Onde Fui Roubado? Site colaborativo ajuda no combate ao crime

Onde Fui Roubado? Site colaborativo ajuda no combate ao crime
Onde Fui Roubado? Site colaborativo ajuda no combate ao crime.

onde-fui-roubado-fortaleza

boletim de ocorrência é um dos documentos mais importantes produzidos pela Polícia Civil. Ele é utilizado pelos órgãos com a finalidade de formalizar a notícia crime, ou seja, de transcrever os fatos para a autoridade policial.

São as informações contidas no B.O. que levarão a polícia a desencadear uma série de ações visando não apenas resolver o crime em questão, mas também fundamentar ações de prevenção e repressão a crimes e adoção de medidas voltadas para a segurança pública.

Pensando em facilitar esta ideia, uma nova plataforma colaborativa foi criada. Trata-se do site “Onde Fui Roubado“, ferramenta de registro de ocorrências criminais que se têm demonstrado uma poderosa aliada para captar dados sobre ações criminosas e ajudar órgãos responsáveis no combate ao crime.

Para registrar uma ocorrência o usuário acessa o formulário de denúncia de sua respectiva cidade, logo em seguida, preenche um formulário com informações básicas e interessantes sobre o acontecido, como: local, data, horário, objetos que foram levados, etc. A denúncia é totalmente anônima e, ao ser registrada no sistema, ajuda a mapear ocorrências criminais, como roubos e furtos ocorridos em uma região.

Moradores podem pesquisar sua cidade para encontrar dados como o ranking dos bairros mais vilentos, tipos de assaltos mais comuns e ocorrências/localidades mais recentes.

onde fui roubado ranking crime sao paulo
Ranking dos bairros mais violentos de São Paulo, segundo o site.

Segundo o próprio site, “ajudar a mapear o perfil dos crimes que acontecem em sua cidade é uma ação que pode trazer uma série de benefícios, inclusive chamar atenção das autoridades responsáveis pela segurança em sua cidade a usar as informações aqui registradas em seu trabalho de combate e prevenção”.

Os responsáveis pelo site estão surpresos com a adesão da população à ferramenta. “Não esperávamos que seria tão rápido assim. Em um único dia, tivemos muitas denúncias”, afirma um dos desenvolvedores, garantindo que o número de pessoas que estão utilizando a ferramenta está crescendo rapidamente.

Apesar do sucesso com o público, os estudantes não param de trabalhar no projeto e garantem melhorias sempre. “A gente lança atualizações periódicas, inclusive temos uma lista de novos recursos para o site. A ideia é que a gente vá melhorando sempre. Nunca parar de produzir”, afirma.

Com esse pensamento, os dois já estão desenvolvendo o aplicativo para smartphones. O primeiro app que ficará pronto será para o sistema operacional iOS. Logo em seguida, os dois trabalharão com a plataforma Android.

Para conhecer, visite o Onde Fui Roubado.

 

 

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter