polêmica envolvendo Kevin Spacey

CULTURA GEEK

Netflix cancela House of Cards após polêmica envolvendo Kevin Spacey

Entenda a polêmica envolvendo o cancelamento da série House of Cards e a sua principal estrela, Kevin Spacey.

Netflix House of Cards Season 4 Teaser Leader 720x442 - Netflix cancela House of Cards após polêmica envolvendo Kevin Spacey

A aclamada série House of Cards, da Netflix, será cancelada após a sua sexta temporada. A informação veio da própria empresa de streaming, após a denúncia de que seu principal astro, o ator Kevin Spacey, havia cometido um crime de cunho sexual contra um menor de 14 anos em 1986. Além de se desculpar pelo assédio sexual, Spacey também aproveitou para se assumir gay.

Netflix nega que o cancelamento da série esteja relacionado com a polêmica, afirmando que a decisão já havia sido tomada meses antes. Porém, a internet como um todo não engoliu essa história. E, de fato, é coincidência demais para as duas coisas não estarem relacionadas.

A sexta temporada de House of Cards estreia no começo de 2018. Os demais atores da série já conversaram com os executivos da empresa e da produtora, a Media Rights Capital, sobre o fim da atração e também sobre o caso envolvendo o protagonista da série.

Entenda a polêmica

tdy news snow kevin spacey 171030 1920x1080 720x405 - Netflix cancela House of Cards após polêmica envolvendo Kevin Spacey

Neste domingo (29), o ator Anthony Rapp, que atua em Star Trek: Discovery, disse em uma entrevista ao site BuzzFeed que a estrela de House of Cards havia tentado abusar sexualmente dele em 1986. Na época, Anthony tinha apenas 14 anos. Segundo o relato, Kevin Spacey o levou para um quarto de hotel e deitou em cima dele, com clara intenção de ter relações sexuais com o garoto.

Em resposta, Spacey disse no Twitte que não se lembrava disso. Além disso, ainda afirmou que admira Rapp e que, por isso, lhe vi desculpas. O veterano ator, que inclusive já foi ganhador do Oscar por sua atuação em Beleza Americana (American Beauty, 2000), ainda aproveitou a ocasião para se revelar ga:

Na minha vida, tive relaciomentos com homens e mulheres. Amei e tive relacionamentos românticos com homens ao longo da minha vida, e escolhi hoje viver como um homem gay. Quero lidar com isso de forma honesta e aberta, e isso começa comigo examinando meu próprio comportamento“, escreveu o ator em seu perfil.

Comunidade LGBT

A comunidade LGT não viu com bons olhos a declaração de Spacey. A impressão passada foi que o ator tentou desviar o foco da polêmica, tirando a atenção do fato de ter tentado abusar de uma criança para o fato dele ser gay.

E, realmente, é isso o que parece. A acusação é bastante grave mas, provavelmente não caiba nenhum tipo de ação judicial contra o ator. Já fazem 31 anos do ocorrido e qualquer tipo de crime que tenha acontecido à época já prescreveu.

House of Cards

rfank 720x405 - Netflix cancela House of Cards após polêmica envolvendo Kevin Spacey

O drama político estreou na Netflix em 2013 e, devido a sua notável qualidade em diversos aspectos, logo conquistou o público mundial. A trama acompanha o político inescrupuloso Frank Underwood (interpretado por Kevin Spacey) que, juntamente com sua esposa, Claire, não mede esforços para alcançar o poder máximo da política, ou seja, o cargo de Presidente.

Além de mostrar os meandros da Casa Branca, a série aborda temas como homossexualidade, ética jornalística e também conversa sobre novas tecnologias, algo que foi presente inclusive na campanha presidencial de Donald Trump, atual presidente dos Estados Unidos.

House of Cards começou como um primor de atuação, enredo, cinematografia e trilha sonora. Mas com o passar das temporadas os roteiristas foram se perdendo na história e a série deixou de ser tão atrativa. Talvez ela devesse mesmo ser cancelada. Pena que foi por causa de uma polêmica tão lamentável como essa e que mancha a reputação de um dos melhores atores em atividade.

Continue lendo
Advertisement

Eu sou apenas um rapaz latino-americano, sem dinheiro no banco, sem parentes importantes e apaixonado por tecnologia. Tenho 29 anos de Windows e Android e de iOS também. E não estou interessado em nenhuma briguinha de fanboys, usar e testar as coisas me interessa mais.Editor-chefe do Showmetech desde Setembro/2017 e escrevendo nas interwebs desde o MSN 6.0.

Comentários
Subir