Exemplo de novo rg

Novo RG terá QR Code e chega até 2023; veja o que muda

Avatar of victor pacheco
O novo RG contará com o código que está nos passaportes e deve ser implementado até março do ano que vem. Confira as mudanças no documento

Como uma forma de evitar fraudes e permitir uma maior segurança, o Governo Federal anunciou a implementação de um novo RG que é bastante diferente do documento que conhecemos atualmente. A grande novidade fica por conta do código MZR, o mesmo que está nos passaportes e pode ser lido por um leitor digital de forma simples e sem a necessidade de internet.

Os Estados brasileiros e o Distrito Federal têm até março de 2023 para que a novidade seja implementada em todo o território nacional. Veja as novidades e o que acontecerá com a atual carteira de identidade que usamos em nossa rotina.

Por que teremos um novo RG?

Governo federal anunciando nova carteira de identidade em cerimônia de imprensa
Governo Federal espera acabar com fraudes ao realizar lançamento de novo RG (Foto: Agência Brasil)

A novidade do Governo Federal é uma forma de evitar que uma pessoa tenha diferentes números sempre que um novo documento for solicitado em um Estado diferente. Isso porque, quando solicita a emissão de um novo RG em um outro Estado, a pessoa recebe uma numeração diferente da que estava no documento emitido originalmente.

Gradativamente, deixaremos de ter uma carteira de identidade para cada estado. Hoje em dia, são 26 estados e o Distrito Federal, cada um com sua carteira. Isso vai acabar. Haverá uma identificação única do cidadão

 Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria-Geral da Presidência da República.

A segurança também será maior, já que haverá um código QR que poderá ser lido mesmo que não haja internet no local. O novo documento será emitido pelas secretarias de Segurança Pública dos 26 Estados brasileiros e do Distrito Federal, com a validação acontecendo pelo sistema Gov.br.

CPF e mais informações estarão em novo RG

Além de receber uma nova carteira de identidade em plástico, todos os cidadãos brasileiros poderão acessar o mesmo documento por meio do aplicativo Gov.br. O CPF será a única identificação numérica presente no novo RG e a validação de segurança será feita por meio de um QR Code especial.

Imagem de novo rg que será lançado a partir de 2023
Governos e cidadãos poderão validar documento mesmo que não possuam internet (Foto: Reprodução/Agência Brasil)

A maior novidade fica por conta do uso do código MZR, o mesmo que está presente em passaportes. Isso permitirá que com o mesmo documento os brasileiros possam viajar para países do exterior.

Entretanto, há exceções: o novo RG será aceito apenas em países do Mercosul (Argentina, Paraguai, Uruguai e Venezuela) e como uma forma de acelerar a validação do documento, com o passaporte ainda sendo utilizado em viagens para demais países. Estas são as informações que estarão presentes no novo RG:

  • Armas da República Federativa do Brasil, a inscrição “República Federativa do Brasil” e a inscrição “Governo Federal”;
  • Identificação do ente federativo que a expediu;
  • Identificação do órgão expedidor;
  • Número do registro geral nacional;
  • Nome, a filiação, o sexo, a nacionalidade, o local e a data de nascimento do titular;
  • Número único da matrícula de nascimento ou de casamento do titular ou, se não houver, de forma resumida, a comarca, o cartório, o livro, a folha e o número do registro de nascimento ou casamento;
  • Fotografia, em proporção que observe o formato 3×4 cm, de acordo com o padrão da Organização Internacional da Aviação Civil (OACI), a assinatura e a impressão digital do polegar direito do titular;
  • Assinatura do dirigente do órgão expedidor;
  • Expressão “Válida em todo o território nacional”;
  • Data de validade, o local e a data de expedição do documento;
  • Código de barras bidimensional no padrão QR Code;
  • Zona de leitura mecânica, de acordo com o padrão estabelecido pela OACI.

Carteira de identidade atual segue válida

O Governo Federal anunciou que o documento que você tem em casa ainda segue válido pelos próximos 10 anos no caso de ter até 60 anos de idade. Para pessoas com mais de 60 anos, a validade do atual documento é vitalícia.

Pessoa segurando rg sem o número de cpf
Novo documento deve ser emitido a partir de 2023, mas atual RG vale por mais 10 anos para quem tem até 60 anos (Foto: Reprodução/Internet)

Os Estados devem se adequar às mudanças até o dia 06 de março de 2023 e o novo RG terá validade de dez anos, contados a partir do ano de emissão. O decreto, que já foi assinado pelo presidente Jair Bolsonaro, entra em vigor a partir do dia 01º de março. A troca será gratuita.

O que achou da novidade do Governo Federal para evitar fraudes? Diga pra gente nos comentários!

Veja também

Ainda no assunto de viagens internacionais, confira os detalhes sobre a participação do Brasil no programa que facilita a entrada de brasileiros nos EUA.

Fonte: Agência Brasil

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
18
Shares
8 comentários
  1. É muito bom mesmo cuando nós podemos ajudar ao nosso prosmo e quem a jurda ó seu irmão essa pessoa ela será muito eportante pra Deus é isso aí que Deus nos abençoe sempre e a Mem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados