Nintendo Switch: dicas para economizar com os jogos

Imagem de capa: Mario e moedas douradas na tela do Nintendo Switch.
Acabou de pegar um Nintendo Switch e quer saber como economizar com os jogos do aparelho? Acompanhe todas as nossas dicas
Anúncio
Nintendo Switch: dicas para economizar com os jogos

O Nintendo Switch, atual plataforma da empresa japonesa, é um sucesso absoluto de vendas, com mais de 60 milhões de unidades vendidas. Em decorrência do êxito, cada vez mais pessoas se interessam pelo videogame híbrido. Recentemente, quase três anos e meio após o lançamento do Switch, a Nintendo confirmou que venderá o console oficialmente no Brasil e logo em seguida iniciou a pré-venda do aparelho, e com isto novas pessoas devem adquirir o videogame.

Se você está interessado em adquirir, ou se já comprou um Nintendo Switch mas ainda não sabe as melhores formas de economizar, fica liga neste texto porque o Showmetech te ensina a tirar o máximo proveito de seu videogame.

Criando a sua conta Nintendo

O primeiro passo para começar a tirar o máximo proveito do seu Nintendo Switch é criar uma conta Nintendo. O processo é rápido e simples, você só precisa saber escolher a região que vai escolher para sua conta.

Este passo é importante por dois motivos: primeiro porque as compras digitais serão feitas na região em que sua conta se encontra, então é preferível estar sempre no país onde se cobra menos; segundo, se você já tiver um Nintendo 3DS ou um Wii U e tiver conta nesses aparelhos (que usam o sistema antigo da Nintendo, o NNID), pode vinculá-la à nova, do Nintendo Switch, e assim aproveitar o saldo de um console em outro.

Captura da página de contas para o Nintendo Switch.
A tela de contas para o Nintendo Switch

Para criar sua conta, basta acessar a página oficial das contas Nintendo e clicar em “Criar uma conta Nintendo”. Perceba que você também pode criar seu acesso a partir de suas contas Facebook, Google, Twitter ou Apple. É importante saber que contas para menores de 13 anos possuem grande restrição nos sistemas da Nintendo, por isso recomendamos que você, responsável por uma criança, crie duas contas: uma sua e uma do menor, de forma que o gerenciamento possa ser feito com segurança.

O próximo passo é preencher os dados solicitados: apelido, endereço de e-mail, senha, data de nascimento, gênero, país de residência e fuso horário. A data de nascimento não poderá ser modificada posteriormente, então caso a pessoa dona da conta não tenha 18 anos completos é possível que tenha seu acesso a alguns jogos restringido, assim como informações de pagamento.

No campo de país de residência, muitas pessoas preferem colocar Estados Unidos ou Canadá, pois nestes locais a conversão direta do dólar faria o preço final do jogo ficar mais baixo do que comprando no Brasil. Felizmente, com o Nintendo Switch é possível mudar a região a qualquer momento, o que nos leva ao próximo tópico deste texto.

Mudando a região da conta

Como dito no tópico anterior, com o Nintendo Switch há a grande vantagem de mudar a região da conta e assim comprar jogos no país mais barato, seja pela simples conversão do dólar, seja por haver alguma promoção específica para um local no momento.

Para mudar a região da sua conta, basta acessar novamente página oficial das contas Nintendo, fazer login e, na aba de Informações de usuário, tocar em editar, no canto superior direito. Depois, basta mudar a opção do país de residência.

Tela para mudança de país da conta Nintendo.
Basta mudar o país de residência e salvar as alterações.

A grande questão que fica é saber como descobrir em qual país o jogo que você deseja está mais barato. De forma não oficial, fãs ao redor do mundo criaram formas para que os jogadores possam fazer essa conferência antes de comprar, e nós apresentaremos três opções ao leitor.

Savecoins

A plataforma mais famosa no Brasil é o site Savecoins, que também reúne informações de jogos para PlayStation 4 e Xbox One. Nele, basta pesquisar pelo nome do jogo e obter as informações do país mais barato, com histórico de preço.

Descendo a barra de rolagem do lado esquerdo é possível selecionar a moeda que você deseja que seja mostrada nos preços dos jogos, e na barra de pesquisas é possível filtrar a plataforma desejada. O site também possui a opção de criar uma conta e salvar uma lista de desejos, o que facilita futuras buscas.

Captura da página Savecoins.
Com uma simples pesquisa, consigo saber onde o Luigi’s Mansion 3 está mais barato.

A vantagem do Savecoins é que o site foi desenvolvido por um brasileiro, portanto está todo em português. A desvantagem é que infelizmente ele não tem sido atualizado com frequência, e por isso é prudente confirmar o preço em outro lugar.

E-Shop Prices

O e-Shop Prices é um site internacional que também serve para pesquisar a melhor região para comprar jogos. Assim que entrar no site, é recomendado mudar logo a moeda para exibição dos preços, no canto superior direito (em “change currency”).

O design da página não é tão intuitivo quanto o Savecoins, mas fica fácil depois de se pesquisar pela primeira vez. A barra de pesquisa se localiza acima da lista de jogos, à esquerda. Ao escrever o nome de um jogo, sugestões aparecem num campo para o usuário clicar. Escolhido o jogo, a página mostra os preços em cada país, com o mais caro em vermelho e o mais barato na cor verde.

Captura de tela do e-Shop Prices.
Também consigo ver que Animal Crossing: New Horizons sai mais em conta no Brasil

Ao clicar sobre o nome de um jogo, é possível ver o histórico de preços, para que o usuário tenha uma noção se é um bom momento de compra. No entanto, note que os preços mostrados levam em consideração o valor atual do dólar, então, devido às flutuações cambiais, é possível que o jogo esteja com um grande desconto no momento mas já ter estado mais barato no passado.

GameShopper e Switch eShop Saver

Para usuários que preferem acessar através de dispositivos móveis, além das páginas que falamos antes, também é possível conferir os preços de jogos para Nintendo Switch em outros países pelo celular. Infelizmente, não temos nenhuma referência de aplicativo para Android, então as duas sugestões que colocamos são para dispositivos com sistema iOS.

Captura de tela do GameShopper no iPhone.
Por acaso está procurando o lugar mais barato para comprar o DLC de Pokémon Sword e Pokémon Shield?

GameShopper e Switch eShop Saver são atualizados com frequência e mostram todas as ofertas em vigência para o Nintendo Switch ao redor do mundo. Em ambos também é possível (e recomendado) escolher a moeda para que o preço do jogo já apareça convertido no aplicativo.

Lojas brasileiras

Enquanto poder escolher o país de compra é uma ótima pedida para economizar alguns reais, também é sempre válido considerar meios de comprar jogos no mercado nacional, já que por aqui há vantagens direcionadas ao consumidor brasileiro.

Enquanto o Nintendo Switch não possui uma loja brasileira no aparelho — usuários que tenham configurado o Brasil como país de residência encontrarão apenas um espaço para incluir um código de jogo na eShop —, é possível comprar jogos em formato digital pela página da Loja Nintendo. Ao efetuar a compra, um código é encaminhado por e-mail, para que o usuário o use pela eShop no Nintendo Switch.

Captura da página da Loja Nintendo.
Pikmin 3 Deluxe, próximo grande lançamento da Nintendo, já está disponível para pré-compra na loja oficial

São duas as vantagens de se comprar desta forma. Primeiro, como a compra é realizada em um site brasileiro, não há necessidade de um cartão de crédito internacional, além de também contar com boleto como método de pagamento.

A segunda vantagem é o preço — para jogos com preço cheio. Considerando o valor de lançamento de um jogo nos Estados Unidos — US$ 60 — comprar na eShop americana significaria gastar cerca de R$ 324 na cotação atual, sem contar com o IOF (imposto sobre operações financeiras, cobrado pelo governo federal no cartão de crédito a uma alíquota de 6,38%). Jogos na loja brasileira estão custando R$ 299, graças à desvalorização do real frente ao dólar.

Oficialmente, a Nintendo também distribui jogos em formato digital através das Lojas Americanas. Nesta loja, a vantagem é ter mais métodos de pagamento, cashback através do aplicativo AME e poder comprar parcelado. Os preços seguem os praticados pela Nintendo em seu próprio site.

Nintendo Switch Online — assine o plano família

O Nintendo Switch Online é o serviço para o Nintendo Switch que permite que o jogador acesse serviços online, como salvar dados na nuvem, jogar partidas online (para jogos que não sejam gratuitos) e acessar uma gama de jogos de NES (Nintendo Entertainment System) e SNES (Super Nintendo Entertainment System).

Mais cedo ou mais tarde, todo jogador de Nintendo Switch vai ter vontade de assinar o plano online para o console. A Big N possui os planos mensal, trimestral e anual, sendo este o último o mais vantajoso, naturalmente, ao valor de R$ 74,25.

Os planos do Nintendo Switch Online.
Os planos do Nintendo Switch Online

Acontece que, ainda mais vantajoso, é o plano familiar do serviço. Ao custo de R$ 129,95 pelo período de um ano, é possível dividir o plano para até oito contas, portanto o custo individual passa a ser R$ 16,25. Uma bagatela!

Caso você esteja se perguntando, sim, é possível assinar o Nintendo Switch Online por qualquer outro país, porém nenhum deles sai mais barato do que os quase 130 reais da loja brasileira. Portanto, tente se juntar a outras sete pessoas para, juntos, assinarem o serviço online do Nintendo Switch.

Moedas douradas

Ao efetuar compras na eShop do Nintendo Switch, o jogador recebe uma quantidade de moedas douradas para usar em futuras compras. Cada moeda dourada vale um centavo na eShop, e a quantidade de moedas recebidas equivale a 5% do valor gasto na loja. Este é o My Nintendo, programa de recompensas da empresa. As moedas douradas têm validade de um ano, então é bom ficar de olho para não deixar passar a oportunidade de conseguir um desconto.

Países da América Latina, entre outros, não possuem uma loja acessível diretamente do console, portanto é impossível conseguir moedas douradas nestes locais. Mas isso não quer dizer que não se possa tirar alguma vantagem da situação.

A página do My Nintendo explica, em inglês, como funcionam as moedas douradas.
A página do My Nintendo explica, em inglês, como funcionam as moedas douradas.

Ao efetuar compras na loja de um país que envie um código de download por e-mail, é possível resgatá-lo em outra região. Por exemplo, jogos comprados na loja brasileira podem ser resgatados pelo Nintendo Switch mesmo se a conta estiver configurada como canadense ou estadunidense. Desta forma, cada jogo de R$ 300 ainda rendem US$ 3 em moedas douradas para serem gastas depois, o que já pode render quase um bom jogo indie.

Recomendamos que você, leitor, concentre suas moedas douradas em um único país sempre que possível, de forma a maximizar o desconto que poderá obter em compras futuras.

Compartilhe sua conta com um amigo

Que tal pagar apenas metade do preço daquele lançamento que você tanto deseja jogar? Ou mesmo um terço do valor? No Nintendo Switch, isto é possível, basta usar o compartilhamento de contas.

Junte-se a um amigo que também possua o console e faça login com sua conta no aparelho dele — ou use a conta dele no seu videogame. Assim, é possível que ambos dividam os jogos, pagando apenas uma vez e jogando em mais de um dispositivo.

Obviamente, há algumas limitações para este sistema, mas vale a pena se juntar a um amigo para compartilhar jogos de interesse comum, como já explicamos no Showmetech, motivo pelo qual incentivamos a leitura.

Boa jogatina

Agora que você já sabe várias formas de economizar com o seu recém-adquirido Nintendo Switch, que tal colocar estas dicas em prática? Agora é a hora de você aproveitar uma grande biblioteca de jogos incríveis!

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter