sxg1-b35https://www.showmetech.com.br/review-asus-zenfone-10/sig;sig=*MEQCIGvaN+Xt0nPxu1AyX/sw6cWQE1Z2QiLlbnRK74T+AEU1AiBz1UIYDlTaOFO6dPndhoIALEQvaHRl2AqFS9wdIiv+7w==*;integrity="digest/mi-sha256-03";cert-url="https://www.showmetech.com.br/cdn-fpw/sxg/cert.pem.msg.QgDU39X_YyPeZzmg54AwrtJzOVSIEHrHkYJVIuU_4Es";cert-sha256=*QgDU39X/YyPeZzmg54AwrtJzOVSIEHrHkYJVIuU/4Es=*;validity-url="https://www.showmetech.com.br/cdn-fpw/sxg/valid.msg.validity";date=1701598181;expires=1702033781DdateXSun, 03 Dec 2023 11:09:41 GMTDvaryOAccept-EncodingFcf-rayT82fb5bcd81a6041a-CDGFdigestX9mi-sha256-03=Vk5NrvsD91lMRpPaRlYnFAnWivz6ltR6SjNyJgAhsk8=FserverJcloudflareG:statusC200GexpiresXSun, 03 Dec 2023 11:09:38 GMTJcf-apo-viaKorigin,missJx-pingbackX(https://www.showmetech.com.br/xmlrpc.phpLcf-as-numberE16276Lcontent-typeXtext/html; charset=UTF-8Mcache-controlNmax-age=432000Mcf-edge-cacheXcache,platform=wordpressMlast-modifiedXSun, 03 Dec 2023 11:09:40 GMTMserver-timingXwp-before-template;dur=506.31Ocf-cache-statusGEXPIREDPcontent-encodingLmi-sha256-03Px-xss-protectionM1; mode=blockSx-server-powered-byIEngintronVx-content-type-optionsGnosniffXx-nginx-upstream-cache-statusDMISS@ REVIEW: ASUS Zenfone 10, o pequeno notável
Asus zenfone 10 em cenário com microfone e computador

REVIEW: ASUS Zenfone 10, o pequeno notável

Avatar de tiago rodrigues
Smartphone compacto premium da ASUS chega hoje ao mercado brasileiro. Com poucas mudanças externas e processador Snapdragon 8 Gen 2, vale a pena o investimento? Confira

Se tem uma coisa que me chama a atenção são smartphones compactos, e a ASUS mostrou que sabe fazer celulares menores como o excelente Zenfone 9, e agora apresenta seu novo Zenfone 10. O novo modelo traz atualizações sutis de design para o topo de linha da fabricante, mas engloba tecnologias atuais como o processador Snapdragon 8 Gen 2 e sistema operacional Android 13. Nos outros pontos, vamos ver que ele ainda segue como o melhor smartphone compacto do mercado, mas vamos ver se vale a pena frente aos demais modelos premium do mercado. Confira agora o review completo do Zenfone 10!

Design

Asus zenfone 10 na cor azul em cima da mesa ao lado de monitor
Face traseira do ASUS Zenfone 10 (Imagem: Bruno Martinez/ Showmetech)

Falar do Zenfone 10 sem mencionar seu antecessor é impossível. Afinal de contas, eles são o mesmo aparelho, mas com melhorias necessárias de um lançamento anual. Partindo da sua traseira, ele mantém o visual com duas câmeras gigantes e um acabamento de plástico reciclado muito bonito.

A diferença fica por conta dos elementos decorativos, como a logomarca da empresa e o novo posicionamento do nome “ASUS Zenfone”. De resto, manteve-se o mesmo design, sem qualquer diferença.

O corpo do aparelho é muito bem construído e com praticamente as mesmas medidas da versão anterior. No peso, tivemos um pequeno aumento, sendo agora 172g contra 169g do anterior. Isso faz do Zenfone 10 a atualização perfeita para os amantes de smartphones compactos, como eu.

No uso do aparelho, temos os mesmos botões de volume à direita, mas com um diferencial no botão de energia que já havia sido inserido na versão anterior. Chamado de ZenTouch, esse botão serve não apenas como um leitor de impressões digitais, mas também como um leitor de diversos gestos, seja para ligar a lanterna, rolar o feed da web ou redes sociais, ou simplesmente puxar a barra de notificações.

Parte lateral do asus zenfone 10
Parte lateral do Zenfone 10, com foco nos botões de volume e energia (Imagem: Bruno Martinez/ Showmetech)

É um recurso que funciona como uma bênção ou como uma maldição. É interessante no início e pode até ser útil, mas chega um momento que seu dedo começa a esbarrar por acidente ali e ativar sem você querer, portanto, em meu caso, o desativei após os testes.

Na parte inferior, o smartphone tem uma entrada USB-C para carregamento, com a gaveta para chips de operadora. Na parte superior, a saudosa entrada para fones de ouvido no padrão P2 de 3,5mm permanece, te dando mais opções para ouvir áudio do celular.

O Zenfone 10 chega ao Brasil em cinco cores: Starry Blue (Azul), Midnight Black (Preto), Aurora Green (Verde), Eclipse Red (Vermelho) e Comet White (Branco). Além do smartphone, a caixa ainda conta com um carregador de 30W, uma capinha, o cabo USB-C e os manuais.

Tela

Parte frontal do zenfone 10 com foco na sua tela super brilhante
A tela do Zenfone 10 é de excelente qualidade e contraste (Imagem: Bruno Martinez/ Showmetech)

Embora seja um smartphone pequeno, ele ainda se destaca muito com as tecnologias inclusas na sua tela. Alguns bons exemplos são a proteção Corning Gorilla Glass Victus, o HDR10+, display Super AMOLED e brilho de até 1100 nits quando no seu pico.

E quão pequeno é o modelo? A tela tem 5,9 polegadas — pouco menos que as 6,1 polegadas do iPhone 15 e Galaxy S23 — com resolução Full HD+ (1080×2400 pixels), uma combinação perfeita para esse modelo. Quanto à taxa de atualização, ela suporta até 144Hz, mas tamanha velocidade só é atingida em jogos específicos. A configuração padrão fica entre os 60Hz ou 120Hz — o que já é ótimo, convenhamos.

Seja na rolagem do feed do Instagram ou na reprodução de vídeos no YouTube e serviços de streaming, além de não termos nenhum tipo de engasgo, as cores ficam ótimas e de fácil uso, já que ele é super compacto. Claro, nos games ela também não fica devendo em nada e em jogos específicos consegue atingir até incríveis 144Hz na taxa de atualização, algo bem impressionante para um smartphone.

Bateria

Carregador de 30w hypercharge do asus zenfone 10
Carregador do aparelho (Imagem: Tiago Rodrigues/ Showmetech)

O Zenfone 10 é realmente uma melhoria incremental do ano anterior. A bateria também não traz nenhuma novidade e se mantém com 4300 mAh, que aguentam um dia puxado de uso com facilidade. A boa otimização do sistema faz diferença aqui para termos esse desempenho, mas fica o aviso, ele chega no fim do dia pedindo misericórdia e implorando por uma tomada.

Agora se o seu uso for um pouco mais tranquilo, dá para chegar fácil a quase dois dias completos fora da tomada. Pela ideia de ser um aparelho menor, não teria como colocar uma bateria tão grande aqui. Contudo, a sensação de estar usando o mesmo aparelho permeia minha pessoa a cada novo tópico que testo.

Até mesmo o carregador é o mesmo: um modelo de 30W da linha HyperCharger, longe de ser ruim, mas no meio desse mar de mesmice, fica sendo só mais um item da lista.

Desempenho e interface

Asus zenfone 10 sendo segurado por homem
REVIEW: ASUS Zenfone 10 (Imagem: Bruno Martinez/ Showmetech)

É aqui onde o Zenfone 10 tem suas principais novidades e seja seu único motivo de real existência. O processador escolhido é o poderoso Qualcomm Snapdragon 8 Gen 2, o SoC topo de linha da empresa para 2023. Para auxiliar na tarefa de desempenhar tudo sem travamentos, testei a versão com 16GB de RAM e 512GB de armazenamento UFS 4.0 — que possui o dobro de velocidade de leitura em relação ao padrão UFS 3.1, utilizado no modelo do ano passado.

As tecnologias de refrigeração usadas no modelo anterior voltam aqui, usando uma câmara de vapor. Isso faz do Zenfone 10 um aparelho perfeito para games e tarefas mais pesadas, mantendo sempre uma boa temperatura, mesmo sob pressão. Por ter muita memória RAM, nenhum app vai fechar enquanto você o usa. Por ter um armazenamento no padrão UFS 4.0, apps e atualizações são instaladas bem mais rápido, assim como a função de mover arquivos de uma pasta para a outra.

Isso tamb*k rB 2rJǤǸ^:.qvlém faz uma grande diferença nos games, afinal com um bom hardware, os softwares tendem a apresentar um melhor desempenho. Jogos como Genshin Impact rodam muito bem, mesmo com tudo no máximo. Isso tudo sem que o smartphone esquente na sua mão, sinal que o sistema de resfriamento realmente funciona.

Ao entrar nos games, o modo de jogo é ativado e nele você consegue configurar todas as suas preferências, que vão desde desativar notificações enquanto joga até usar todo o poder da CPU e GPU do aparelho. Bem útil e interessante de explorar. Não senti lags ou travamentos ao navegar pelo sistema e por redes sociais — pelo contrário, continua como um dos melhores smartphones para esse tipo de tarefa. O bom trabalho de otimização da ZenUI, baseada no Android, também faz toda a diferença aqui.

A ZenUI passou por uma reformulação esse ano. A partir da versão baseada no Android 13, ela tem um pouco mais de identidade e deixa você decidir se quer usar o sistema com a cara da ASUS ou do Google, algo que particularmente adorei.

Essas opções se espalham para o sistema de volume, área de notificações, tela inicial e entre outras do aparelho. Contudo, o mais interessante para mim é ver como esse software evoluiu ao longo dos anos, de um sistema poluído e cheio de apps desnecessários para uma interface super avançada e esteticamente simples.

Câmeras

Asus zenfone e astronanuta no fundo
Parte traseira do Zenfone 10 (Imagem: Bruno Martinez/ Showmetech)

Assim como vários outros tópicos que falamos desse smartphone, as câmeras também entram na lista de coisas que não sofreram praticamente nenhuma mudança do modelo anterior para esse aqui.

A única melhoria real nesse tópico fica para a câmera de selfie, mas de resto, temos as mesmas lentes e as mesmas tecnologias. Não me entenda errado, são ótimas aplicações da câmera, principalmente com vídeo e o modo gimbal, mas de novo, me fez questionar o porquê desse aparelho estar sendo lançado.

Câmera frontal

Na versão anterior, tínhamos uma lente de 12MP, capaz de fazer boas selfies e com boas cores. No Zenfone 10, isso se repete, mas com um pouco mais de detalhes e agora com o Quad Pixel melhorado, afinal são 32 MP.

A abertura é de f/2.5, bem semelhante à vista no Zenfone 9 e esses são os destaques no novo modelo. Nos vídeos, ele consegue atingir no máximo 1080P (Full HD) com 30 quadros por segundo, longe de ser ruim, mas convenhamos que por ser um topo de linha, daria para ter um 4K aqui.

Câmera traseira

Cachorro branco em cima do sofá
Fotos ficam com qualidade bem satisfatória (Imagem: Tiago Rodrigues/ Showmetech)

Já na câmera traseira, a única novidade é o aumento de 12MP para 13 MP na câmera ultra-wide — sim, apenas 1 MP de diferença. O restante é a mesma configuração, com duas lentes, a principal com 50MP com sensor da Sony que entrega ótimos resultados, exceto no escuro.

Já a lente ultrawide, embora tenha ganho mais 1MP de melhoria, na prática, não mudou nada. Isso significa que ela vai ser uma boa câmera secundária para quando precisarmos de um enquadramento mais amplo, mas nada que já não vemos o tempo todo em smartphones mais simples.

O grande destaque das câmeras traseiras fica, na verdade, para os vídeos. Assim como no ano passado, esse novo Zenfone conta com um sistema de gimbal embutido, permitindo uma maior estabilização de imagem em seus vídeos. Pelo seu tamanho, poder gravar com alta qualidade e ainda sem tremer nada nada é algo bem interessante e faz toda diferença.

Diferente da câmera frontal, os vídeos traseiros alcançam até 8K e com ela é possível fazer cenas de cinema, se assim você desejar. É claro que isso também demanda conhecimento na área, mas é com certeza o grande destaque aqui.

Áudio

Como um bom top de linha, o Zenfone 10 continua a nos agraciar com dois alto-falantes estéreo de excelente qualidade. Eles são ótimos para consumir todo tipo de entretenimento e se saem muito bem nas músicas.

A ASUS, diferente de boa parte do mercado, não usa o Dolby Atmos, mas sim o DIRAC Audio. Essa certificação garante um aprimoramento de áudio tão bom quanto o Dolby Atmos, além de opções de personalização de equalização e configurações de fones de ouvido específicos.

Outro diferencial ótimo para o Zenfone 10 é contar com uma saída de fones com fio no padrão P2 de 3,5mm. Graças a essa conexão, você pode tanto usufruir de um bom fone bluetooth e também de excelentes fones com fio, se assim preferir.

Conclusão e disponibilidade

Asus zenfone 10 sobre a mesa
ASUS Zenfone 10 (Imagem: Bruno Martinez/ Showmetech)

O Zenfone 10 é, com certeza, um excelente smartphone e segue sendo o melhor smartphone compacto que temos no mercado. A ASUS repetiu a receita de sucesso do modelo anterior e fez dele quase como se fosse um Zenfone 9 “2.0”, algo que é bom e ruim na mesma proporção.

Essa decisão impacta justamente no motivo desse aparelho existir. É um padrão as marcas lançarem seus aparelhos todos os anos, mas a partir do momento que a única diferença entre um ano e outro é a atualização de processador, fica o questionamento se o produto adquiriu maturidade para uma atualização tão incremental.

Não me entenda mal, é um dos melhores smartphones do mercado, principalmente se você está em busca de um pequeno aparelho. Além disso, se você não tem o Zenfone 9, essa é uma escolha ainda melhor. O meu ponto é que talvez esse modelo pudesse ter esperado um pouco mais e quem sabe nos trazer mudanças mais interessantes.

O Zenfone 10 foi lançado oficialmente no Brasil hoje (31) pelo valor de R$5.399 na versão com 256 GB de armazenamento e 8GB de memória RAM, e vale a pena para quem quer atualizar seu smartphone com mais de 2 anos. Quem sabe no ano que vem não tenham evoluções maiores, não é mesmo?

Especificações técnicas

Asus zenfone 10 na mão de um homem branco
ASUS Zenfone 10 é um ótimo smartphone compacto (Imagem: Bruno Martinez/ Showmetech)
MarcaASUS
ModeloZenfone 10
Dimensões146.5 x 68.1 x 9.4 mm
TelaSuper AMOLED de 120Hz e HDR10+;
5,9″ com resolução 1080 x 2400 px e brilho de até 1100 nits;
Proteção Corning Gorilla Glass Victus;
Suporte a 144Hz em jogos específicos
Peso172g
ProcessadorQualcomm SM8550-AB Snapdragon 8 Gen 2 (4 nm)
Câmeras traseiras50 MP, f/1.9, 24mm (wide), 1/1.56″, 1.0µm, multi-directional PDAF, gimbal OIS;
13 MP, f/2.2, 120° (ultrawide), 1/3.06″, 1.12µm
Câmera frontal32 MP, f/2.5, (wide), 1/3.2″, 0.7µm
Memória128GB 8GB RAM, 256GB 8GB RAM, 256GB 16GB RAM, 512GB 16GB RAM;
UFS 4.0
Sistema operacionalAndroid 13 com ZenUI
ConectividadeWi-Fi 802.11 a/b/g/n/ac/6e/7, tri-band, Wi-Fi Direct;
Bluetooth 5.3, A2DP, LE, aptX HD, aptX Adaptive;
GPS (L1+L5), GLONASS (L1), BDS (B1I+B2a), GALILEO (E1+E5a), QZSS (L1+L5), NavIC (L5);
NFC;
USB Type-C 2.0, OTG;
Sensor de impressão digital (lateral), acelerômetro, giroscópio, proximidade, bússola
Bateria4300 mAh
Carga30W no carregamento com fio;
PD 3.0, PPS, QC4;
15W na carga sem fio;
5W carga reversa com fio;
Carregador de 30W incluso na caixa
Resistência a águaSim, IP68 (proteção contra água e poeira e resistente a um mergulho de até 1,5M por 30 minutos)
CoresStarry Blue (Azul), Midnight Black (Preto), Aurora Green (Verde), Eclipse Red (Vermelho) e Comet White (Branco). 
Preço

REVIEW: ASUS Zenfone 10

REVIEW: ASUS Zenfone 10
7 10 0 1
O Zenfone 10 sucede as ótimas características do antecessor e aprimora com muita sutileza onde o antigo falhou. Para quem está com modelos mais antigos, a troca faz bastante sentido e aqui temos um smartphone com tecnologia de ponta. Por outro lado, jogar tanto no seguro nesse modelo é um problema para quem gosta dos smartphones da marca e nos faz questionar se a inovação acabou nesse segmento para a ASUS.
O Zenfone 10 sucede as ótimas características do antecessor e aprimora com muita sutileza onde o antigo falhou. Para quem está com modelos mais antigos, a troca faz bastante sentido e aqui temos um smartphone com tecnologia de ponta. Por outro lado, jogar tanto no seguro nesse modelo é um problema para quem gosta dos smartphones da marca e nos faz questionar se a inovação acabou nesse segmento para a ASSaIQ%rp]!B ^z' ?US.
7/10
Total Score
  • Design
    9/10 Incrível
  • Tela
    10/10 Excelente
  • Bateria
    7/10 Bom
  • Desempenho
    4/10 Aceitável
  • Câmera traseira
    7/10 Bom
  • Câmera frontal
    7/10 Bom
  • Áudio
    8/10 Ótimo

Prós

  • Design compacto menor que 6"
  • Tela e desempenho excelentes
  • Bons alto-falantes estéreo

The Bad

  • Carregador poderia ser um pouco mais rápido
  • Joga muito no seguro
  • ZenTouch não é tão interessante assim

Inscreva-se para receber nossas notícias:

1 comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados