Review: HyperX Cloud Stinger S, um headset custo x benefício de respeito

O HyperX Cloud Stinger S foi anunciado recentemente e trazemos um review completo sobre o fone
O Cloud Stinger S é um headset gamer com bons sons e design, mas peca um pouco no microfone

Anunciado recentemente, o Cloud Stinger S é o novo headset de entrada da linha Stinger da HyperX e chega com a proposta de entregar bons sons, conforto e um belo visual. Com ele não há muito mistério, é só conectar no PC ou no celular e pronto, os drivers são instalados automaticamente e já entregam bons resultados ao usuário.

A HyperX enviou gentilmente o Cloud Stinger S à redação do Showmetech, e depois de vários dias de uso trazemos um review recheado de informações a respeito deste headset gamer.

Design

O headset possui um visual minimalista, sem grande impacto e muito discreto, longe de alguns modelos mais chamativos. Essa escolha dá o tom certo para o que o usuário já deve esperar em termos de qualidade: um fone simples porém robusto por dentro e por fora.

Sua construção é em grande parte feita de plástico, mas não se engane: o tipo de material não deixa a desejar e assegura muita resistência, tornando o fone bem firme e não tão suscetível a quebras frágeis. Mesmo assim ele continua flexível o suficiente para se adequar à cabeça do jogador.

Sua carcaça traz uma haste com espuma no topo para garantir mais conforto na cabeça, porém talvez esse seja um dos únicos pontos negativos da construção do aparelho, visto que após 1 hora de uso já começa a incomodar devido a uma mínima pressão exercida. Em contrapartida, seu interior tem a disposição uma fina barra de aço para ajustar o tamanho do fone e possui as duas conchas que encaixam na orelha, revestidas com uma espuma específica que permite a “memorização” do seu formato.

Review: HyperX Cloud Stinger S, um headset custo x benefício de respeito
Embora seja emborrachada, o aro superior causa certa pressão na cabeça

Essas conchas ainda contam com a possibilidade de serem giradas em um ângulo de 90 graus com as espumas viradas para a “parte de fora” do Cloud Stinger S. Por mais seja uma sacada simples, é extremamente funcional na hora de colocar ou retirar o headset da cabeça e até mesmo para apoiá-lo no pescoço enquanto não estiver usando.

De modo similar com outros fones da linha, o Cloud Stinger S possui acabamento fosco na cor preta e o símbolo da HyperX em branco estampado nas conchas e com uma textura brilhante no aro superior, reiterando sua construção e mostrando que a proposta aqui é ser o mais casual possível.

Além disso, há o microfone que não é removível e possui um material mais emborrachado e flexível para ajustar, com uma funcionalidade que ao levantá-lo dará o mute automaticamente. Em uma das conchas há um pequeno scroll para aumentar e diminuir o volume, enquanto na outra já sai o cabo para conexão embutido no headset.

O botão deslizante para aumentar ou diminuir o volume é uma mão na roda e de fácil acesso
O botão deslizante para aumentar ou diminuir o volume é uma mão na roda e de fácil acesso

Falando em conexões, o Cloud Stinger S acompanha um cabo fino e emborrachado de boa qualidade com um conector P3 de 3,5 mm. Normalmente a maioria dos PCs de mesa não possuem esse conector, mas a HyperX envia juntamente do fone um adaptador P3 para USB, que permite a fácil conexão no seu computador. O headset também é compatível com smartphones.

Conforto

O Cloud Stinger S atende bem a categoria de conforto. As conchas e a espuma de couro sintético não aquecem as orelhas ou causam coceiras e desconfortos, mas sim parecem se encaixar perfeitamente, como se fosse encomendado sob medida para o usuário. No entanto, o aro superior, como dito anteriormente, pode causar certo incomodo após um tempo de uso, mas nada que tirar o fone por alguns segundos não resolva.

A espuma de couro sintético do Cloud Stinger S são de boa qualidade e não incomoda as orelhas
A espuma de couro sintético do Cloud Stinger S é de boa qualidade e não incomoda as orelhas

Cabos geralmente são um fator preponderante na hora da compra, e o Cloud Stinger S não deu nenhum tipo de problema. O comprimento de 2,5 metros somado ao material emborrachado garante tamanho suficiente para não comprometer a experiência e também não embola com tanta facilidade.

Qualidade do som e performance nos games

O HyperX Cloud Stinger S foi uma surpresa extremamente positiva no que diz respeito a qualidade sonora, pois consegue oferecer uma ótima performance em games, principalmente os competitivos, como Battlefield e Call of Duty: Warzone. O som dos passos dos inimigos, de suma importância para as vitórias, ou o som característico e realista da guerra ficam ainda mais evidentes com o headset.

Para músicas a coisa não é diferente. A HyperX soube equilibrar bem os graves e principalmente os agudos e possibilita que o usuário desfrute de uma série de notas e melodias bem interessantes, tanto no computador, quanto no celular. O grande diferencial está na capacidade dos PCs, através do software NGENUITY, para usufruir do áudio surround de 7.1 canais e garantir maior imersão nas partidas.

O adaptador P3 para USB inclusivo foi uma boa estratégia da HyperX e não te deixará na mão.
O adaptador P3 para USB inclusivo foi uma boa estratégia da HyperX e não te deixará na mão

Outro destaque interessante vai para a capacidade do Cloud Stinger S de isolar barulhos externos. Com o fone nos ouvidos a percepção de sons diminui consideravelmente. Isso acontece por conta das espumas, que circundam bem as orelhas e não deixam muitos ruídos passarem. Tal característica pode ser excelente caso busque mergulhar naquela partida, música ou filme, mas por outro lado, para produtores de conteúdo pode não ser tão interessante assim, uma vez que enquanto falamos em uma gravação, é necessário medir a altura da voz para equilibrar o som futuramente.

Microfone

Muitos que buscam um bom headset gamer também estão a procura de um bom microfone integrado, e esse era o fator que mais me deixava curioso a respeito do Cloud Stinger S. Felizmente a experiência tem sido bem agradável, mas com ressalvas.

O microfone é caracterizado pela HyperX como um condensador unidirecional, logo só captura sons pela parte para qual está apontado, seguindo o padrão da indústria. Sua grande vantagem é o esquema de levantá-lo e ao escutar um barulho de estalo, ele está mutado automaticamente. Isso é muito útil em partidas online, chamadas no Discord e vídeoconferências, pois ninguém quer ficar com o microfone aberto sem querer em uma reunião importante.

Sua captação de áudio é muito boa e limpa, com pouquíssimos ruídos. Porém, se estiver com o ventilador ou qualquer aparelho um pouco mais barulhento não há milagres que o salvem disso. Sua estrutura emborrachada ainda garante um bom ajuste para a boca, e é aqui que algumas coisas começaram a incomodar.

Por mais que o Cloud Stinger S tenha uma boa sensibilidade, é necessário fazer muitos ajustes de posição no microfone para que ele não capte a sua respiração e até encontrar o formato ideal pode demorar um pouco. Curiosamente o Stinger S é o primeiro fone que eu testo a ter esse tipo de “problema”. Todos os outros raramente captavam respiração. A ausência de um pop filter de espuma cobrindo o acessório também pode estar prejudicando os sons.

No 11º episódio do ShowmeCAST nós testamos o microfone do Cloud Stinger S e outros headsets enviados pela HyperX.

Preço e considerações finais

A HyperX consegue se manter como uma das melhores marcas para componentes e periféricos de computador, e entrega com o Cloud Stinger S um ótimo headset para gamers, com boa qualidade sonora, conforto, robustez e um microfone mediano, mas que cumpre o que promete. O valor da linha Stinger deu uma boa escalonada de preço com o passar dos anos, e com o Stinger S não foi diferente. O valor de R$ 549,00 é fruto de um momento de instabilidade econômica no país, mas definitivamente é um investimento bem interessante.

Especificações técnicas

DriverDinâmico, 50 mm com imãs de neodímio
TipoCircumaural, fechado
Resposta de frequência18Hz-23kHz
Impedância32 ?
Nível de pressão do som95,5dBSPL/mW a 1kHz
T.H.D? 2%
Peso275 g
Comprimento do cabo2,5 m
Tipo de conexãoPlugue de 3,5 mm (4 polos) – Adaptador USB
MicrofoneCondensador Electret
Padrão PolarUnidirecional, cancelamento de ruído
Resposta de frequência50Hz-18kHz
Sensibilidade-40dBV (1V/Pa a 1kHz)
PlataformaPC
PreçoR$ 549,00

Fone HyperX Cloud Stinger S
  • Design - 8/10
    8/10
  • Conforto - 8/10
    8/10
  • Qualidade de som - 9/10
    9/10
  • Microfone - 7.5/10
    7.5/10
8.1/10

Conclusão

O HyperX Cloud Stinger S é um custo x benefício interessante, que alia uma boa qualidade sonora com uma construção simples, mas resistente. Projetado para gamers, o headset é ótimo para jogos competitivos, músicas e tem a possibilidade de ser utilizado no celular.

Pros

  • Material resistente
  • Perfeito para games
  • Boa qualidade sonora

Cons

  • Microfone poderia ser melhor
  • Depois de certo tempo de usa pode incomodar na cabeça
Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter