REVIEW: um mês com o potente LG G6

REVIEW: um mês com o potente LG G6
"Ouvimos os consumidores" e "este é o nosso momento" são os motes do LG G6; confira o nosso review do aparelho.
lg g6 - REVIEW: um mês com o potente LG G6
LG G6: a tela é o centro das atenções.

O LG G6 foi um dos smartphones mais antecipados do ano e o primeiro modelo a apostar na tendência de “telas infinitas”, aquelas que ocupam praticamente toda a área frontal do aparelho. Anunciado em fevereiro, durante a Mobile World Congress 2017, ele ganhou diversos prêmios e foi eleito o eleito o melhor celular da feira.

Também não é para menos, o G6 é lindo. Com bordas finas, ausência de botões físicos na área frontal e uma tela que deixa pouco espaço para bordas, o modelo ditou a principal tendência de 2017. E, isso tudo, mantendo uma pegada segura e confortável.

Durante um mêso Showmetech testou o LG G6 em quesitos que vão da velocidade, resistência, duração da bateria, qualidade do sistema e aplicativos, dentre outros. Vale a pena comprá-lo? Quais os pontos fortes? O que poderia melhorar? A tela é tudo isso? Bateria dura? Tenha essas e outras perguntas respondidas na nossa análise completa:

Pontos positivos

  • Celular com tela grande (5,7 polegadas), mas confortável de segurar com uma mão;
  • Belo design, com bordas mínimas;
  • Possui câmera traseira dupla, com lente grande angular;
  • A bateria dura um dia inteiro;
  • Resistente à água;

Pontos negativos

  • Preço elevado no lançamento, mas competitivo atualmente;
  • Câmera frontal com qualidade abaixo do esperado;
  • Processador potente, mas da geração passada;

Design e acabamento

20170522 170918 - REVIEW: um mês com o potente LG G6
Os botões frontais deram lugar à versões virtuais e configuráveis.

O LG G6 é lindo. Disponível em duas cores no Brasil (preto e prata), a mais escura deve agradar aos mais discretos, enquanto o modelo na cor prata chamará mais atenção (ficou difícil definir qual é o nosso favorito). As bordas foram reduzidas e os botões passaram a ser virtuais, aproveitando o tamanho da nova tela de 5,7 polegadas, que agora tem formato 18:9 e ocupa toda a área frontal do G6.

Construção

As laterais são de aço inoxidável, dando mais solidez ao aparelho, mas a traseira perdeu um pouco no quesito “premium” por ser feita de plástico. Mesmo assim, o visual é de um aparelho topo de linha. Na lateral esquerda estão os botões de aumentar e diminuir o volume. Na lateral direita está o acesso à entrada para cartões MicroSD e GSM (do seu chip de operadora). Na base do aparelho há a nova entrada USB Tipo-C e o alto-falante. No topo do aparelho estão a câmera frontal (com 5MP), saída de áudio e a entrada para fones de ouvido.

Notou que o botão para ligar o aparelho e o sensor de impressões digitais ainda não foram comentados, não é mesmo? Pois eles foram unificados e estão localizados na área traseira do aparelho, logo abaixo do conjunto duplo de câmeras, ambas com 13MP, e do flash, também duplo. De fato, fica muito cômodo ligar o G6 por ali ou destravá-lo com a sua digital. Esse botão também faz as vezes de “home” ou “iniciar”.

Para completar, o novo smartphone da LG vem com certificação IP68, que significa dizer que ele é resistente à água e poeira. Dá para mergulhar o aparelho na água e até tirar fotos, mas a gente recomenda que você faça isso apenas em água doce e com cautela. Essa proteção é algo que não poderia faltar a um topo de linha.

 

Display FullVision

LG G6 Fullvision display e1500429530278 - REVIEW: um mês com o potente LG G6
A tela ganhou o nome de Fullvision display e tem formato 18:9

Chamada de FullVision display, a tela tem tecnologia IPS LCD e resolução QHD+ (1.440×2.880 pixels com 565 ppi) e formato 18:9 (2:1), que aumenta a área vertical sem diferenças significativas no tamanho do aparelho na horizontal. Isso faz com que mais informação possa ser apresentada no display, sem que ele fique mal posicionado nas mãos ou difícil de acessar com o dedo.

Na base da tela ficam os botões do sistema Android, geralmente, as teclas virtuais para “voltar”, home ou “início” e “lista de apps ativos”. Mas a LG foi inteligente em deixar você configurar a ordem destes botões a gosto, bem como incluir botões extras como o Capture+ (que tira fotos da tela, também conhecidas como screenshots), o QSlide (uma lista de apps que aparece da base do aparelho) e o Notificação (botão que mostra as informações da barra de notificações, sem que você precise puxá-la com o dedo pelo topo do aparelho). Aliás, estes e outros recursos bem interessantes a gente ensina no post de Dicas e Truques do LG G6.

O aspecto ou padrão 18:9 também é interessante para assistir filmes, proporcionando mais espaço em tela para as imagens. O problema é que existe pouco conteúdo já disponível nesse formato, questão que serviços de streaming como a Amazon e a Netflix prometem resolver em breve. Quanto aos apps, a boa nova é que o formato permite que você veja 2 aplicativos ao mesmo tempo, ocupando metade da tela cada um. Fica mais fácil então ser multitarefa.

Outras características interessantes para vídeos são o suporte para o padrão Dolby Vision, uma tecnologia HDR (High Dinamic Range, em inglês) que, assim como nas TVs, promete imagens mais vivas e cores mais intensas.

Hardware e desempenho

20170522 170113 - REVIEW: um mês com o potente LG G6
O padrão USB Tipo-C é uma das novidades

Embora seja um aparelho muito potente, talvez aqui a gente encontre o ponto fraco do LG G6. Ao contrário das expectativas, ele foi fabricado com o processador Snapdragon 821, lançado pela Qualcomm no ano passado. Isso faz com que ele perca um pouco em velocidade para o Galaxy S8 da Samsung e para o Xperia XZ Premium da Sony, ambos já fabricados com a versão 2017 desse processador (835).

Outras características de hardware incluem os 4GB de memória RAM e 32GB de armazenamento interno, que podem ser expandidos com cartões microSD de até 256GB. Com esse conjunto de especificações, na prática, é pouco provável que o usuário final note muita diferença na performance de aparelhos rodando um ou outro processador.

O G6 realiza tarefas com excelência. Jogos como Alto’s Adventure, Pokémon GO, Asphalt 8 e Candy Crush rodam tranquilamente. Aplicativos como Facebook, Instagram, Twitter e WhatsApp respondem quase que imediatamente ao comando. A navegação na internet e transição entre aplicativos também é muito rápida.

Bateria

Aqui, talvez um dos pontos altos do LG G6. A bateria dele que, segundo a empresa é resultado dela “ouvir seus consumidores”, é grande e duradoura. E, de fato, ela está certa: os 3.300 mAh de capacidade fazem com que o aparelho dure bem com um dia inteiro de atividades.

Além disso, a empresa incluiu dissipadores de calor para garantir que o aparelho não aqueça exageradamente, e garante o carregamento rápido através da tecnologia Quick Charge 3.0 da Qualcomm.

Interface e Software

LG g6 ui interface showmetech - REVIEW: um mês com o potente LG G6
Melhorias deixaram a interface do LG G6 mais bela e prática.

O LG G6 vem com o Android Nougat 7.0, o mais recente do Google. Ao longo dos anos, a sul-coreana vem ficando cada vez mais comedida sobre fazer grandes customizações no aparelho. Os apps são agradáveis de olhar e o sistema, de modo geral, é intuitivo.

O que incomoda tanto a mim, como a maioria dos usuários, é o número exacerbado de aplicativos pré-instalados, também chamados de bloatwares. Além de diversos aplicativos da LG que fazem a mesma coisa que os do Google já fazem, podemos contar com apps brasileiros dos mais diversos pré-instalados, sem necessidade aparente.

No meu caso, ainda sofri um pouco mais. Explico: antes de colocar o chip da operadora, primeiro arrumei os apps em pastas. No momento que o G6 reconheceu o chip, parece que o smartphone acordou para vida. O problema foi que todos os meus esforços de pasta foram jogados de escanteio  (eles simplesmente voltaram para a tela inicial como apps únicos) e pelo menos mais quatro aplicativos da LG (além de um widget) foram adicionados à minha home. Limites, por favor.

A boa nova

Diversos aplicativos padrões dos sistemas da LG foram renovados e ganharam suporte para ações em telas 18:9, onde o app se divide em duas seções quando a tela estiver na horizontal. Além disso, até o gravador de voz ganhou um upgrade, gravando em FLAC a 24 bits e amostragem de 192 kHz.

Ah! E se a Samsung está apostando no ainda não tão eficiente Bixby, a LG preferiu manter suas fichas no time que está ganhando. O aparelho é um dos primeiros a vir de fábrica com o Google Assistente, software que entende os questionamentos do usuário e o ajuda com informações úteis para as tarefas do dia a dia.

Câmeras

20170226 124007 - REVIEW: um mês com o potente LG G6

Espera-se que, com um smartphone topo de linha, as fotos tiradas com suas câmeras sejam de ótima qualidade. Mas as câmeras do LG G6 são um misto de boas e más características. Agora, vamos separar o que é bom, do que é ruim:

Câmera frontal

Com apenas 5MP, parece um tanto complicado tirar boas selfies com o LG G6. A câmera frontal possui distorções e dificuldades, mesmo em ambientes com boa iluminação. Isso faz dela uma opção razoável dentre os topos de linha, ficando abaixo do que se espera desse aparelho e desproporcional à qualidade do conjunto de câmeras traseiras, que é ótimo.

Câmeras traseiras

Cada uma das câmeras traseiras possui 13MP de resolução, uma com lente “normal” de abertura f/1.8 e outra com lente “grande angular” de abertura f/2.4. Ambas são excelentes e garantem ótimos resultados, especialmente à luz do dia.

Lente tradicional:

Lente Grande Angular:

O modelo tem estabilização ótica (IOS) e autofoco a laser, com flash dual-led, que melhora a tonalidade de imagens tiradas à noite. Outras características incluem os modos HDR, panorama e gravação de vídeos em [email protected], [email protected]

 

O software das câmeras é bem completo e facilita a troca de lentes/câmeras com um clique. Também é possível dividir a tela do aparelho entre foto tirada e câmera de prontidão (para que você compare a foto já tirada com a foto a tirar), além de diversos outros recursos pensados para tirar fotos mais divertidas. Parabéns LG neste quesito!

 

Considerações finais e preço

20170226 130917 - REVIEW: um mês com o potente LG G6

O LG G6 é um excelente smartphone, mas com timing ou preço errados. Se tivesse sido lançado ano passado ao invés do G5 (aposta em um aparelho modular que não deu certo), ou se tivesse chegado ao mercado ainda no começo do ano, as vendas teriam explodido.

O aparelho está vendendo bem e tem boa recepção mesmo assim, mas o grande problema dele é o preço. Por R$ 3.999 (já reduzido para R$ 2.564,05 no fechamento deste review), com 32GB de armazenamento interno, ele peca pelo o que falta nele em comparação ao seu concorrente direto, o Samsung Galaxy S8. O S8, além de ter um processador octa-core melhor, ainda conta com leitor de íris e sistema de pagamento próprio.

O G6, por ter um processador do ano passado e apenas o leitor de impressão digital, pode se tornar atrativo a medida que seu preço é reduzido. A LG, inclusive, até lançou combos de compra do G6 para impulsionar as vendas.

De qualquer maneira, o LG G6 mostrou que a empresa sul-coreana está de volta ao jogo e com escolhas acertadas. Se continuar neste caminho, a marca tem tudo para atrair mais consumidores. É só permanecer ouvindo eles.

Confira no fim do post a nossa nota do aparelho.

Galeria de fotos

 

Especificações Técnicas

Modelo:LG G6
Fabricante:LG
Dual ou Single SIMSingle (aceita apenas 1 chip de operadora)
Tela:Display IPS LCD “FullVision” QHD+ de 5,7 polegadas e aspecto 18:9 (1.440×2.880 pixels ~565ppi)
Proteção:Vidro Gorilla Glass 5 e certificação IP68 contra água e poeira
Processador:Qualcomm MSM8996 Snapdragon 821 quad-core (2×2.35Ghz Kryo & 2×1.6 GHz Kryo)
GPU:Adreno 530
Memória RAM:4GB
Memória Interna: 32GB ou 64GB de armazenamento
Cartões MicroSD:Suporte para cartões de até 256GB
Câmera Traseira:02 câmeras: 13 MP (f/1.8) + 13 MP (f/2.4), com autofoco laser, estabilização ótica OIS (3-eixos), flash LED, HDR, panorama e gravação de vídeos em [email protected], [email protected]
Câmera Frontal (selfies):5MP
NFC:Sim
Bluetooth:v5.0, A2DP, LE, aptX HD
WiFi:Wi-Fi 802.11 a/b/g/n/ac, dual-band, Wi-Fi Direct, DLNA, hotspot
GPS:A-GPS, GLONASS, BDS
Sensores:Sensor biométrico na traseira, acelerômetro, giroscópio, proximidade, bússola, barômetro, espectro de cores, porta de sensor infra-vermelho
Saída de Áudio:Sim, 3.5mm
Conector USB:USB Tipo-C 1.0 reversível
Sistema:Android 7.0 Nougat
Bateria:3.300 mAh com dissipadores de calor e Quick Charge 3.0 da Qualcomm
Cores:Branco (Mystic white), Preto (astro black), Cinza (ice platinum)
LG G6 - REVIEW: um mês com o potente LG G6

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe seu comentário:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba Notícias por E-mail:

Share via