Qualcomm e o Futuro da Mobilidade

Qualcomm
Conheça os três pilares que a Qualcomm se baseia para moldar o futuro da tecnologia e das comunicações móveis.

No último dia de apresentações da Qualcomm, em um evento especial realizado no Havaí, nos Estados Unidos, a empresa aproveitou para falar sobre o futuro dos dispositivos móveis.

Segundo a empresa, em 2019 o número de pessoas usando smartphones chegará a metade da população global (51,2%). Por essa razão, fica mais fácil compreender porque hoje são os dispositivos móveis que ditam as tendências da tecnologia que se estenderão a outros aparelhos eletrônicos.

Keith Kressin, vice presidente sênior de produtos da Qualcomm, definiu os 3 principais pilares dessa mudança: o advindo das redes de alta velocidade 5G, o amadurecimento da Realidade Estendida (RX) e a revolução da Inteligência Artificial.

Redes 5G

screenshot 20171209 105756 720x370 - Qualcomm e o Futuro da Mobilidade

Com a chegada das redes de alta velocidade 5G, será possível dar conta de uma quantidade muito maior de dados transitados pela internet. Isso facilitará a integração dos tradicionais computadores e smartphones com os recém chegados dispositivos conectados (também conhecidos como Internet das Coisas ou IoT, na sigla em inglês).

O padrão 5G é então pensado para dar conta de serviços críticos, conectividade móvel de alta velocidade, internet das coisas (IoT). O espectro alcançado pelo 5G atinge altas frequências (acima de 24GHz), médias (1GHz a 6GHz) e baixas (abaixo de 1GHz).

As soluções foram pensadas desde o modem localizado no processador de um dispositivo até as operadoras e antenas de distribuição de dados. Serão suportadas mais frequências, maior largura de banda, antenas com funções complementares de WiFi e GPS, além de uma otimização geral para essas novas tecnologias.

O modem da Qualcomm projetado para o 5G é o Snapdragon X50 5G, com arquitetura projetada para aproveitar bandas mmWave (60GHz).

A implantação dessas soluções já foi iniciada e já deveremos ver as primeiras operadoras globais oferecendo planos 5G já em 2019. Os smartphones, notebooks e outros dispositivos móveis com suporte para essas novas redes já chegam em 2018.

Realidade Estendida (VR/AR)

20171207 160647 720x405 - Qualcomm e o Futuro da Mobilidade

Carros e headsets VR se tornarão mais inteligentes, permitindo a visualização de informações através das lentes e para-brisas. Médicos, bombeiros e engenheiros poderão usar seus óculos de realidade estendida para realizar simulações e testes, bem como participar de reuniões e operações virtualmente.

Várias tecnologias ajudarão a melhorar a interação com essas realidades, como novos sensores de proximidade, profundidade e movimentos; displays mais precisos e com resolução UHD Premium, e interfaces personalizadas.

Segundo Keith, muitas dessas novidades chegarão aos consumidores dentro desta próxima década. Tudo depende do sucesso de alguns modelos e propostas de negócios.

Inteligência Artificial

A inteligência artificial passará a fazer parte de diversas aplicações relacionadas a mapas, direção autônoma, finanças, saúde, entretenimento, transportes, seguros e, principalmente, comunicações móveis. Todas essas áreas se beneficiarão dos avanços em tecnologias voltadas à inteligência artificial.

Segundo a Qualcomm, as suas soluções de inteligência artificial possuem três qualidades principais: baixa latência, privacidade e confiabilidade. E os próximos dispositivos móveis poderão contar com jogos mais imersivos, áudio intuitivo, além de apps de saúde e fitness mais inteligentes e personalizados para cada usuário.

Assim, por meio desses 3 pilares – redes de alta velocidade 5G, Realidade Estendida (XR) e Inteligência artificial é que a Qualcomm planeja moldar o futuro da tecnologia e das comunicações móveis , continuando a ditar tendências de mercado.

Comentários do Facebook

Share via