Review: Wolfenstein Youngblood é ação e adrenalina em dose dupla

Review: Wolfenstein Youngblood é ação e adrenalina em dose dupla 3
Wolfenstein Youngblood se prende na repetição da narrativa e não inova no desenvolvimento dos personagens, mas ação continua sendo o ponto forte

Wolfenstein Youngblood é a mais nova entrada na série de sucesso que a Bethesda ressuscitou com maestria para as novas gerações de games. Tudo que você poderia esperar encontrar em um título da franquia como ação frenética, armas poderosas e nazistas malvados para todos os lados, estão aqui. A diferença agora é que o protagonista não é mais o valentão B.J. Blazkowicz, mas sim suas filhas. E desta vez, você pode jogar junto de um amigo em um modo cooperativo inédito.

Bethesda cedeu ao Showmetech uma cópia digital Deluxe para PS4 de Wolfenstein Youngblood para testes e, após alguns dias de jogatina intensa e eletrizante, nós apresentamos a você uma análise completa desse game que convida você e seu amigo preferido a chutar algumas bundas nazistas!

Um mundo em transe

A história de Wolfenstein Youngblood se passa 19 anos depois dos acontecimentos de The New Colossus. A América está livre mais uma vez, mas os nazistas ainda dominam boa parte do globo. Eles estão no controle da Europa, e um dia B.J decide sair e fazer algo sobre isso. O problema é que nosso super-herói libertador desaparece em meio a sua cruzada contra os nazistas. Mas quem poderia resgatá-lo? Suas filhas, claro!

As irmãs Jess e Soph são as novas heroínas de Wolfenstein Youngblood
As irmãs Jess e Soph são as novas heroínas de Wolfenstein Youngblood

Sem muita experiência de combate além de atirar em uma cabra e socar um saco de areia, as jovens Jess e Soph sobem em um helicóptero e se dirigem para uma Paris controlada pelos nazistas. Eles imediatamente fazem contato com a resistência, que manda os gêmeos caçarem um zepelim cheio de supersoldados.

Se isso soa como uma repetição mais simplória dos enredos dos títulos anteriores da série, não fique surpreso. A sensação de “estar jogando apenas mais um game da franquia Wolfenstein” fica ainda mais evidente no pouco desenvolvimento das personagens e nas interações que elas fazem juntas – mesmo se tratando de um jogo com modo cooperativo em que esse tipo de mecânica deveria ser essencial.

Mesmo com muitos diálogos durante as cutscenes, são poucas as interações entre as personagens
Mesmo com muitos diálogos durante as cutscenes, são poucas as interações entre as personagens

É frustrante ver como a Bethesda decidiu sacrificar a história em prol do gameplay. Esse sentimento se intensifica mais quando se compara o desenvolvimento nos games anteriores, em que, mesmo que a história não seja inovadora ou tenha um alto grau de profundidade, ela consegue se misturar com uma precisão quase milimétrica às mecânicas de gameplay. Durante as cutscenes, Youngblood tenta chocar, fazer rir ou causar algum tipo de sensação no jogador, mas a verdade é que você deverá ficar com o rosto imóvel na maior parte do tempo.

Não espere novidades em termos de visuais, localidades, ou história. Wolfenstein Youngblood é tipo como um filme-B que passaria tarde da noite na televisão. Boa parte da campanha principal se resume a um pretenso passeio pelo mesmo punhado de ruas da cidade, bunkers e túneis sombrios. O pior é imaginar que os responsáveis por esse design são a Arkane Studios, mesmos criadores dos cenários ricos em detalhes da série Dishonored.

Muitos dos cenários lembram visuais já vistos nos games anteriores
Muitos dos cenários lembram visuais já vistos nos games anteriores

Ação, sangue e repetição!

Além da mecânica inédita de jogo cooperativo, outra adição ao game que torna os combates mais interessantes e consegue quebrar um pouco da repetição nos padrões dos tiroteios são as habilidades que você pode desbloquear tanto em Jess quanto Sophie. Estas habilidades podem aumentar sua força, resistência e danos (para quem prefere um combate direto) ou sua capacidade para se esconder e evitar a atenção dos inimigos (para os jogadores que são fãs da furtividade).

Você pode tentar ser furtivo, mas tenha em mente que sair no tiro sempre pode ser uma ótima opção
Você pode tentar ser furtivo, mas tenha em mente que sair no tiro sempre pode ser uma ótima opção

Dessa forma, por exemplo, se você desbloquear uma habilidade que torna uma das irmãs praticamente invísivel aos inimigos, você poderá evitar sequências de tiroteios prolongados (mesmo com a furtividade sendo muito limitada no level design dos níveis). Infelizmente, em questão de ser sorrateiro, Wolfenstein Youngblood continua oferecendo a mesma mecânica característica da série: você pode caminhar lentamente e matar um inimigo apenas por trás.

Além disso, a maioria dos inimigos insiste em usar capacetes à prova de balas, o que prejudica qualquer estratégia de matar seus adversários sem ser visto. Se você tentar atirar nesses soldados, além de não conseguir matá-los com apenas um golpe, eles irão se esconder em algum lugar e vão alertar seus companheiros. Nesses momentos, fica evidente que Wolfenstein Youngblood parece forçar o jogador a se atirar de cabeça na ação, atirando para todos os lados.

Escolha com sabedoria as habilidades iniciais e quais você deseja melhorar ao longo da jogatina
Escolha com sabedoria as habilidades iniciais e quais você deseja melhorar ao longo da jogatina

Porém, logo no começo do game, quando você está escolhendo as habilidades iniciais de sua personagem, você pode selecionar uma habilidade de invisibilidade, tornando você praticamente invisível a qualquer inimigo. Mesmo durando um tempo limitado, ao utilizar essa capa ao melhor estilo Harry Potter, é possível ignorar qualquer tipo de combate. A sensação que fica é de que Wolfenstein Youngblood não consegue decidir sobre qual tipo de experiência quer proporcionar ao jogador: ação direta ou combate furtivo. Por via das dúvidas, fique sempre atento à sua munição e meta bala nos nazistas!

Muitos tiros e poucas surpresas em Wolfenstein Youngblood

Apesar de o foco de Wolfenstein Youngblood ser no modo cooperativo entre amigos, não se atire diretamente nas primeiras missões que aparecerem na sua tela principal. Se você quiser ter alguma chance de enfrentar os inimigos mais poderosos que aparecerão em seu caminho, é altamente recomendável que você escolha as missões das irmãs que fazem parte da campanha principal do game, pois eles desbloqueiam armas mais poderosas e interessantes (mesmo que muitas sejam aparelhos já conhecidos pelos fãs da franquia).

Seja em modo solo ou no modo coop, o combate continua divertido e emocionante como sempre
Seja em modo solo ou no modo coop, o combate continua divertido e emocionante como sempre

Também é importante mencionar que você pode optar por uma jogatina em modo solo no game. A Inteligência Artificial de sua outra irmã não é tão atrapalhada quanto se poderia imaginar em um game que oferece um combate às vezes bastante frenético. A IA irá te ajudar nos momentos de aperto e também você pode pedir ajuda para ela te ressuscitar quando for abatido no meio da luta. Porém, não espere que as IAs dos inimigos foquem apenas na sua companheira, pois seus adversários irão caçar vocês dois de forma igual no game.

O tiroteio de Wolfenstein Youngblood é sólido e muito satisfatório. Se você gosta de experiências em que ação domina boa parte do tempo, o game certamente não irá decepcionar e você vai se sentir mais poderoso a cada nazista que exterminar. Uma pena que essa dose cavalar de ação fica prejudicada muitas vezes porque você simplesmente não sabe como executar um comando específico. Muitas das informações vitais que você precisa saber, como se inclinar para desviar de tiros ou viajar rapidamente de volta a sua base se necessitar fazer algum ajuste de configuração ou em seu equipamento, são reservadas a ficar na tela de carregamento.

Muitas vezes você terá que descobrir por conta própria (ou com a ajuda de seu amigo) a como derrotar seus inimigos
Muitas vezes você terá que descobrir por conta própria (ou com a ajuda de seu amigo) a como derrotar seus inimigos

É verdade que muitos jogadores odeiam níveis de tutorial ou mesmo janelas que ficam aparecendo a todo momento durante o gameplay, mas pausar para verificar uma dica ou instrução somente pode ser feito no modo solo, uma vez que no modo cooperativo isso significa deixar o game ainda em execução e se tornar um alvo fácil para seus inimigos.

Talvez o único ponto que não cabem reclamações em Wolfenstein Youngblood seja no seu modo cooperativo. A experiência entregue por esse modo de gameplay é de alta qualidade e eu tive poucos ou quase nenhum problema relacionado à questões de lag, falhas de conexão ou carregamento dos níveis e inimigos. Se você chamar um amigo para explodir e aniquilar alguns nazistas (ou mesmo um jogador randômico), fique preparado para horas de muita diversão, ação, tiros, sangue e xingamentos em alemão dos seus adversários.

Mesmo com falhas, matar nazistas continua divertido como sempre
Mesmo com falhas, matar nazistas continua divertido como sempre

Mesmo falhando em trazer inovações e surpresas para a série, Wolfenstein Youngblood não deixa de ser um jogo divertido. Se você não se importar com narrativas desarticuladas, níveis repetitivos ou piadas dignas de constrangimento, você ainda vai poder se deliciar com o combate sólido que o game oferece e pela qualidade e polimento que sempre podemos encontrar nos títulos que juntam os talentos da Bethesda com a MachineGames.

Wolfenstein Youngblood (PS4)
7.5/10

Resumo

Wolfenstein Youngblood traz algumas mecânicas inovadoras para a franquia e mantém o combate tão emocionante e divertido como nunca. Apesar de a repetição de cenários e inimigos se tornar cansativa conforme os confrontos se sucedem, a adrenalina de poder matar nazistas malvados ao lado de outro companheiro com um arsenal variado de armas irá manter você entretido por várias horas.

Pros

  • Combates desafiantes e emocionantes;
  • Adição de elementos de RPG à franquia;
  • Sistema cooperativo de boa qualidade e IA decente para jogos em modo solo

Cons

  • Falta de variedade em em algumas missões e atividades secundárias;
  • Pouca interatividade e carisma das duas irmãs.

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe uma resposta

Receba notícias por e-mail