iPhone X: primeiras impressões começam a ser publicadas

iPhone X é apresentado como o "futuro dos smartphones"
O mais novo modelo de iPhone tem aspectos como câmera, bateria, tela e identificação facial testados e analisados

NakDGPRdJmZWvkrTwN3Yq 720x405 - iPhone X: primeiras impressões começam a ser publicadas

O período de pré-venda para o iPhone X já se iniciou nos Estados Unidos e enquanto muitos fãs da Apple já estão ansiosos para receber os novos aparelhos em mãos, alguns poucos já podem aproveitar o lançamento da empresa. Steve Levy é um desses sortudos. Ele faz as “primeiras impressões” desde a primeira versão do iPhone. Não é de se espantar que Steve tenha recebido o seu com antecipação. E suas primeiras impressões já foram publicadas.

Tim Cook anunciou que o iPhone X representa o futuro no mundo dos smartphones. Com tecnologias mais avançadas, especialmente no campo da realidade aumentada, o novo modelo definitivamente abre caminho para uma mudança no campo de jogos. Mas será que o iPhone X é realmente algo além de uma inovação em relação aos modelos anteriores?

O tamanho que cabe no bolso

Já direto da caixa há muito o que se admirar no aparelho, principalmente em relação a sua tela. O aumento no tamanho das telas vem sendo um aspecto bastante focado nos últimos anos e apesar de agradar muitos usuários, as vezes acaba se tornando um problema em relação ao tamanho do smartphone em geral. Sim, gostamos de tela grande, mas não gostamos de carregar smartphones tão grandes no bolso.

A Apple traz com o iPhone X uma ideia realmente valorizada nesse aspecto. O tamanho geral do iPhone X é um pouco maior do que do iPhone 8, mas a tela tem praticamente o mesmo tamanho do iPhone 8 Plus, com 5,8 polegadas. A Super Retina também chega como uma novidade bastante interessante, e que por si só, pode ser um bom motivo para adquirir o aparelho.

dual cameras dual ois large 720x360 - iPhone X: primeiras impressões começam a ser publicadas

Claro que a escolha de cobrir praticamente toda a parte frontal do aparelho com a tela teve suas consequências. Alguns detalhes do smartphone como câmera e flash frontal, sensores e microfone obviamente precisam estar ali, e a solução da Apple foi integrá-los em uma pequena “barra” frontal superior, conhecida como “The Notch”. Steve afirma que com o tempo o usuário acaba se acostumando a ela, mesmo que seja estranho inicialmente.

Seu rosto, sua senha

Outra consequência é a retirada do botão inicial, um detalhe constante em todos os modelos do iPhone até então. Essa é outra mudança que muitos usuários irão estranhar no começo e se acostumar com pouco tempo. Deslizando o dedo para cima na tela traz a tela inicial do aparelho, e deslizando o dedo para cima e segurando por alguns segundos, traz a tela de aplicativos abertos.

E com a retirada do botão, vem também a substituição da identificação através de impressão digital para a nova identificação por reconhecimento facial. Com ela, as características do seu rosto se tornam sua senha, e segundo Steve a nova tecnologia funciona muito bem.

Após ter testado com alguns dos seus amigos, o sensor da Apple não permitiu acesso a nenhum deles. As vezes o aparelho não reconheceu nem mesmo o próprio rosto do dono, mas segundo a Apple isso deve ter acontecido porque o sensor não determinou um contato visual suficiente.

Câmera: mudanças que qualquer um pode notar

A câmera do iPhone X apresenta uma melhora significativa e embora Steve deixe claro que não é um fotógrafo experiente e não possui conhecimento técnico para esse assunto, essa diferença é notável até mesmo para leigos. A opção para fazer vídeos em câmera lenta é uma das mais incríveis.

dual cameras hero large 720x512 - iPhone X: primeiras impressões começam a ser publicadas

Em relação a bateria, Steve notou que a promessa de uma melhora realmente aconteceu. Apple promete duas horas a mais de bateria em relação ao iPhone 7 e embora ele não tenha feito o teste de forma científica e precisa, notou que ao fim do dia o aparelho ainda estava em um bom nível de carga, diferente dos modelos anteriores que ele utiliza.

Veredito final

Em uma impressão final, Steve afirma que o novo iPhone X representa o início do que poderá ser feito no futuro com os smartphones. Isso acontece porque, dentre todas as novidades, ele traz uma nova visão do que poderá significar o uso de realidade aumentada nesses aparelhos.

No iPhone X é possível transformar seu rosto em um emoji com o serviço de Animojis, gravar mensagens dessa forma e enviar. Alguns aplicativos também fazem uso dessa tecnologia, como o jogo Machines, que permite que o usuário transforme a mesa da sala em uma arena de luta entre robôs e criaturas digitais.

Mas Steve frisa: por mais que isso seja bastante interessante e por mais que a Apple venha trazer suas tecnologias originais, é impossível que elas sejam vistas como uma mudança no mundo dos smarpthones até que a empresa permita que desenvolvedores de software de terceiros tirem proveito disso tudo.

Unboxings

Além disso, vários youtubers já foram convidados pela Apple para fazerem unboxing do iPhone X e postarem em seus respectivos canais. Vale ressaltar que esta é uma estratégia incomum para a Maçã, que nunca se importou muito com este tipo de publicidade. Veja abaixo alguns dos unboxings já publicados:

Salvar

Captura de Tela 124 - iPhone X: primeiras impressões começam a ser publicadas

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe seu comentário:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba Notícias por E-mail:

Share via