Review: Xperia T2 Ultra Dual

Review: Xperia T2 Ultra Dual 8
O Xperia T2 Ultra Dual é um aparelho para quem procura entretenimento, tela grande, e algumas facilidades exclusivas da linha Xperia.

IMG_1364

Procurando atingir diferentes nichos de públicos, a Sony adicionou ao portfólio da marca o Xperia T2 Ultra Dual. Um aparelho para quem procura entretenimento, tela grande, e algumas facilidades exclusivas da linha Xperia.

O preço sugerido pela fabricante na Sony Store é de R$ 1.299. No varejo, é possível encontrar alguns descontos de acordo com a forma de pagamento em sites como Magazine Luiza , Lojas Americanas e Girafa.

Confira os itens que acompanham o smartphone, em nosso unboxing, no player abaixo:

Design e acabamento

Falar sobre a beleza dos smartphones da Sony é algo comum, tanto para os que são fãs da marca, como para aqueles que apenas apreciam o design da marca. O T2 Ultra Dual segue a tendência de design exclusiva dos produtos da Sony, o OnmiBalance. Ao segurar o aparelho pela primeira vez, temos a impressão de que o modelo é uma variação mais simples do Xperia Z Ultra.

IMG_1368

A traseira do dispositivo é composta de plástico brilhante, acabamento este, sujeito a muitos riscos e marcas de dedos. Na lateral direita do gadget, temos o slot para dois micro SIM, botão de volume e botão de energia.

A parte traseira acopla a lente de 13 megapixels, o flash de LED e algumas indicações como o campo de NFC e o auto-falante mono. O dispositivo pesa 171 gramas e possui 0,73mm de espessura.

Tela

O display LCD IPS de 6 polegadas possui as tecnologias TRILUMINOS e Mobile BRAVIA Engine 2, que entregam um nível de contraste e cor bem equilibrados. A definição HD de 720×1280 pixels não se mostrou muito confortável neste tamanho de tela, sendo possível enxergar pixels e serrilhamentos na interface.

IMG_1362

Diferente do que ocorre com a maioria dos aparelhos com telas TFT, como o Xperia ZQ e Xperia Z1, a tela do T2 Ultra se comportou muito bem quando observada em ângulos menores.

IMG_1363

Interface e Software

O dispositivo roda com Android 4.3 (Jelly Bean) e, de acordo com o site da Sony Mobile, a verão 4.4.3 deve ser disponibilizada no mercado internacional em julho. A interface da Sony é a Xperia UI, antiga Timescape, com recursos e características inalteradas quando compradas a outros dispositivos da linha Xperia.

IMG_1390

Os ícones são bens acabados e possuem rótulos e inscrições em letras menores, o que passa uma sensação de sofisticação, quando comparada a outras interfaces, como a Optimus UI da LG e a TouchWiz Samsung. Aplicativos proprietários da Sony também marcam presença no Xperia T2, como é o caso do Walkman, Álbum, Sony Select e Filmes.

Hardware e processamento

O conjunto de processamento não é exemplar, porém totalmente aceitável para a proposta deste dispositivo. Temos um processador Qualcomm MSM8228, quad-core de 1,4GHz, com chip gráfico Adreno 305 e 1GB de RAM. Com estas especificações, foi possível rodar o jogo Sonic Dash (imagem abaixo), checar redes sociais e e-mail, além de fazer streaming de música, em conjunto com outros 7 aplicativos em multitarefa.

IMG_1385

Embora alguns aplicativos possam não abrir imediatamente, o maior nível de engasgos, rastros e travamentos foi observado nas próprias animações e transições da interface. Talvez a Xperia UI exija um pouco mais de 1GB de RAM, para rodar mais fluidamente.

Armazenamento

Neste ponto temos um dos maiores contras do Xperia T2. Dos seus 8GB anunciados, apenas 4GB estão acessíveis ao usuário. Embora seja possível expandir o armazenamento através de cartão SD (até 32GB), o espaço disponível pode comprometer a experiência do usuário na instalação de games.

IMG_1378

Não é difícil preencher 1GB desse espaço com o cache de músicas e dados de streaming como Spotify, Deezer ou o próprio Music Unlimited da Sony. Junto com o dispositivo, além do pacote de apps do Google e da própria Sony, são embarcados demos de jogos como,Plants vs Zombie e Blitz, além de serviços secundários, que não podem ser desinstalados pelo usuário.

Bateria

Com uma bateria de 3000mAH, foi possível utilizar o dispositivo por um dia e meio, sem aquecimentos. Em modo de espera, o gadget permaneceu ligado por 4 dias, ainda conectado ao wifi.

Câmera

Com câmera traseira de 13MP e frontal de 1,1MP, a qualidade das imagens obtidas é satisfatória. Com ajuda do sensor Exmor RS é possível capturar imagens com boa definição e equilíbrio de branco, mesmo em ambientes com baixa iluminação.

IMG_1388

Na foto abaixo, temos um exemplo de foto capturada, em um ambiente iluminado apenas por uma TV e um notebook. O software de processamento de imagem das câmeras da Sony tende a elevar o nível de ruído das imagens.

DSC_0002

Conclusão

A experiência com o Xperia T2 é muito boa. O dispositivo cumpre a proposta de ser ergonômico, elegante e conter recursos únicos implementados pela Sony. Em sua faixa de preço ou até em valores menores, não é difícil encontrar aparelhos com 16GB, o que garante ao usuário mais possibilidades para armazenamento, já que o dispositivo não acompanha cartão SD.

4 Comentários

Clique aqui para postar um comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Bem! para começar o editor desse review pecou feio em dizer que a tela do t2 é uma TFT a qual não é. também pecou em dizer que fácil enxergar os pixel que também não é, eu já testei o t2 é sou contra aos maus comentários, a tela do t2 é uma IPS triluminios LCD é não TFT, as telas TFT têm uma qualidade inferior ás IPS e os números de pixels é satisfatório devido a tecnologia adotada pela sony, levando para o aparelho as telas IPS triluminios LCD que formam um conjunto aliado ao nível pixel que vem acompanhado com o aparelho. fui…

    • Davi, tudo bem?
      De acordo com as especificações do manual, e também com todas os sites da Sony, incluindo o brasileiro, temos a informação que o display é um LCD TFT. Porém no White Paper disponível no site internacional da Sony, a especificação vem com LCD IPS. Entramos em contato com a Sony Mobile Brasil, que não soube detalhar essa especificação, porém nos garantiu que não há variações com as versões vendidas internacionalmente. Sendo assim vou alterar para LCD IPS, conforme consta no White Paper.

      No próprio review citei que o T2 mostra ótima definição e fidelidade na cor em ângulos menores, diferente de display com tecnologia TFT. Ao meu ver era um IPS, embora no papel estava como TFT.

      Quanto a definição, pessoalmente sempre utilizei dispositivos Sony. E também já testei outros mais recentes, como o Xperia C. O review é a opinião do escritor, pelo que ele pode observar, estou acostumado com dispositivos Sony, e achei a definição baixa embora a engine da Sony tenha adicionado muito valor na reprodução. E isso não é um erro, é uma opinião.

Receba notícias por e-mail

Receba notícias no seu e-mail
Holler Box
%d blogueiros gostam disto: