Ter um PC Gamer é mesmo essencial para quem quer entrar nos e-sports?

Ter um PC Gamer é mesmo essencial para quem quer entrar nos e-sports?
Com os e-sports cada vez mais rendendo mais dinheiro, muitos sonham em entrar no meio, mas ficam em dúvida se precisam de um PC Gamer para entrar

Uma dúvida recorrente entre os fãs de e-sports que sonham em entrar para o cenário competitivo é o montante de investimento necessário para se dar bem nos treinos e nos jogos. Montar um PC Gamer é mesmo essencial? É possível conseguir um bom desempenho em PCs mais fracos? Com algumas estratégias, é possível se tornar um profissional gastando bem pouco.

Games como Fall Guys e Among Us, que se transformaram em sucessos gigantescos nos últimos meses, estão aí para mostrar que é possível rodar os jogos da moda em computadores mais fracos. Mesmo que não tenham uma cena competitiva estabelecida, ainda há a possibilidade de ganhar dinheiro com streaming e economizar para montar um setup mais elaborado, uma boa alternativa para os iniciantes.

Jogos competitivos otimizados para várias máquinas

pc gamer fallguys
Fall Guys é um dos principais exemplos de jogos que rodam em pcs com configurações mais baixas.

Além dos jogos indie, existem vários games competitivos que rodam em computadores que não são montados especificamente para este fim e até em alguns modelos de all-in-one, que economiza bastante espaço no ambiente dos jogos. O exemplo mais clássico é o CS:GO, que ainda mobiliza milhões de jogadores e espectadores, mas não exige tanto desempenho da máquina. 4 GB de RAM são suficientes para conseguir boa qualidade.

A versão Lite do PUBG é outro exemplo, por ser uma adaptação feita pelos desenvolvedores para computadores de menor desempenho, justamente para atrair mais jogadores e tornar a cena ainda mais competitiva. Também vale citar o League of Legends, que foi lançado em 2009 e, por isso, roda em praticamente qualquer computador básico de hoje em dia.

Outra opção para quem quer competir nos e-sports sem um PC gamer são os card games, como Legends of Runeterra, Hearthstone e Magic: The Gathering Arena. Como os jogos são baseados nas coleções de cartas e nas estratégias, nenhum deles exige muito desempenho dos computadores.

Celulares são uma opção

pc gamer call of duty

Cada vez mais e-sports móveis, os jogos para celulares e tablets, tem ganho forças, o que pode ser a melhor opção para entrar nesse universo sem gastar nada. O Clash Royale, por exemplo, roda até em celulares mais básicos e algumas competições chegam a premiar em mais de um milhão de reais os vencedores. Além dele, também tem o Call of Duty Mobile, o Brawl Stars, Free Fire, o Clash of Clans e muitos outros.

Analisando a grande gama de opções disponíveis para os que desejam competir, é possível afirmar que não é essencial ter um PC gamer para entrar nos e-sports. Os jogadores iniciantes podem se aproveitar da diversidade de jogos para computadores mais fracos e celulares para começar a trajetória e, com o tempo, evoluir profissionalmente e adquirir equipamentos melhores.

Fonte: Depositphotos

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter