Receita da amazon é us$ 2 bi menor do que o esperado e mostra desaceleração

Receita da Amazon é US$ 2 bi menor do que o esperado e mostra desaceleração

Avatar of bruno martinez
Apesar de altos, lucros da Amazon não atingiram a meta. Mudança no comportamento do consumidor na hora da compra tem ligação com a queda

Nesta última quinta-feira (29), foi divulgada a receita da Amazon do último trimestre. Ao contrário de diversas outras grandes empresas, a Amazon teve queda em sua receita operacional. Os especialistas de Wall Street esperavam que a empresa atingisse os US$ 115,20 bilhões, mas ela fechou em US$ 113,08 bilhões, US$ 2 bilhões a menos.

Já o lucro por ação da companhia registrou US$ 15,12, o que foi acima do estimado, que era US$ 12,30 por ação. O lucro total ficou em US$ 7,8 bilhões. Em comparação ao relatório do segundo trimestre de 2020, a Amazon aumentou seus resultados em 27%. Na época, a empresa contabilizou US$ 88,9 bilhões de vendas e lucro de US$ 5,2 bilhões.

Prime Day e os próximos passos de Andy Jassy

Receita da amazon é us$ 2 bi menor do que o esperado e mostra desaceleração
Andy Jassy tem a missão de reerguer a receita da Amazon no próximo trimestre. (Imagem: David Paul Morris/Bloomberg/Getty Images/Reprodução)

Nem mesmo o Prime Day, dia importante para as vendas da empresa que aconteceu em junho e gerou US$ 250 milhões, conseguiu impulsionar a receita da empresa para além da meta. Tal fato se dá por conta da mudança nos costumes dos consumidores, que compraram muito mais em suas casas em 2020 do que neste ano, impulsionados pela pandemia da COVID-19. Desse modo, as ações da companhia não hesitaram em cair.

“Conforme o trimestre avançava, as pessoas se sentiam menos em casa à medida que as restrições e bloqueios diminuíam em algumas das nossas maiores geografias, incluindo os EUA e grande parte da Europa”, disse Brian Olsavsky, CFO da Amazon, a respeito da flexibilização do isolamento social em locais onde a pandemia está mais controlada.

Por outro lado, a Amazon Web Services (AWS), prestação de serviços de computação para desenvolvedores, aumentou a receita para US$ 14,8 bilhões nos últimos três meses. Chefiada por Andy Jassy, que agora também é o novo CEO da Amazon, o setor conseguiu ultrapassar os resultados do mesmo período no ano passado, que fechou em US$ 10,8 bilhões.

“Vimos o crescimento da AWS reacelerar à medida que mais empresas apresentaram planos para transformar seus negócios e migrar para a nuvem”

Andy Jassy, CEO da Amazon e da AWS, sobre os lucros do serviço em nuvem.

Sob o comando de um dos maiores nomes da atualidade, Jassy tem a missão de trazer o sucesso da AWS para toda a corporação. Acredita-se que a Amazon busque o prejuízo e volte a acelerar no próximo trimestre, no qual especula uma receita de vendas entre US$ 106 bilhões e US$ 112 bilhões, o que seria um aumento de 10% a 16% em relação aos resultados do mesmo período no ano passado.

Veja também

Acesse também outras notícias relacionadas no Showmetech, como os resultados financeiros da AMD, que cresceu 99% ano a ano.

Fontes: Business Insider | The Verge

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados