Qual é o melhor sistema de Smart TV: Android TV, webOS ou Tizen?

Com diversas opções no mercado, é importante conhecer o que cada sistema operacional de smart TVs pode oferecer. Entenda as diferenças entre o Tizen da Samsung, o WebOS da LG e o Android TV do Google, Sony e Philips.
smt-TV-P1
Com a alta das smart TVs, é importante conhecer melhor o que cada sistema operacional tem a oferecer

Depois de um período na penumbra, as TVs voltaram a figurar entre os eletrônicos preferidos da família. O ressurgimento se deve, em grande parte, à nova geração de Smart TVs, com modelos realmente inteligentes que se conectam a serviços de internet para fornecer conteúdo e notícias.

E, nessa nova fase, as maiores fabricantes do setor buscaram nos sistemas operacionais um diferencial para suas plataformas.

Mas você sabe diferenciar uma Smart TV pelo sistema operacional? Já ouviu falar de Tizen, Android TV ou Web OS? E a Apple TV, é um sistema novo? E isso faz alguma diferença para o consumidor? A gente explica, logo abaixo:

O que é o sistema operacional?

No início, as primeiras TVs inteligentes contavam com sistemas operacionais que variavam de modelo para modelo. O ponto positivo é que essas “Smart TVs” acumulavam mais e mais recursos a cada ano. Mas, numa espécie de ponto bem negativo, elas dependiam de suporte específico para cada app ou serviço disponível. Se você quisesse saber se o Netflix funcionava na sua nova TV, por exemplo, precisaria ler o manual e torcer para que a fabricante e a provedora do serviço de streaming mantiveram o suporte para aquele modelo.

Pensando numa forma de oferecer uma plataforma padronizada, com apps e serviços que funcionassem em todas as smart TVs, surgiram os primeiros sistemas operacionais para este tipo de aparelho. O Google, a Samsung e a LG lideraram o caminho, apresentando em 2014 os sistemas Android TV, Tizen e WebOS, respectivamente.

Em resumo, os 3 sistemas possuem finalidades similares: funcionam como plataforma para que desenvolvedores criem aplicativos e serviços; pretendem tornar o menu das novas TVs mais prático, belo e interativo; e garantem que a experiência seja similar, sempre que você usar uma smart TV do mesmo sistema.

Mas, eles possuem diferenças muito interessantes. Veja

Android TV

smt-Smarts-Android

Fabricantes de televisores normalmente são boas com hardware, mas sofrem para criar uma experiência boa de uso com software. Por isso, ao colocar o sistema Android em uma TV, o fabricante se beneficia dos anos de desenvolvimento de interfaces e aplicativos do Google.

Noutras palavras, você passa a ter na TV uma experiência similar de uso de aplicativos e pesquisa de informações pela internet, como já acontece com o smartphone. Além de exigir requisitos mínimos de hardware e funcionamento das fabricantes, o Google criou uma belíssima interface para as grandes telas, que consiste em um campo de pesquisas (por voz ou teclado), apps instalados e uma região central que reúne um mix de conteúdos baseados nos apps e pesquisas feitos pelo usuário.

Android TV 1
Android TV: apps, filmes e outros conteúdos, direto na tela inicial.

Entre os principais recursos, vale destacar a pesquisa de voz e o Google Now, como experiências centrais dos aparelhos. É possível pesquisar filmes, procurar jogos, encontrar novos aplicativos ou até mesmo perguntar a previsão do tempo. Os desenvolvedores da plataforma afirmam que o sistema não se limitará apenas a sugerir conteúdos e buscará solucionar além das dúvidas cotidianas, mostrando cards do Google Now. Ao longo prazo, a proposta da empresa é transformar a TV numa central de controle da casa conectada.

Google Play é outra parte importante do sistema, responsável por oferecer uma loja completa com filmes, seriados, aplicativos, músicas e jogos. E, claro, o usuário pode instalar serviços adicionais de vídeos ou música, como o Netflix, Spotify, Plex, etc.

Pontos positivos:

  • A experiência e os mesmos aplicativos do smartphone foram adaptados para funcionar com as grandes telas;
  • Conteúdo fornecido pela loja Google Play e outros apps;
  • Pesquisa por voz, com informações do Google Now;
  • Suporta o envio de vídeos, fotos, músicas e comandos de qualquer aparelho Android, iPhone, iPad ou computador com o navegador Google Chrome;

Pontos Negativos:

  • Apenas a Sony e a Philips produzem smart TVs com o sistema Android para o mercado brasileiro. A LG e a Samsung utilizam seus próprios sistemas.

webOS

smt-Smarts-webOS

Quando a LG trouxe o sistema WebOS ao mercado brasileiro, em março de 2014, a principal característica que a empresa destacou foi a da facilidade de navegação e usabilidade dessas smart TVs. A plataforma foi criada em resposta à crescente frustração do consumidor com a complexidade dessas TVs ditas “inteligentes”. O sistema se baseia na forma com que o usuário interage com a TV, por meio de uma interface intuitiva.

Durante a CES 2015, a LG apresentou a segunda versão do seu sistema operacional. Mantendo o foco na praticidade do uso, a nova versão da plataforma oferece melhorias, como o tempo de inicialização – que foi reduzido em até 60% – e o acesso aos conteúdos, que ficou ainda mais simples e rápido. No entanto, o isolamento da plataforma faz com que alguns aplicativos fiquem desatualizados e deixem de funcionar.

LG WebOS interface
WebOS: interface rápida e descomplicada.

Entre as vantagens do WebOS, está a função Quick Settings, que permite que os usuários ajustem a TV sem interromper o que estão assistindo. Outra função interessante é o Input Picker, que permite o reconhecimento instantâneo dos dispositivos conectados à TV, para uso imediato. Os consumidores da tecnologia webOS 2.0 também têm acesso a conteúdos exclusivos em resolução ULTRA HD 4K, incluindo séries e filmes de sucesso.

Pontos Positivos:

  • Bela interface, pensada em descomplicar o uso de smart TVs;
  • Tem troca instantânea de canais e reconhecimento de dispositivos conectados;
  • Será atualizada para o WebOS 3.0 já no início de 2016;
  • Possui loja com conteúdo 4K (Ultra HD).

Pontos Negativos:

  • Disponível apenas em smart TVs da LG, o que limita a vontade de desenvolvedores em criarem novos apps para a plataforma.

Tizen

smt-Smarts-Tizen3

A Samsung também aproveitou a CES 2015 para anunciar que as novas smart TVs da empresa passariam a utilizar o sistema operacional Tizen. O sistema, de código aberto, foi desenvolvido pela Linux Foundation em parceria com a Samsung, Panasonic e a Intel. Para fomentar a criação de aplicativos, o Tizen facilita o desenvolvimentos de aplicações nativas, sem deixar de lado na flexibilidade do uso de HTML5. Essa característica faz com que seus aplicativos tenham potencial para contemplar diversas plataformas diferentes.

Isso faz com que a conectividade seja uma das principais características do sistema Tizen, que permite que a TV compartilhe dados via Bluetooth e Wi-Fi com smartphones e outros gadgets. Neles, também será possível assistir o que está passando na televisão (mesmo quando ela estiver desligada). A interface usada pela Samsung toma como base uma série de ícones organizados na parte inferior da tela. Cada um deles se refere tanto a uma função específica (como escolher a conexão utilizada, por exemplo) quanto a um aplicativo, como o Amazon Video on Demand ou o Netflix.

Tizen
Tizen: interface rápida e com suporte para jogos sem precisar de console.

Outro destaque do sistema Tizen é a Samsung Smart TV games, plataforma exclusiva para games que já está disponível em toda linha de smart TVs 2015. Por meio de uma parceria com a Gamefly, a Samsung incorporou o serviço de game por streaming, que possibilita aos usuários desfrutarem de uma lista de games como: Batman, Lego, Grid 2 e Pro Evolution Soccer, diretamente na TV sem a necessidade de um console.

Pontos Positivos:

  • Interface prática e rápida;
  • Tem troca instantânea de canais e reconhecimento de dispositivos conectados por WiFi ou Bluetooth;
  • Tem plataforma de games por streaming, dispensando consoles.

Pontos Negativos:

  • Disponível apenas em smart TVs da Samsung, o que limita a vontade de desenvolvedores em criarem novos apps para a plataforma.

E aí, qual sistema operacional combina mais com seu estilo de vida? Conta pra gente e aproveite para conferir nosso post com As melhores Smart TVs 4K deste natal.

17 Comentários

Clique aqui para postar um comentário

Deixe uma resposta

  • O sistema operacional da LG é o que há de melhor no mercado. O sistema é fluido e bem otimizado. A única dificuldade da LG é em oferecer mais parcerias significativas em um curto prazo. A tv já contém o Youtube, Netflix, Globo Play, Spotify, e o exclusivo para smartv’s ESPORTE INTERATIVO da tuner, e outros excelentes player’s de conteúdo no seu catálogo. Mas infelizmente ainda não aderiram a parceria com o Globosat Play (Gnt, multishow, e etc.), HBO GO, CN GO entre outros. A Samsung já tem o Globosat Play há vários meses em seu catálogo, e também tem os disponíveis na LG como o Netflix, Globo Play e etc…, só está faltando o GloboSat Play e HBO GO, para a TV LG ser perfeita.

    • Oi Max Egito!
      Será que vc poderia me ajudar? Vou comprar uma smart tv de 32 polegadas pro meu apartamento mas estou em dúvida entre a Samsung e a LG! Qual vc acha melhor? Nunca tive uma smart tá antes..

      • A melhor opção ainda é a LG com WebOS. A Samsung tem boas tvs, mas no quesito TV as melhores são LG, pois ela investe mais em inovação e tecnologia que a Samsung, que o seu foco são celulares. Não lhe aconselho comprar uma 32 porque nenhuma 32 no mercado é Full HD. Compre pelo menos uma de 40 ou 42 da LG. Mesmo que seu quarto seja pequeno, é um tamanbo ideal para quarto, passou disso, já não é ideal pra um quarto.

        E se for comprar da LG não compre com o sistema antigo. Compre com o web OS, olhe se tem escrito na caixa do produto, não seja ludibriada pelo vendedor. O sistema antigo o Netcast ainda está à venda em estoques de algumas lojas, e em 1 modelo das atuais, mas não compre, prefira o webOS. TVs LG costumam ser um pouco mais caras que Samsung mas valem mais a pena.

        • Comprei recentemente uma 49uh6500 com webOS 3.0. Gostei bastante da TV e escolhi a LG por questões técnicas e pela ótima reputação no que diz respeito à aparelhos que deram defeito… Curto a Samsung pra caramba, mas pra TV eu escolhi a LG e não me arrependi.

      • Não sei se já comprou, mas enfim…
        Tem um modelo novo da Samsung Full HD de 32′, mas é bem difícil de achar…
        Além disso, não existe uma diferença muito grande entre uma Full HD e uma só HD. Tanto que eles costumam fazer TVs HD para os modelos menores!
        O sistema da LG realmente é o melhor, mas em termos de hardware (sobretudo nas mais baratas) a Samsung se destaca!
        Se for utilizar a TV para games, fique atenta a taxa de atualização, pois nas LGs costuma ser 60, enquanto a Samsung usa 120.

    • Olá Max,
      você também poderia me ajudar também?
      Estou pesquisando sobre Smart tv para não ter dor de cabeça, mas tenho visto muitas reclamações sobre aplicativos que deixam de funcionar por falta de atualização por parte das marcas de Tvs. Pelo que vi as marcas de Tvs deixam de dar suporte aos aplicativos, deixando-os inutilizáveis. É exatamente isso que tem acontecido?
      Obrigada

    • Olá Max! Muito bom seu comentário, mas acho que se enganou com relação ao Spotify, a LG 498500 que tive veio com o Deezer instalado, que diga-se de passagem não presta, trava o tempo todo e na maioria das vezes nem abre. Tentei instalar o Spotify mas não tinha disponível.
      Abraço!

  • Estou em dúvida por conta de eu ter o TeleCine Play e o HBO Go e hoje precisar recorrer ao Notebook ou ao meu smartphone para tê-los. Quais deles têm esses dois aplicativos?

  • o webos praticamente não possui
    aplicativos apenas o básico e mais nada caso pense em comprar verifique a
    pobreza da loja de aplicativos do webos praticamente os únicos
    aplicativos uteis são netflix e youtube o skipe nao funciona mais por falta de suporte

  • Na minha LG com Webos apareceu o aplicativo da Globosat Play, instalei, mas ao entrar no mesmo fca sempre na mesma tela, de apresentação dos vídeos, não consigo entrar no menu para ativar. Adiantou nada.

  • samsung me desapontando ultimamente estou com um televisor e um celular de ultima geracao que perderam suas funcionalidades por fazer propaganda enganosa. tv sem skype e painel futebol e celular reiniciando frequentemente.

  • Estou pesquisando uma tv e tv android me atrai mais pela infinidade de aplicativos. O que adianta ter uma tv inteligente com aplicativos básicos e que não são atualizados nunca? Pelo menos Android tem sempre novidade e a usabilidade é igual ao smartphone.