Logo da qualcomm em uma placa de prédio

Qualcomm define estratégias para que consumidores entendam as vantagens da marca

Avatar of bruno martinez
Don McGuire, CMO da empresa, explica que a Qualcomm quer que consumidores entendam mais facilmente quando vantagens como boa câmera e alta potência do smartphone são do processador Snapdragon

A Qualcomm é uma das empresas mais conhecidas (se não a mais) no mercado de processadores mobile, e não há como negar que a plataforma Snapdragon entrega diversos benefícios para seus usuários. E você sabia que todos os avanços em smartphones são decorrentes do processador, em vez de um trabalho da marca? É claro que as fabricantes fazem suas devidas alterações, mas a empresa que produziu o chip e todas as tecnologias embarcadas tem papel fundamental na evolução dos smartphones.

Para divulgar o plano de marketing para o ano de 2022, a empresa convocou a imprensa brasileira em evento fechado com Don McGuire, CMO da Qualcomm, e foi possível saber que a Qualcomm apostará em dois pilares: o processador Snapdragon de um lado — com a atual separação da marca principal Qualcomm — e o atendimento a empresas na conexão de borda (Edge) do outro.

Como é de costume, a empresa também manterá a promoção de soluções de 5G e Inteligência Artificial, como produtos e serviços para consumidores e clientes empresariais. Confira todos os detalhes agora mesmo.

Plataforma Snapdragon

A Qualcomm anunciou que estará lançando mais soluções para os mais diversos tipos de público, além dos processadores — o maior foco de mercado da empresa. Não é de hoje que a empresa está investindo em outros mercados, mas o plano de marketing para 2022 será ainda mais abrangente. Isso inclui novidades para o mercado de realidade virtual, computação pessoal, automotiva e até mesmo jogos.

Plataforma snapdragon
Qualcomm quer ser conhecida como uma empresa que faz mais do que processadores para smartphones (Foto: Reprodução/Internet)

A Qualcomm optou por lançar novos processadores com o codinome Snapdragon devido à força da marca, mas cada um deles será focado para um mercado em específico. Veja:

Outro foco é a criação de submarcas que também utilizam o nome Snapdragon, mas que podem ser explicadas como soluções dentro dos novos processadores. Um exemplo é o Snapdragon 8 Gen 1 que, como você sabe, é mais focado para modelos de smartphones mais potentes, e conta com diversas funcionalidades focadas em um recurso específico. Entenda:

Snapdragon Insiders (Building Community)

Comunidades de fãs são ótimos espaços para que as empresas mantenham um alto engajamento e participação de mercado. A Qualcomm lançou a comunidade Snapdragon Insiders em outubro de 2021 para dar um espaço de discussão a seus usuários. O impulsionamento do uso está sendo feito por meio de promoções exclusivas e, até o final do ano, a empresa espera que o atual número de 5,4 milhões de inscritos chegue a 10 milhões.

Logo da comunidade snapdragon insiders
Comunidade já conta com mais de 5 milhões de participantes em cerca de um ano e meio de lançamento (Foto: Reprodução/Internet)

As ações do plano de marketing para 2022 incluem uma maior participação da marca para manter seus fãs engajados. De acordo com Luiz Tonisi, presidente da Qualcomm na América Latina, a empresa criou dois programas de Insiders apenas para esta região do mundo: um exclusivo em português e outro apenas em espanhol.

Os prêmios incluem até mesmo uma viagem com tudo pago para o Snapdragon Summit, evento em que a marca divulga todas as novidades e que sempre acontece no final do ano, no Havaí, EUA.

Parcerias com outras marcas

Mais do que atuar para uma maior participação no mercado com suas próprias soluções, a Qualcomm também está focada em fechar parcerias com empresas e profissionais de diversos mercados.

Imagem de solução de ra da qualcomm
Qualcomm fechou parceria com outras diversas empresas (Foto: Reprodução/Internet)

Uma delas é a Live Nation, empresa que organiza shows em todo o mundo e também está responsável pelo Rock In Rio do Brasil, que acontece em setembro. Além de oferecer experiências conectadas, a companhia está dando apoio em experiências com realidade virtual e aumentada. Confira outras empresas que fecharam a parceria com a Qualcomm e como o trabalho vem sendo feito:

  • Ferrari: todos os carros fabricados pela empresa italiana a partir de 2025 terão suporte para as tecnologias automotivas da Qualcomm. A parceria também inclui o patrocínio da equipe de Fórmula 1 da Ferrari;
  • Snapdragon Pro Series (ESL): a companhia está investindo em jogadores profissionais de jogos mobile, pois acredita que “jogar no smartphone é uma prática mais inclusiva, mais acessível, e com maior possibilidade de rentabilização”, afirma Don. É esperado que a mesma ação chegue ao Brasil ainda em 2022;
  • Snapdragon Stadium: sim, a Qualcomm investiu na construção de um estádio! Com inauguração prevista para setembro deste ano, o estádio de futebol americano está sendo construído no campus da San Diego State University em SDSU Mission Valley. A capacidade prevista é de 55 mil pessoas e e a empresa espera realizar jogos, shows e outras experiências com o apoio de suas soluções conectadas;
  • Snapdragon Automotive: além da parceria com a Ferrari, a empresa destinou mais de US$ 13 bilhões de dólares apenas para o desenvolvimento de soluções para carros digitais. Ainda é cedo para dizer como o trabalho será feito, mas a empresa anunciou os pilares Snapdragon Cockpit platform, Car-to-cloud, Ride platform e Auto connectivity platform dentro desta solução.

Através das nossas soluções, permitimos que as grandes corporações automobilísticas construam experiências personalizadas de uso no veículo, de forma a reforçar suas próprias marcas [e não deixar esse espaço apenas para Google e Apple].

Don McGuire, CMO da Qualcomm

Como fica o metaverso?

Durante o Qualcomm Summit do ano passado, que foi realizado em novembro, a empresa anunciou que fechou parcerias com Meta, Microsoft e outras companhias do ramo para seguir investindo em realidades virtuais. Seguindo com este mesmo propósito, um dos objetivos da Qualcomm é liderar a oferta de soluções para AR (realidade aumentada), VR (realidade virtual) e MR (realidades mistas de AR com VR).

Nossa missão é providenciar acesso ao Metaverso, independente de qual seja, por meio de algum dispositivo de baixo consumo de energia e alta performance com uma das plataformas Snapdragon da Qualcomm

Don McGuire, CMO da Qualcomm

A empresa anunciou o Snapdragon Spaces em novembro do ano passado, que pode ser definida como uma plataforma de desenvolvimento de softwares para o metaverso. Um investimento de US$ 100 milhões será destinado para empresas que criam soluções e aplicativos apenas para o metaverso.

Plano de marketing para aproximação de varejo brasileiro

Ao final da conversa, a Qualcomm anunciou que deseja ser mais presente dentro de lojas como Americanas, Magalu e Via Varejo por meio de mensagens que deixem os benefícios de seus produtos tão claros quanto as demais funcionalidades. Há diversas soluções que os clientes até possuem acesso, mas não sabem que o trabalho foi feito pela empresa que fabrica os processadores.

 Estamos tentando transformar as vantagens técnicas da Qualcomm em mensagens que mostram os benefícios reais delas para consumidores no seu dia a dia. Você verá não só nosso nome e logo, mas também os benefícios claramente indicados.

Don McGuire, CMO da Qualcomm

Com o nome de Brasil IoT Fund, a Qualcomm anunciou R$ 250 milhões apenas para serem investidos em startups brasileiras que atuam para aprimorar e criar soluções de internet das coisas (IoT).

Os Always Connnected PCs (também conhecidos como “notebooks sempre conectados”), que possuem suporte para redes 4G e 5G finalmente estão chegando ao Brasil por meio de parceiros que estão consolidados no mercado. Um deles é a Lenovo, mas outras fabricantes serão reveladas com o passar do ano.

Notebook com processador snapdragon 8cx gen 3
Notebooks com suportes para redes 4G e 5G e processadores da Qualcomm chegam ao Brasil ainda este ano (Foto: Reprodução/Qualcomm)

O presidente também comentou as iniciativas com empresa e parceiros locais para trazer soluções como o Wi-Fi 6 ao Brasil, e também sobre o desenvolvimento do primeiro smartphone Snapdragon (sem interferência de nenhuma outra empresa) no país: “A rede corporativa do futuro deve ser tão simples como um Wi-Fi”, afirma.

O que achou das estratégias da Qualcomm para o ano de 2022? Diga pra gente nos comentários!

Veja também

Enquanto o Snapdragon Phone não chega ao Brasil, veja o que achamos do fone de ouvido Bluetooth fabricado pela empresa, que conta com a solução Snapdragon Sound.

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados